Show de Vizinha

Um conto erótico de Gabriel
Categoria: Trans
Data: 26/03/2020 01:02:50
Nota 10.00
Assuntos: Sexo, Trans

Olá me chamo Gabriel e vou contar para vocês uma história incrível que me ocorreu na semana passada. Acabei de me mudar com a minha esposa para uma casa maior na zona sul do Rio de Janeiro, é uma casa com uma boa área e um belo jardim, eu tenho 28 anos e minha esposa tem 25, eu sou alto com meus 1,85 cm de altura, sou magro e minha pele é branca. Tenho cabelo preto curto, olhos castanhos e uma bela aparência, minha esposa também é bem atraente, só tem um probleminha entre nós, ela trabalha muito e temos pouco tempo juntos, pensei que isso mudaria depois do casamento, só que piorou ainda mais.

Um dia desses, minha esposa foi para o trabalho e eu como estou de férias, acordei cedo e comecei a arrumar a casa, sou do tipo de homem que gosta de ajudar em casa. Estava concentrado no trabalho até que ouvir um barulho do lado de fora da casa, parecia que alguém tinha entrado no meu jardim, afim de chegar até a minha porta, fui até a entrada e abrir a porta, do lado de fora estava Débora, nossa vizinha.

Débora é uma mulher muito bonita e que tinha um belo corpo, ela vestia uma camiseta rosa e um shortinho jeans, ela estava também usando um belo tamanco florido. Ela é alta e magrinha, seus olhos eram castanhos e ela usava óculos, sua pele era bem branquinha e seus seios eram enormes, quando abrir a porta fui logo cumprimentar a moça:

- Oi tudo bem Débora?

- Tudo ótimo, queria saber se sua esposa está?

- Não, não. Ela já foi para o trabalho.

Débora ouviu isso e começou a se soltar um pouco mais, começamos a ter uma pequena conversa, ela parecia ser uma garota muito legal e engraçada, teve até um momento que ela falou uma coisa que pairou na minha cabeça:

- Ela fica pouco tempo em casa com você, né

Ouço essa fala de Débora e fico meio envergonhado, na minha cabeça parecia que eu era um péssimo marido. Conversamos muito e era um papo bem agradável de dois vizinhos, as pessoas passavam pela rua e acenavam pra gente, Débora falava bastante e eu só respondia suas perguntas ou ria das suas brincadeiras, ficamos ali um bom tempo até que Débora olhou para mim e disse:

- Estou curtindo muito nossa conversa, posso entrar?

Parecia que ela estava se jogando pra mim, mas por outro lado foi a primeira vez que conversávamos um com o outro e então era normal as pessoas quererem se entrosar com seus vizinhos, não demorei e a deixei entrar, ela me olhava e agradecia o convite, Débora era muito bonita, fechei a porta e ficamos ali em pé mesmo, Débora dizia que não iria demorar muito por ali, por isso ficamos na porta mesmo, voltamos a conversa e nos divertimos muito, uma coisa importante nisso era que eu já sabia que Débora era trans, na real ela tinha feito cirurgia e não mostrava que antes ela era homem, não pensava nisso, só curtimos a companhia um do outro.

Os minutos se passavam até que eu e Débora trocamos alguns olhares diferentes, a química naquele momento era enorme, pareciamos que tínhamos um imã que puxava um para o outro, não demorou muito para Débora flertar comigo, eu caía nas brincadeiras dela e ela ria e se alisava, naquele momento eu usava uma camiseta e uma bermuda, já Débora parecia que iria tirar suas roupas em alguns segundos, o papo começou a esquentar até que ela chegou bem perto de mim e começou a passar a mão sobre meu corpo, aquela sala exalava sexo e nossos corpos cada vez mais ficavam grudados, Débora com sua tara começou a passar a mão sobre a minha bermuda, ao mesmo tempo ela olhava para mim e dava um daqueles sorrisinhos sacanas, eu tentava me segurar mais ela não queria saber, foi até meu ouvido e disse:

- Quero você gostoso

Não aguentei, peguei ela pela cintura e beijei sua boca, começamos a nos agarrar na porta mesmo, ela era uma delicia de mulher e eu tinha muito tesão acumulado, a gente se esfregava que nem dois amantes, sua boca era macia e suas mãos safadas, Débora ficou me beijando um bom tempo até que ela se afastou de mim e começou a abrir minha bermuda, lá dentro meu pau já endurecia, Débora abriu e pôs meu pau pra fora, ele estava duro e era bem grosso. Débora que não era boba nem nada, começou a punhetar ele, olhando pra mim e falando:

- Nossa que pau delicioso

Nesse mesmo momento, eu abria o shortinho de Débora e colocava minha mão dentro dele, ela ainda tinha seu brinquedinho, ele era pequeno e não muito grosso, parecia ter uns 8 cm. Débora me olhava e ficava um pouco envergonhada, mas eu não me importava, queria aquela gostosa, bulinei ela um pouco e ela gemia de tesão, além de me punhetar como uma profissional, ficamos um bom tempo ali até que ela colocou seu shortinho meio pro lado e deixou seu rabinho de fora, eu lambi minha mão e comecei a dedar Débora, ela rebolava como se fosse meu pau ali, estava uma delícia mesmo, com essa situação ela até começou a tirar seus seios da camisa, pude vê-los de pertinho e eram lindos e grandes, teve um momento quando eu dedava ela que eu coloquei o meu rosto neles, era o melhor dia da minha vida.

Passaram 5 minutos, e eu tirei meu dedo dela, com isso Débora largou meu pau e começou a adentrar minha casa, ela estava na minha frente andando e rebolando aquela bunda gostosa naquele shortinho, Débora era uma mulher muito safada e eu curtia isso, não demorou muito para ela olhar para a bancada da minha cozinha, ela olhou pra bancada e depois pra mim e disse:

- Vamos pra lá

Eu concordei e a seguir, ela se sentou sobre a bancada e colocou seus pés pro alto, eu do lado dela tirei minha camisa e esperei ela, Débora me olhou e me chamou até ela, ficamos frente a frente e nos beijamos, depois do beijo me afastei e observei ela se deitando na bancada, ela só queria tirar seu shortinho, já sem ele conseguir ver Débora de calcinha fio dental, pouco tempo depois ela se deitou novamente e retirou sua calcinha, quando ela se levantava deixou seus peitos do lado de fora de novo, essa foi a minha deixa para ir até seu encontro, já perto coloquei meu pau no cuzinho de Débora e comecei a penetrar, ela me segurava pelos pés e eu fazia o vai e vem gostoso, ela gemia de tanto tesão que estava, ao mesmo tempo que metia coloquei minha mão nos seus seios, Débora só curtia aquela foda deliciosa, ouvia suas palavras enquanto a penetrava:

- Vai, mete mais fundo. Mete, gostoso.

Estava nas estocadas, aquela mulher era um tesão, seu grelinho estava duro com o tesão que tínhamos naquele momento, ficamos ali um tempo até que ela pediu para tirar meu pau dela, tirei e ela saiu de cima da bancada, ficamos frente a frente e nos beijamos de novo, um beijo rápido e depois Débora virou de costas para mim, depois de se virar ela colocou uma de suas pernas em cima da bancada, empinou a bunda pra mim e disse:

- Mete gostoso

Entendi o recado e posicionei o meu pau nela, não demorou muito para eu retomar as estocadas naquela cucetinha. Débora curtia a foda e gemia louca de tesao, ja eu metia com força, estava louco pra meter naquela rabuda, Débora era um mulherão, eu não sabia quando eu teria essa chance de novo, então aproveitei e meti como um ator pornô, tinha momentos que ela levantava seu tronco e encostava em mim, eu a abraçava e acariciava aqueles seios volumosos, era puro tesão.

Fiquei metendo com vontade por muito tempo, Débora curtia uma transa gostosa e isso me excitava, passaram 20 minutos de penetração contínua e Debora nao aguentou, acabou jorrando seu tesão na minha bancada, depois disso ela pediu para sair de dentro dela e se abaixou, ficou frente a frente com meu pau e com um impulso, começou um belo boquete, aproveitei aquela boca ao máximo, até que gozei em sua bela e atrevida língua.

Com toda a boca gozada, Débora me olhou e abriu um enorme sorriso, engoliu a minha porra e depois começou a se vestir, ela se levantou e me encarou, ela mordia seus lábios e aquilo me excitava demais, não deu outra, fui até ela e beijei aquela boca gostosa, depois do beijo Débora falou comigo:

- Adorei meter com você, podemos repetir de novo

Concordei com ela e Debora me retribuiu com um delicioso beijo, depois disso fui leva-la ate a porta e reparei o quanto ela rebolava aquele rabao, não aguentei e dei um tapao naquele traseiro gostoso, Débora riu e saiu da casa, depois desse dia, transamos mais um vez.


Este conto recebeu 3 estrelas.
Incentive Théo a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
26/03/2020 08:04:45
Viuvinha, não achei seu relato mencionado, gostaria de ler ! Mas se puder envia pra mim, () ficarei grato !
26/03/2020 08:03:09
Muito bom uma " vizinha assim ", espero que haja continuação e nos conte ! Nota maior;
26/03/2020 07:45:56
Bom conto, querido. Essa vizinha com certeza estava de olho em ti há tempos. Aproveitou que a esposa estava fora, veio e conseguiu o que queria. Rs. Nota dez pra a narrativa com 3 estrelas. Se tu não tiveres preconceitos, venha ler o meu ¨No motel com um cliente e uma travesti¨. Para achar, clique em Viuvinha. Beijocas.

Online porn video at mobile phone


contos eiroticos leilapornconto gay contei pra ele que queria dar pra elemeu filho me faz de puta capitulo 8 e 9 relato eroticoporno fui deitarmais minhamadrastarubiaebeto quase mulher 7tio tirano vijidade de cobrinha no yotubn resistir e dei o cu pra quele homem di pausao, contocomendo a pretinha que tiha ido mija maninha s Taubateana xvideos conto viadinholer contos eroticos menageo amigo do meu marido me estrupou contosnovinha deixa pirocudo gozar dentrodabucetasmae da a buceta pra.compagar divida do filho contos eroticosXVídeos pornô novinha bem gostosa comendo sobrinha Galeguinho pequena de cor bonita grandinhadesde novia goto d pauzao n m xoxotacontos eroticos quando eu tinha doze anos viagei pra fazenda com meu paifilme foto do site dos homem que tem a rola grande e grossa e cabeçuda fica grossa fone fica Largo na cabeça da rolaaquilo foi rasgando meu cuzinho contos eroticoscorno amant compenis de ourocontos eroticos encoxando a madura Rabuda no metrôconto erotico entrevistacontos chefe comedorcontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgelais minha enteada da xoxota apertadinha contoscontos erotico chantagem e submissão de casal novinhoSou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhaxvidio atolo a sobrinhameu marido chorou quando viu o cracudo me arrombando contos eroticosvarioscontoeroticominha mãe me surpreendeu contos de incestopatricia de faculdade gostosa gemendo muitoxvideo nigro xxxvvnvideo promo as novinhas chupado em fila compreta de negraovídeos sexo gays estrupo vampiro principes dandoVeridicoescravasexualconto erotico tenho 60 anos o meu sobrinho e um taradinhoxvideos.com normalista mulatawww sexo adulto 18 anos sem preconceito so com cavalos metendo forte na novinha magrinha forsada.zoofilia.porno . com brcasa dos contos eroticos Alê12contos de homem que puxa e mama os mamilos enrijecidosvoyeur cunhadalevei minha esposa num glory hole conto realperdi as pregas do cu no matinhozoofilia morena dos desejos anunciocomi minha cadelavídeos engraçado qero q tu vai vai toma no cuxvideo pênis de 12 centímetros comendo abuçeta da noivinha gostosamithlee pron vidov meninas 14aos 17 anus perdeno avirgindademinhavisinha jemendoa minha mae obrigou meu padrasto tira a minha virgindadenovinho.geminho..de.pau.durofoto de mulher bem gorda com a b***** bem arreganhada lâmpadanovinha de shortinho curto mostrando polpa da bunda pro papai fodelasuolcomo o penis penetra o anusX.videos.com novinha apertada não aguentou o peu do novinhonegão com uma chapuletada pomba muito grande enfiando em loira gostosacomi a bocetinha da minha maninha e o conto de encoxei minha irma gostosinhaleke pirocudo brasileiro fudeno amigo e falando palavraoa dolecente tabom pai ta doendo na camaloira tranzado com um banhanohomen andando de ponba dura mulheres ficam de olhotia gostosas foder com subtilmarido descibrir pito de burracha na gaveta da esposa pornoflexionando caio no xvidexvideos com . sexy porno ju safada adora provoncar sobrinha incentocostos eroticos madrasta come cu de enteado com pintoxvideo comedo baba provisionalMulheres escandalosa fudendo mete que vou. Goja no xvideosConto uma vida incestuosa PT2.2contos eroticos gay viciado cheira e chupa pal sujoconto erotico machucou o cu da casadinhaquero ver mulher caminhando na rua de bermudinha curtinha da bunda bem grande bolinha balançando agoraxvideos nynynha cornomansso sobmissasxvideo bebedeira la em casa comeram minha mulherenteada gostosa brincando de carta mal padrastonovinhas lindas brincadeira incestoa de ciriricamulheres endoidando com a pica do pai e puxa pro sexoconto erótico sou professora e fui obgda a dar a bunda pro diretor para ñ ser despedidaXvideos de novinha de dozi anos mostrando a barriguinha e os primeros pelinhosvídeo pornô com palavrão tipo comer sua b***** f****** o c****** todinho te quero sabe dançar para mimmenino dodoca arobando novinhasx vidios pornos amadora nefinhas gravida fudeno com seu machovideos de mulheres lascano o cu ate sangra egritano muitocontos erótico com marido tampa os olhos da esposacontos eroticos rra movinha dei para meu irmao cabaçopornodoido travesti do brasil dano leite fartoesposa da cu sangra e estremece porno caseiroxvideos-entertida