Minha cara de inocente: Fodendo com PM gostoso.

Um conto erótico de Sandman~
Categoria: Homossexual
Data: 14/02/2020 04:26:41
Última revisão: 16/02/2020 15:27:22
Nota 9.57
Assuntos: Gay, Homossexual

Não é um conto, até porque não tenho muito jeito pra criar ficção, então vou contar coisas que acontecem na minha vida sexual. Pra vocês começarem a entender como rola a minha vida, de 12 até uns 14 anos eu tinha um problema bem sério de timidez. Eu não conseguia apresentar trabalhos na escola, fazer amigos, conversar com as pessoas, eu comecei a me isolar e a coisa foi ficando tão séria que meus pais procuraram acompanhamento psicológico. Se tem uma coisa que eu aprendi com os anos que eu passei fazendo terapia é que, a gente não se conhece até que surja a oportunidade.

O meu nome é Ravi, eu tenho 18 anos, estudo administração e não perdi meu jeito tímido, mas como eu disse, só o meu jeito. Depois de tanta terapia eu finalmente me desprendi do meu antigo eu e quando eu tive minha primeira transa com uma garota tudo mudou, e as coisas melhoraram ainda mais quando eu me descobri bi e tive minha primeira transa com um garoto. Desde esse dia o magrelinho desengonçado da escola foi mudando. Comecei a fazer academia, praticar natação, correr, comprar roupas legais já que eu só vestia cinza ou branco e umas camisetas largas de mais pra mim que faziam parecer que eu vivia de pijama. Um dia saí do banho e me olhei no espelho e vi um garoto de 1,70m (blz, altura eu to acrescentando pra me descrever melhor) ; com um corpo muito legal, de rosto bonito e cabelo estiloso (castanho com umas mechinhas loiras, ideia doida da minha prima que tem um salão) bem diferente do cabelão escorrido do Salsicha, e de olhos verdes que eu realmente não dava muita atenção. Eu nunca tinha me visto dessa maneira, eu não gostava de mim nem da minha aparência.

Mas entendam uma coisa, eu não sou aqueles babacas narcisistas, eu sei que só tenho 18 anos e muita coisa pela frente, eu só não conseguia ver em mim o que as pessoas viam, e com ajuda psicológica eu ganhei confiança e passei a me ver de uma maneira positiva. A minha cara de santinho coroinha de igreja de interior continua (todo mundo diz que eu tenho essa cara), e ainda tenho um jeito meio tímido com desconhecidos, mas isso pra mim acabou virando uma vantagem, vocês vão entender.

E foi ainda com esse jeito de tímido que eu conheci o Marcelo, ou Marcelão pra galera da faculdade. Ele é PM e do curso de educação física, algumas vezes agente se encontrava no refeitório porque temos amigos em comum, foi nesses encontros que a amizade foi meio que se desenvolvendo.

Mas deixa eu falar do Marcelo, ele é aquele cara desenrolado e brincalhão, completou no final do ano passado 29 anos. Ele é um moreno e bem bonito (ele é gostoso pra caralho mesmo), daqueles caras que tem o peitoral definido e peludinho, e da pra ver alguns pelinhos lisos saindo pela gola da camiseta, os braços e as pernas também são peludinhos, eu sei porque algumas vezes ele vai de bermuda. Ele também usa umas calças jeans justas que ficam muito bem nele, realçam as coxas grossas e uma bunda que pqp, deixa queto que se eu ficar pensando muito não termino de escrever.

No final do ano passado, em outubro mais ou menos, ele deu uma festa só pros amigos próximos na casa da família dele pra comemorar o niver. Foram umas 15 pessoas e como festa não tem hora pra acabar e ele não mora tão longe, eu fui preparado pra voltar pra casa só no sábado pela manhã.

A noite foi desenrolando bem divertida, muita música, o pessoal ficando mais a vontade por causa da bebida, umas 2h ou 3h da manhã a maioria já tinha indo embora e os que ficaram estavam dormindo pela casa. Eu não curto beber então tomei uns goles de vinho mas foi só, o Marcelo eu percebi que tomou umas cervejas, mas nada que chegasse a ficar bêbado então a gente ficou conversando numa área até que bateu o sono, eu ia me ajeitar numa cadeira mas ele disse que tinha um lugar mais tranquilo pra eu dormir.

- Ei Ravi, tem lugar aqui cara, de boa.

- Ah, ta beleza, to morrendo de sono.

- HUahua tu é fraco pra bebida?

- Vish, sou muito, mas nem bebi só dei umas bicadas mesmo.

- Bora comigo, sobe aqui.

A gente subiu pra um quarto no primeiro andar, era o quarto dele, tinha uma cama de casal e dava pra ver o uniforme pendurado em um cabide fora do guarda-roupas.

A gente sentou na cama e foi tirando a roupa pra se ajeitar, eu ainda não sabia se ia dormir na cama, ou ele tinha um colchonete. Eu tirei a camisa e os tênis e ele só a camisa já que estava usando bermuda e chinelo.

Só que de repente, sem eu esperar, ele vem em mim e me tasca um beijo, na hora eu tomei um susto porque foi muito de surpresa, e sem contar que ele é um cara grande então passa mil coisas na cabeça da gente em poucos segundos, eu não lembro se empurrei ele, só lembro do susto.

- Nossa, foi mal, foi mal, acho que foi a cerveja cara.

- Não, de boa, só assustei tá tranquilo.

- Mal mesmo cara, dei uma surtada.

- Tranquilo po, te disse que foi só um susto, e se quiser a gente até continua.

- Sério? Tu curte?

- Sério.

- Nunca fiquei com caras entendeu, mas bateu o tesão em você.

- Ah de boa, qualquer coisa olha a diferença de tamanho, vem cá.

Ele me deitou na cama e se jogou fácil em cima de mim, a gente ficou se beijando um tempo, eu sentia o pau dele duro encostando no meu, e eu tava morrendo de tesão sentindo aqueles pelinhos esfregando no meu corpo. PQP a tensão tava a mil, quando ele puxou minha calça junto com a minha cueca meu pau pulou duro pra fora, ele começou a chupar meio sem jeito mas tava muito gostoso, ele lambia minhas bolas, lambia o corpo do meu pau e depois engolia o máximo que conseguia. Eu me ajeitei na cama e puxei ele pela bermuda, o lance era fazer um 69. O pau dele é a coisa mais foda que eu já tinha visto, é grande e grosso, com bolas grandes, todo liso porque ele devia ter raspado. Eu chupei a cabecinha ainda dentro da pelinha e o cara soltou um gemido grosso. Eu fui lambendo as bolas, sugando o pau, ele com o tesão já fazia a mesma coisa, botava a cabeça do meu pau pra fora da minha pelinha e sugava com força, foi um dos melhores 69 que eu fiz na vida, na verdade foi o segundo já que ele ainda foi o segundo cara que eu transei.

O tesão foi rolando e eu mamava ele e alisava aquela bunda gostosa, peludinha, nossa eu não sei como dei uma esticada e sem pensar abri a bunda dele e meti a linguada no cuzinho que deu uma piscada acompanhada de outro gemido grosso. Dali eu só continuei, chupava e mordia a bunda dele, lambia o cu, as bolas, o pau.

Depois de um tempo nisso meu pau e o dele já estava escorrendo muita baba, e acho que pra não gozar rápido ele se virou e a gente se beijou mais um pouco, eu esfregava meu corpo no dele pra sentir os pelinhos, (é eu curto caras peludinhos) e ele me abraçava com força e forçava o pau dele contra o meu como se tivesse tentando me foder.

Ele pegou uma camisinha naquele movelzinho de cabeceira e vestiu no meu pau, me ajeitou deitado, subiu em mim e foi sentando bem devagar. Demorou um tempo pra ele conseguir mas acho que aquele era um lance que ele queria muito fazer, o meu pau tem uns 17cm e eu sei que não deve se fácil ser passivo comigo. Eu sentia o cuzinho dele piscando na cabeça do meu caralho, e depois ia deslizando bem devagar. No tempo dele foi entrando tudo e finalmente eu sentia a bunda carnuda dele encostando nas minhas bolas. Ele ia sentando devagar e aumentando o ritmo, depois era eu que dava as estocadas com força e ele me apertava me abraçando forte. Sorte minha que ele se controlava porque o cara tem uma força que me amassava facinho.

Eu escutava minhas bolas batendo na bunda, sentia o pau dele esfregando na minha barriga, e deixando ela melada e quando o tesão não dava mais pra aguentar ele me tirou de dentro dele e eu bati uma punheta no cacete dele apontando a cabeça daquela pauzão pro meu peito. Foi um banho de porra, o cara me sujou todo mas foi gostoso de mais sentir aquele esperma quente escorrendo pelo meu pescoço, peito, barriga, se misturando com meu pau que tava pulsando duro e pulsando muito, eu tava doido pra gozar.

Ele se abaixou e começou a me chupar com força, eu dei uns tapinhas no ombro dele avisando que ia gozar mas ele ignorou e continuou chupando, sugou tudo, eu tremi sentindo a boca quente dele engolindo a cabeça do meu pau já super sensível por causa da gozada.

Depois a gente caiu deitando um do lado do outro sem dizer nada, só recuperando as forças.

- Eu jurava que tu era virgem, tu é muito safado.

- O pessoal sempre fala isso, da minha cara de santinho e essas coisas, sempre escuto.

- É meio que isso mesmo, tua cara é meio de inocente a gente não espera, banho?

- Bora.

A gente tomou um banho, um lavou o outro, os paus já estavam ficando duros novamente mas já era quase cinco da manhã e o sol tava nascendo. Eu me ajeitei pra dormir num colchonete e ele deixo a porta meio aberta pra não levantar suspeita.

Ainda não deu oportunidade da gente transar novamente, já comentei com ele que quero transar ele fardado, deve ser um tesão.

Mas claro que não ficou só nisso, rolaram outras coisas comigo, como eu disse eu mudei bastante e as coisas começaram a acontecer, e eu vou contando tudo o que puder por aqui.


Este conto recebeu 26 estrelas.
Incentive Sandman~ a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
14/02/2020 23:11:53
EXCELENTE. ASSIM VALE A PENA LER UM CONTO. CONTINUE RAPIDINHO.
14/02/2020 22:26:46
tesao mesmo conte mais
14/02/2020 18:06:50
.
14/02/2020 12:40:11
bom conto
14/02/2020 07:28:01
nora mil.
14/02/2020 07:27:54
continua por favor. volte logo.
14/02/2020 07:27:31
adorei a história.
14/02/2020 06:45:00
Que tesao cara delícia de narrativa
14/02/2020 06:41:43
Muito bom
14/02/2020 05:56:56
Que delícia, estou super excitado.

Online porn video at mobile phone


cavalopornocornonovinho da cabeçaa vermelhinha enfiando devagarzinho na bucetaContoseroticos denise meu tio pauzudo me fes mulher bem novinha na pica grossa video porno homem velho mamando e puxando e mordendo o peitoa xaninha da verinhacontoseroticos/comadre rabudaprima dormindo bêbada primo comeu o cursinho dela que não aguentou de dorWeslleywest internatoxxvideo gay gosando sem bota a mao no paunovınha transando com ırmaopornô com duas vinha beijadoo pai dançandovideo meteu ate otalo no cu e o corno so olhando ela debrucomeu filho quet cumer meu cumeu cachorro lambe minha caucinha nas minnha coxaswwwxxvideo filhinha apaixonadaautor do conto erotico cunhada amamentandogay paraplegico sendo fodido por pau grandeso conto erótico corno humilhado pela esposa peituda no casamento delescontos eroticos priminhacontos eroticos primo billabong28porno madastra fodendo enteados ninfetoscontos porno scat lesbicometi a rola na maninha .a chuvarada"a história de betinha"bunda pulante mundobichasexo sexo de pica dura palco do batom pica dura pornôcu esculachadihomens roludos e picudos nu de rondoniabbw q curta peidar contos reaiscontos erotico gay brincando de verdade ou desafioContos pornos-botei o bebe pra tomar leite do meu paunovinha aprovoca padastro ate ela ser fodidaconto erotico cadelizadavideo porno de chorte apertado arfossacontos com fotos encoxada no ônibusdrikaleka jasminy casa dos contosfilha pede para o pai soca a pica uma cenora junto no cubundas enormes aberdaaSEquestrei conto eroticoprima novinha pensou que estava sozinha em casa ficou totalmente nua na cozinha de quatro e o primo pegou desprevenido e fudeumorena de shortinho esfregando a Rosa do povo'xvideos de puto corneteira caseiraMoto táxi pega passageira gostosa de shortinho curtoterno super dotado rasgando a irmãda irmã Cecília de carinha de anjo chupando rolaconto sexo perdendo virgindade pro caminhoneiroeu quero ver somente conto erotico de freira lesbica fudendo a buceta da noviça com opau de borrachacontos eroticos sou casada e chupei o pau do negao pelo buraco da paredecontos erótico pau torto do meu sobrinho nao entro na minha buceta video gay negro dotado coneu rssgou cu viafo que contratou programa com negraoconto lesbico a procura do amor cap25de vestido de brusosexotitia fico peladona e deixou eu esfregar o pau no bundao dela ai nao teve jeito e fudi o cuzinho dela xnxxconto erotico uber passando a mao na.minha bucetinhaxvidiocasada recebendo pica grosatesao pelo chule da minha patroa contos eroticos podolatriacontos eroticos d cornopra comer a espozarelatos de maes q foderao com filhoisso viadinho filho da puta tem um cacetao bem pra vc tomar no cu gostosover vídeo pornô de sexo fiz um pagodinho na minha casa do namorado de saia curtabucetas gostozas gozando gostozo na cabesona rombudasurpresa+no+banheiro+pornoEsfreegando a pica na maninha inocenti contos eroticcosMinha esposa quer um menino pra fudela casadoscontosBarbie dizendo tô nem aí tô afim de olhar a polpa da bunda na polpa Barbie de sermulhe lavado abuçetaso puta dancando sexual e menor mostrando o peitinho e bucetinha enchada marcado a calcinhaacordei galada de tanto gemer sonhei com uma ponba que me fez gemer video porno baixarcontos novinha safadadesde berçoxvvidio padrasto fasendo a enteada gosar d tesao.contos eroticos o padre taradocorno convencido beija esposa com pica atolada na bucetanovinha sentada ensima do cassete abrindo a bucetinha com os dedos conto porno paixao escandalosapatricinha comida pelos negoestia masturba sobrinho qe esta doenteporno - socando uma pro amigo do marido no ofuroPorno.doidsexo