ANDERSON O NOVO COMEDOR DA MINHA MULHER

Um conto erótico de Paulo e Fernanda
Categoria: Heterossexual
Data: 27/01/2020 18:31:55
Nota 10.00

Se você já leu o relato anterior, vai entender esse, se ainda não leu, leia UMA CHUPETA PARA O PROFESSO DA ACADÊMIA, assim você ira entender como o Anderson surgiu na vida da minha linda, deliciosa e safada esposa, bom os dias se passaram até que a Fernanda me avisou:

- É amanhã amor, amanhã eu vou trazer o Anderson aqui, já combinei tudo com ele, vou pegar ele na rua de trás da acadêmia do meu irmão e venho direto para cá.

- Ele sabe que eu vou estar aqui? vam

-Não amorzinho, você vai fazer o seguinte, quando eu o encontrar te mando uma mensagem, você espera uma meia hora, para o carro lá fora, entra sem fazer barulho, já vou estar no quarto, ai quando ele ver você já vai estar lá, ai explico tudo pra ele, entendeu?

Fiz que sim com a cabeça, no outro dia, conforme o combinado, recebi uma mensagem da minha esposa dizendo que ela já estava a caminho de casa dom o rapaz, ainda faltava 15 minutos para eu deixar o trabalho, porem pareceu uma eternidade, sai e fui voando para casa, não moro muito longe e nem tem tanto transito, logo estacionava o carro em frente da minha casa, abri o portão com cuidado, sem fazer barulho, e fui bem devagar para dentro da minha casa, logo na sala já estavam algumas peças de roupa, sinal que a coisa começou ali, ouvi um gemido que reconheci logo como sendo da Fernanda, minha mulher, fui lentamente até o nosso quarto, a porta estava aberta e as luzes acessas, quando olhei a cena que eu vi foi de deixar qualquer corninho louco de tesão, Fernanda estava deitada com as pernas bem abertas, o rapaz deitado de bruços, chupando a xoxotinha dela, assim que parei na porta a safada olhou para mim com aquela cara de puta com tesão, ele nem percebeu que alguém tinha chegado e continuou a chupar a deliciosa buceta da Fernanda.

- Isso delicia. Disse ela olhando para mim. Chupa minha bucetinha, quero gozar na sua boca como você fez comigo a semana passada.

O rapaz realmente era bem alto e bem forte, e parecia chupar minha esposa com gosto, também quem não gosta de chupar uma mulher fogosa com gosto, meu pau já doía de tão duro que estava, abri o ziper da minha calça e já tirei ele para fora começando a bater uma gostosa punheta, enquanto eu me deliciava com a cena, o Anderson se delicia com a bucetinha da Fernanda e ela por sua vez se deliciava com a boca do seu amante, todos estavam tendo prazer, porém o clima foi quebrado quando de repente ele se virou e me viu parado na porta.

- Que é isso. Gritou ele.

- Calma. Disse Fernanda. Esse é o meu marido, está tudo bem ele sabe de tudo.

Porem o rapaz não acreditou muito, já foi levantando, e procurando suas roupas, porem sua calça estava na sala, assim ele ficou em pé me olhando com cara de assustado, Fernanda também ficou sem ação e eu também, afinal nunca havíamos passado por uma situação dessas, o clima ficou pesado, ficamos alguns segundos sem falar nada, até que eu tomei a iniciativa e disse.

- Calma meu amigo, está tudo bem, vou sair e deixar vocês dois conversarem.

Sai do quarto e fechei a porta, na verdade estava nervoso com toda a situação, pois temia que o rapaz não entendesse e saísse falando para algumas pessoas, tem isso também em uma vida liberal, na verdade quase todos gostariam de ter, mas quase ninguém admiti isso, fui para a cozinha, peguei uma cerveja na geladeira e fiquei esperando, passados uns 20 minutos, e nada dos dois saírem do quarto, bom pelo menos era um sinal de que ele não tinha a intenção de ir embora, resolvi então ir até a porta do quarto para tentar ouvir alguma coisa, a unica coisa que eu consegui ouvir foi um gemidos, abri a porta do quarto bem devagar, e a cena agora era outra, Anderson estava deitado na cama, enquanto minha esposa fazia uma deliciosa chupeta para ele, Fernanda estava de quatro, com a bunda toda empinada na minha direção, Anderson olhou na minha direção, como se certificando que eu realmente aprovava a cena, é bem mais fácil quando o comedor já tem experiência, tudo parece extremamente normal, porem a expressão de prazer que o rosto dele transmitia deixava bem claro que não pretendia que minha esposa parasse de chupar o seu pau, também se tem algo que ela faz bem gostoso é uma chupeta, me aproximei um pouco mais e então pude ver Fernanda engolindo parte do cacete do Anderson, realmente era enorme como ela tinha falado, e grosso também, foi ai que ela me viu.

- Ah o corninho voltou. Disse ela, parando de chupar e segurando o cacete dele. Olha o tamanho disso corno, hoje sua mulherzinha vai ser arrombada mesmo, pega uma camisinha pra eu colocar nesse macho gostoso, quero sentar nessa pica gostosa que ele tem.

Prontamente obedeci, Fernanda colocou a camisinha nele e logo já estava sentando naquela piroca enorme, aos poucos vi tudo entrar na sua bucetinha pela primeira vez, a safada quando estava tudo dentro ainda deu uma rebolada, depois inclinou o tronco de forma que pudesse beijar o macho, enquanto suas ancas já começavam o movimento de sobe e desce, voltei um pouco mais para trás e vi o pau do Anderson literalmente arrombando a buceta rosada da minha esposa, Fernanda nem tinha começado e eu já podia ver seu gozo no cacete dele, sim a safada estava adorando aquela piroca enorme do Anderson.

- Meu gostoso, Disse ela para o Anderson. Abre bem minha bunda pro corno ver seu pau me fodendo gostoso. O Anderson fez isso na hora, abrindo bem a bunda da minha esposa com suas mãos enormes. Isso, ta vendo corno, tá vendo esse pauzão fodendo a bucetinha da sua mulherzinha, tá vendo meu gozo, tá corno.

- Tô sim. Respondi

- De hoje em diante ele pode me comer quando e onde quiser, quero esse macho pra me foder sempre ouviu corno.

- Ouvi sim, ele pode te foder sempre.

Isso parece estranho para alguns, mas para quem é corno manso, isso é uma delicia, quase gozei sem nem tocar no meu pau, o Anderson enquanto abria a bunda da Fernanda aproveitava para empurrar seu dedo no cuzinho dela, isso fazia a safada gemer mais ainda, realmente como já disse minha esposa é uma puta esposa, alias é a rainha das putas esposas, em pouco tempo podia notar o pau do Anderson totalmente molhado com o gozo da minha rainha, ela estava adorando sentir aquele pauzão dentro da sua buceta.

- Vem macho gostoso, me pega de quatro agora, quero sentir seu saco batendo na minha buceta.

Fernanda ficou de quatro, empinando bem a bunda para o Anderson, ele não resistiu e antes de foder aquela maravilha, caiu de boca na sua suculenta buceta e no seu lindo cuzinho rosado, chupou os dois durante alguns minutos arrancando gemidos e mais gemidos dela, depois começou a passar a cabeça do seu cacete pela racha da minha esposa, sem por dentro, esfregando ele no seu grelinho duro de tanto tesão, isso só fez deixar minha mulherzinha mais louca ainda, ela gemia, rebolava e implorava para ele meter nela, porem ele continuou com a tortura, logo eu via o seu pau todo melado, a safada tinha gozado só dele esfregar nela.

- Cara a sua mulher é uma delicia. Disse ele olhando para mim. Olha gozou só deu eu esfregar meu cacete na xota dela. Ele então passou o pau por toda a racha dela. Olha como tá molhadinha a safada.

Então de repente de uma vez ele socou seu pau dentro da buceta da Fernanda, arrancando um grito de dor e tesão misturado, e segurando firme na sua cintura começou a foder com muita força e velocidade, fazendo acontecer aquilo que ela disse que queria sentir, seu saco batendo na buceta dela.

- Toma puta. Gritou ele. Toma tá sentindo meu saco batendo na sua buceta, não era isso que você queria.

- Aiiiii......caralho, fode gostoso, arrebenta a minha buceta.....aiiiiii......que gostoso!

Eu dessa vez não aguentei e gozei, detalhe nem coloquei a mão no meu pau, sai e fui direto para o banheiro me limpar, quando voltei já voltei totalmente nu, Fernanda continuava sendo fodida de quatro pelo Anderson, isso já durava uns 10 minutos eu acredito, porem agora ele estava na posição conhecida como cachorrinho, desse jeito o pau vai mais fundo ainda, Fernanda estava como uma louca, gritava para ele não parar de comer ela, fiquei com receio dos vizinhos ouvirem seus gritos, por isso liguei a tv com um som um pouco alto, finalmente o Anderson tirou o seu pau da buceta dela, retirou a camisinha e gozou, na verdade deu um banho de porra na bunda arrebitada da minha esposa, quando ele parou de gozar, me mostrou a buceta dela, estava inchada e larga, toda vermelha, realmente acabada.

- Ai corno, é assim que você gosta de ver sua mulher, com a buceta arrombada, pois tá ai.

Dizendo isso ele sai e foi para o banheiro tomar um banho, Fernanda deslizou até ficar deitada na cama, estava toda suada e exausta, realmente acabada, me sentei do lado e fiquei fazendo carinho nos cabelos dela, após alguns minutos ela se levantou, me deu um beijo e foi para o banheiro também, os dois tomaram um longo banho, não fui até lá, apenas fiquei ouvindo ela dizendo que ele era um macho muito gostoso e que ela nem sabia quantas vezes tinha gozado, quando retornaram ao quarto estavam abraçados, os dois deitaram um do lado do outro e logo a Fernanda já estava chupando o pau dele novamente.

- Você tá brincando com fogo Fernanda. Ameaçou ele. Vou te arregaçar mais ainda.

- Não resisto o seu cacete, é o mais lindo e gostoso que já vi.

Nessa hora sai do quarto e fui até a cozinha pegar uma cerveja, resolvi deixar os dois sozinhos por algum tempo, fiquei apenas escutando os gemidos e sussurros que eu não conseguia entender o que diziam, porém podia imaginar muito bem o que estavam fazendo, de repente o gemidos foram ficando mais fortes e comecei a ouvir o som de dois corpos se chocando, fui então me aproximando da porta do quarto, quando cheguei, vi o Anderson segurando as pernas da minha esposa para o alto e bem abertas, enquanto socava seu pau nela, Fernanda gemia sem parar, liguei então o som novamente para abafar um pouco os gemidos dela, ele metia sem dó, com força e muito rápido, acredito que minha mulherzinha estava tomando uma tremenda surra de pica, porem tudo indicava que ela estava adorando dar sua buceta para aquele macho, novinho e viril, de onde estava podia ver perfeitamente o saco dele batendo na bucetinha dela com muita força, foi ai que notei, ele estava sem camisinha, estava comendo minha mulher no pele com pele, acho que ela nem tinha se tocado disso.

- Aiiiii, mete seu safado.....aiiiii!!!!! Gemia ela. Você tá me arregaçando toda.

- Isso piranha, vagabunda, não queria pica, então toma.

Descobri depois que ser chamada de puta, piranha, vagabunda, safada, na hora da transa deixava a Fernanda mais excitada ainda, de repente o Anderson abraçou ela pela cintura e a fez abraçar o seu pescoço, e como se minha esposa fosse uma boneca a levantou ficando ele em pé e ela cravada no pau dele, ela então começou a cavalgar nele assim, só tinha visto isso em filmes pornô e confesso que achava que ninguém faria isso de verdade, Fernanda foi ao delírio, rebolava com aquele piroca toda dentro dela, até que ele não aguentou mais.

- Caralho tô gozando dentro da sua mulher seu corno. Gritou ele. Tô enchendo ela de porra de macho.

Ele então foi colocando ela lentamente na cama, Fernanda estava completamente suada e vermelha, ofegante, ele tirou seu pau meio mole de dentro dela e ficou esfregando na sua buceta, esparramando sua porra por todo canto, depois se afastou e abrindo o lábios vaginais dela me disse.

- Ai cornão, ela tá toda gozada, vem que ela me falou que você adora limpar a buceta dela depois que o macho goza dentro, vem tomar porra de macho na buceta arregaçada da sua esposa.

O tesão que senti na hora foi tão grande que até hoje chego a me arrepiar lembrando desse momento, nem pensei duas vezes, cai de boca na buceta toda melada da minha mulher, realmente a porra dele era diferente, pouco acida, até mesmo chegaria a dizer que adocicada, limpei minha esposa toda, seu grelinho estava inchado, sua xota toda vermelha, Fernanda não conseguiria meter mais aquela noite, quando acabei de limpar toda a xota dela, vi que Anderson já não estava mais no quarto, ouvi o som do chuveiro, Fernanda não aguentava nem falar de tão exausta que estava, ele saiu do banheiro e foi buscar sua roupa, quando retornou ao quarto já estava de calça.

- O corno me leva embora, estou sem carro, pois a putinha ai não tem condições. Foi até a Fernanda e lhe deu um beijo. Na semana que vem eu volto e ai seu cuzinho não vai escapar viu.

Como um bom maridinho corno, levei o comedor da minha esposa para a casa dele, não conversamos nada no caminho, porem eu sabia que ele iria se tornar frequentador da minha casa e da minha cama e principalmente da minha esposa e foi assim que durante algum tempo, toda semana o Anderson vinha comer minha esposa, hoje ele se casou e se mudou para outra cidade, porem eles ainda mantem contato, e quando dá eles se encontram.


Este conto recebeu 28 estrelas.
Incentive Paulo e Fernanda a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
15/02/2020 05:58:15
o conto minha esposa adorou
13/02/2020 17:24:09
Queria fode-la gostoso tbmDar meu leite pra vcs tbm
09/02/2020 12:50:56
Conto sensacional, tem coisas que só quem é corno manso entende
HBS
01/02/2020 18:15:23
Excelente...sou corno também... adoro quando minha esposa goza com outro.....estamos a procura de um comedor de preferência no ABC paulista...
31/01/2020 09:45:18
Sensação maravilhosa!
31/01/2020 08:31:36
Todo homem adora ser corno e toda mulher uma puta bem devassa, minha mulher e eu, não temos limites matéria de sexo, quanto mais os machos depravam ela mais tesão eu sinto. Veja meus contos.
29/01/2020 19:19:14
Excelente, bem escrito e com detalhes
29/01/2020 06:23:24
muito bom, excelente conto.
28/01/2020 21:53:41
Queria comer sua mulher também corninho.
28/01/2020 08:49:56
excelente conto
28/01/2020 06:43:39
Conto muito bom, me imaginei no seu lugar.
28/01/2020 06:01:06
Tesão do início ao fim! É exatamente assim que nós corninhos assumidos nos comportamos e sentimos ao ver um macho comedor gostoso dando prazer às nossas amadas. Perfeito!
28/01/2020 05:56:13
Vou dizer o que repito aqui sempre, e desculpem-me ser repetitivo. Sou bi, adoro dar pra um macho, mas o prazer um limpar a mulher recém comida e gozada pelo macho, e se der limpar os dois depois, é incomparável a qualquer coisa. Até muito melhor que dar (pra mim). Não há NADA mais gostoso, sexualmente falando, que isso.
28/01/2020 02:16:30
Seu conto é muito excitante e delicioso, quase gozei ao ler. Imagino que deve ser muito prazeroso ser corno, quem é corno sabe dizer! Parabéns pelo seu conto.
27/01/2020 21:33:28
Delícia do começo ao fim...
Get
27/01/2020 20:52:06
Conto de corno é bem excitante. Só sendo para saber o quanto e bom ser corno. Nota máxima.

Online porn video at mobile phone


travesti branquinha e e s branquinha e rosada tranzando na xçcamazoofilia cachorro garrando igual garra em cachorracontos.cheirando causinhanovinha so de minicasiacontoerotico novinha rabetaoconto erotico sou casada mais meu menino pirocudo que me satisfazxvideol gay novinho favoritomuitei em cima da minha espoza na cama vidio pornocontos de rasguei o cuzinho da minha avómorena rabuda foi tomar engesao e se esfregou no medicomamilos da minha mae contos eroticoscontos eróticos vovó transando com cavalocasa dos contos eroticos adoro levar ferroporno para deixar aqecidarpasei amao nela eila goistou nuonibupornoalesbicavidios porno mae dilinhoXvideosarretadahome tarado caucia gozada.conto erotico virei amante do negao por chantagemhistoria erotica pronhomem gozarA dentista putinha quadrinhos eroticosComtos namoradas fodidas por velhosContos eroticos de esposa traindo marido com amigomorena de 58kg dando a bucetamulheres do peitinho durinho se masturbando Marquinhos gostosaalexandres putos poa de calcinhamunita gozadabaixar vídeo das negras de 1413 anos de 12 perdendo a virgindadetirei virgindade de minha irma com sindrome contoconto erotico negao dominador e a madamecavalopornocomeguaContos incesto dei pro meu filho mesmo gravidacomtos exitantes@nubianinfa.commmulheres contando qe 03homens comeram suabuceta em frente a seu maridoxvedeo caseiro enpegada gostosaContos sempre fui o viadinho de todos os homens da familiapersonal dotado botando a loira pra chupar seu piruzao ela ver volume do shorteputas brasileiras bucetas rasgadas zoofiliapornocomtos eroticos incesto dei minha busetinha ainda sem pelinhos para um velhos muito pausudo e meu irmao descobrio e quis fuder meu cusinhovideo de idosa abrindo video de gemido no meio do mercado "apaga isso"como faser buçeta caseira com luva e toalhaminha irmanzinha perdeno cabainho pro cachorro enormecontos eróticos corno desde a lua de meldei pro entregador contosminha mae pedio pra depilar minha xaninha i acabamos nos chupando filme brasileirosexopornodoido negao pica enorme grossa coroa sesual carentecontos de casadas dando uma rapidinha com outros no carnavalCoroa pelada trazia com marido estupra ela não reclama de nada ela ficaFudeno a buceta da filha no mato escodido pro pai pono caseiroVidios porno mae dilinho cuAliviando os funcionarios contos eróticosContos eroticos gay funk traficanteConto de sexo entre madrinha e afilhadoporno obeza dano o cunovela tieta do agreste transando com sobrinhobeijo o conhado e deu o cuzinho pra elelevantou a saia deixou enfiar o pau e batendo punheta pata o marido videoNo motel eu fudi a buceta e o cu virgem da minha sogra conto eroticopornô grátis só contos eróticos sogra cozinhasexo na fasenda so nas escondidas novinhas e seus tios xxvideoSobrinhas safadas relatos atuaiscontoeróticocoroa engravidei minha sograjapinha colegial dano o cu parra rrola giganteporno comeu a etiada que fazia pirasa so de chortinhogarotinho loirinho de treze anos se descobrindo que e gay e tranza com seu irmãozinhoS-&-w- Casa Dos Contosnovinha toda manhosinha sem querer ozadia mas n aguento e foi po quartoFusdendo prisezinha do papai rica cheia da grana mas ela so queri fudeencoxada casa dos contosxvideo com cabelo da depilação gradinho gozadagts agaxada mostrando o bucetaocontos trepei com um braco de 23cmCONTO EROTICO FILHO CARALHUDO ARROMBA MAE TODA NÕITEmulher ficado vemelha de tato chupaocontos gay dadinhofodendo o cu e levando chutecntos eroticopadastro genroAliviando os funcionarios contos eróticostoinha jovem linda siririca xvideosMeu marido é um corno e viado do primo delefamilia liberal conto eroticoiniciar download de zoofiliairmao comendo irmao enguanto dormia porno gai xvideos 10comi meu melhor amigonovinha magrinha nao consegue ci controla de quatro e goza em 1minutoquero ve conto erotico de mulher que leva encoxada dentro do onibos i facilita pra leva Gozada na bucetaporbodoido varias enfermeirasmotorista olha do retrovisor do onibus coroa pagando calcinha