Primeira vez passivo

Um conto erótico de Marcos
Categoria: Homossexual
Data: 07/10/2019 13:02:36
Nota 9.60

Esse é meu segundo conto aqui no site. Assim como o primeiro, ambos são verídicos e se passaram a cerca de 15 anos.

Nessa época, eu a trabalho estava morando em uma cidade do interior, em outro estado, eu estava no primeiro casamento, mas sempre soube que não seria eterno. Minha esposa na época havia viajado para ver seus pais no nosso estado de origem, distante cerca de uns 1.600 km, assim sendo, essas viagens costumavam durar cerca de 5 a 10 dias. Eu vou me descrever, moreno claro, 1,70m, 75 kg, 16 cm de pau, 30 anos, poucos pelos, peito liso natural, lábios carnudos e uma bunda bem protuberante e chamativa, até então, bunda virgem.

Era noite, e eu estava pra variar acessando sites pornô e o site do Terra, no chat das cidades. Apesar de me considerar hétero eu já havia experimentado um tempo antes sexo homossexual, sempre sendo ativo, nunca dei bandeira, já havia me encontrado com outros caras através desse site, mas estava tranquilo a esse respeito, sempre tomava as devidas precauções, preservativo, e também como não era uma cidade muito pequena, não via ameaça de ser visto por alguém.

Eram acho que umas 20 horas, de uma sexta-feira, nunca fui muito de baladas e apesar de ficar só em casa, nunca saía para noite, minhas saídas eram estrategicamente planejadas após prévio diálogo com algum passivo, preferencialmente com local discreto onde eu poderia ir comer e retornar pra casa.

Comecei a conversar com um carinha, obviamente nesse época não existia whats, as coisas eram mais por celular e internet ainda engatinhando. Ele me disse que tinha namorada e tal, mas que curtia ser passivo, no sigilo, pensei, é o meu tipo, cara que precisa de sigilo é o melhor. Ele se descreveu disse que era branco, olhos claros, 24 anos, pela descrição estava em forma, disse que era um pouco calvo, eu disse que não tinha problema, e ele me disse que estava só em casa, que eu poderia ir lá visitá-lo, me passou o endereço, peguei a moto biz da minha mulher e fui.

Lá chegando era uma casa normal dessas de subúrbio, tinha só um muro alto na frente e um portão de garagem, quando cheguei, liguei pra ele dizendo que estava na frente e ele abriu o portão, a casa ficava nos fundos do terreno, havia um gramado e ele estava parado em pé, sob a luz da varanda, encostado num dos pilares me observando, achei estranho, o fato de ser noite, estava quente, ele vestia uma camiseta regata branca, um calção desses de basquete preto, e um boné, nos cumprimentamos e entrei. Ele me fez acessar o quarto dele, uma suíte, e começamos a nos beijar, e abraçar, sentia seu pau duro roçando no meu debaixo do calção, eu automaticamente levei as mãos na sua bunda, que era bem durinha, ficamos somente de cuecas, e deitamos na cama, eu deitei de costas e ele a minha direita retirou minha cueca e seguiu mamando gostoso, ele estava de joelhos à minha direita na cama e eu comecei a tirar suas cuecas, quando tirei vi um pau lindo, devia ter uns 18 cm, era branquinho, tinha a cabeça roxa, não era grosso, parecia ser pouco mais fino porém mais comprido que o meu era certamente. Virei meu rosto para o meu lado direito e percebi que o pau estava pertinho, então comecei a masturbá-lo, então senti vontade de colocá-lo na boca, não sei porque, nunca tinha feito aquilo, mas me deu um tesão, e fiz, ele delirou, era o primeiro pau que eu chupava, era muito gostoso, nisso ele pega um pote que me pareceu ser algo como um creme hidratante e começou a passar no meu cuzinho, puxa estava surpreso pela audácia dele, pois desde que havíamos combinado, eu iria lá na qualidade de ativo.

Quando dei por mim, eu permanecia deitado de costas na cama, porém agora ele estava de joelhos entre as minhas pernas, pincelando aquele pau no meu cuzinho, e eu apertando, eu estava pensando que ele estava apenas brincando, daí ele pediu para que eu deitasse de bundinha pra cima, deitei, e ele disse, cara que bunda mais linda, é um bundão gostoso, me passou bastante creme no cuzinho, rego e deitou sobre mim, sentindo aquele pau deslizando no meu rego, cheio de creme, senti uma sensação gostosa, então ele ajeitou a cabeça no meu cuzinho e começou a pressionar, nisso eu falei pra ele, cara, eu sou ativo, nunca dei a bundinha, ele começou a falar no meu ouvido, com aquele hálito quente, deixa vai, relaxa, só a cabecinha, não vai doer, estava gostoso aquilo, mas eu apertava meu anelzinho, com medo, numa dessas eu dei uma relaxada e como estava bem lubrificado e pressionado no meu cuzinho aquela cabeça pulou pra dentro, senti uma dor aguda e levei o corpo para a frente, mas ele me segurou e socou todo o resto no meu cuzinho, dei um gemido forte... Ahhhhhhhh, e ele parou com o pau todo cravado no meu cuzinho, nisso ele disse, cara que delícia, quente e apertado essse teu rabinho, e eu dizia, cara, por favor, devagar, ele é virgem, nunca dei pra ninguém, isso acho que o deixou mais tarado e começou a socar, primeiro devagar mas depois firme e forte, ele gemia e arfava, a dor foi passando e começou uma sensação gostosa, não demorou muito e ele gozou, me encheu todo o cuzinho de porra, só então me dei conta que estava sem preservativo, mas já era tarde, não consegui gozar, mas ele se acabou, depois disso, fui no banheiro, retirei o excesso de creme do meu cuzinho, e fui embora, nunca mais nos encontramos, ou melhor, o vi uma vez no centro, numa pizzaria, mas ele, que estava com a namorada, fez que não me viu... Depois disso, houveram outras oportunidades em que fui passivo. Foi marcante, fui comer e terminei dando a bunda... Cheguei em casa, tomei um banho e bati uma punheta que gozei um monte... Desde então, vez por outra dou minha bundinha... Se gostarem desse escreverei futuramente outros contos das minhas aventuras sexuais, todos, reais.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
15/10/2019 09:10:38
Querido, na vida não devemos ter preconceitos. Experimentar de tudo, afinal, o anal é muito prazeroso sim. Tanto para homens como para mulheres. Tenho vários clientes que me procuram para inversão e pagam para fazer comigo porque as esposas não aceitam. E nem por isso, deixam de ser menos ou mais homens. Muito boa esta narrativa da tua primeira vez. Merece dez pelo texto e pela coragem de contar. Parabéns. Te sugiro a leitura do meu primeiro relato, ¨Puta sofre, mas...goza¨, onde eu narro minha primeira vez com um cliente. Beijocas.
14/10/2019 23:39:32
Adorei! Quando puder leia meus contos pra dar um incentivo: Rafael Pothos e o professor dominador - I e Rafael Pothos e o professor dominador- II.
09/10/2019 16:10:21
De onde e esse cara por favor me fala que maravilha de conto gozei muito ele e show Sou de São Paulo nunca dei meu também não mais tenho muita curiosidade
08/10/2019 09:05:13
Depois que dei a primeira vês, (18 anos), nunca mais fui o mesmo, eu sempre queria homens, até hoje sempre busco machos, se torna gostoso demais sentir o poder de uma pica, continua, quero saber mais, aguardo o próximo conto, porque dar o cu é maravilhoso, sou um puto convicto, mas não afeminado.
08/10/2019 01:35:50
AH ESSES CASADOS ENRUSTIDOS E ATIVOS. RSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS UMA HORA ACABAM NUMA CAMA SENDO PASSIVOS.
07/10/2019 21:19:45
Como tudo na vida há sempre uma primeira vez!

Online porn video at mobile phone


filme homem com pinto enorme fofe mulher vigemmassageando o picao gigantescoirmau bejano racou cabaco da irmaviu a becetaa da mamãe sen qerer eficou com tesão e meteu a pica porno vídeoxvideosó no cu pracaga grossoXVídeo mulher desagrada para gozar e g****** toda horarevesando no cu da gravida pornolais minha enteada da xoxota apertadinha contoscontos fudida por um caralho grande e grosso insertoshomem nu da cu seminaristaconto de incesto mae mulata de babydollfilmes porno no calor do buraco estreitovídeos caseiro de mulheres safada matutar. eu e minha filha fomos encochada adoramoscontoerotico novinha rabetaohttp://img2.virgula.uol.com.br/x495.jpgsaudades faze sexo com a minhia esposase masturbando com o cu enpenadocontos eiroticos leilapornvideo de porno de coroa liduinapono cario,caconto eroticoContos eroticos de inseminaçãofùdendo minha irmã gostosaconto erotico para passar dei professorbermuda atolada detri da bucetaContos eroticos fui fazer intercabio porno de coroucom novinhascontos de putaria sou puta do marido negro da minha cumadrenovinhas.abrir.buzentabrutamontes caio parte 15 pornoconto erótico menina bebê pai e filha puta ninfeta gosta de mamar peituda casete tbmporno casada adorando ao senti um estranho te alizando e esfre o pau nela no onibos na frente de seu maridocontos eróticos de dupla invasãodois dotado fetendo com forca e tirando sangue da bucetinha da moleca assanhadacontos erotico eu e minha mae fodida por um roludomulher de corno trepando com peaozada no alojamentopornô mulher começando a ficar mexendo falando Bom dia Ana movimentando movimentandoContos eroticos dormindo,conto erotico gay com padrasto velho coroa grisalhomega dotado contoscontos eróticos massagem na coluna de minha esposadei minha b******** quando era bem novinhaloira gostosa gordinha batendo p****** no pau do seu esposo no pé da pia seu esposo tacando dentro do seu corpo shortinho dentro do rabocontos eróticos chorei mais aguentei a rola enorme do velho Beneditosexo porno meu pai foi ate meu quarto me chama pra conversa e me chupou ate eu gozamarido esposa para faser cuingue cuxxvideo irma com irmao tatendo.punhetacontos eroticos na escola com inspetorloirastroxudasvidio porno bate popa vol casadaxvideo a minha madrasta rabuda me iludindoai ta doendo maninho.comcontos eróticos envolvendo policial federealamante goza dentro e a puta se abaixa e dispeja na boca do cornoloira gostosa foi mandar comsertar ou carro na oficina i o negao comeu elaconto erotico comi cu do meu pai velho coroa grisalhonegao bagaca branquinho xxvideosPapai vio eu de sainha sem calsinha fes eu senta en seu colo pal fora da bermuda semtei gostei dei ate meu cu po meu pai contosdepiladora nao aguenta a buceta elastica a maocontos eroticos de mulheres bofinhosvídeo de novinha querendo perder a virgindade com japonês cobrando no gesso XVídeosconto erotico punheta raptowww.as gordinhas na zoofelia com animais ajumentadosfiz uma foda bisexual com meu filho minha filha minha esposa meu caseiro sua esposa e sua filha contosconto viadinhovideos de meninas llevando fortes choques de fios de luz na buceta pelada ate hritarver vídeo pornô da irmã novinha de 18 aninhos entubando com outro irmãoconto erótico os pedreiros da obra me estouraram bem novinhapescado comedo a morena e a loiraxvideocoroas peludos com para fora da cueca samba cançaoconto novinha depois foi na festa de forro o macho piculdo mim rasgoudepois que eles gozam ela não param de bater p****** só para judiarcontos sexo pecado incestuosokidebengala jorrandoporradentromeu sogro e seu irmao me funderam juntos contos eroticosguero um paquito con ponba gira para tranza con a minha sogracontoseroticos/comadre rabudaemcoxando a novinha de sches e saiaGay comlhado chupando a pica do comlhadojapones enchendo cu da japinha dr liquido xvideoNxnn coroa agarrda numo pau de 25cmquero ver filme pornô de mulher com a buceta da Bruna dirigindo porrahomem é menor que dá mais uma rola de homem mamando no peito da mulher enfiando a rola dentro do mosquitoele pedi caga pramim gata pornocontos mae gostosa peituda de baby dollxnnx cretes do rabo grande com calcinha enfiada no cuintiadinha so vestidinho limpondo casa pornoconto erotico novinha curiosaMeninas gostosinhas se esfregando em homem quê popozaocervepono.comrabuda de calça apertada limpando estantepornor doido homem batendo poleta no banheiroeu quero ver f********* no corpo todo estourado bem reganhada gemidouma mulher fortecavando pocoTonhão transa com sua cadelaSobrinhas safadas relatos atuaisvidio de pesouas transandocoroa novinha transando da put e da das tigresa da preguiça do pornô filme do Rio São Paulocontos sexo anal concunhada concunhadoa madrasta me fez menina contos feminização.