Transando com o pai do meu aluninho.

Um conto erótico de Professorinha sem pudor
Categoria: Heterossexual
Data: 10/09/2019 19:31:20
Última revisão: 29/09/2019 12:17:52
Nota 9.90

Sou professora de ensino infantil da rede municipal, Não vou negar que acabo recebendo muitas cantadas de pais que vão deixar ou buscar seus filhos, temos que usar sempre calça de uniforme bem colada ao corpo, que acentua as minhas curvas e uma camiseta que fica justa, devido aos meus seios volumosos. Nossa sociedade ainda tem esse fetiche em relação a fazer sexo com professoras ou professores. Não sou mais nenhuma garotinha, afinal estou com 45 anos, mas tenho coxas grossas, buceta bem inchada e por isso marca quase todas roupas que uso e como disse seios bem grandes, por isso fico com a camiseta estourando, com isso os olhares dos pais se acentuam sobre meu corpo. Diversas vezes os pais quando vão pegar os filhos as vezes alguns no meu colo, Aproveitam para roçarem suas mãos nos meus peitos e no meu corpo.

Tem um pai, que há anos ele quem busca seu filho na escola e várias vezes, peguei ele olhando para meu corpo. Num dia de reunião dos pais, ele ficou por ultimo, e só ficamos nós dois na sala. Do nada ele disse, deve ser estressante né, aguentar todos esses alunos e o pior os pais chatos, e eu só sorri.

Ele disse: "Uma mulher linda como você deve também receber várias cantadas de pais né? Olha, não vou mentir, eu mesmo, já pensei em te chamar para tomar um suco, um vinho ou sei lá o que você gosta de beber, um dia depois do seu expediente, mas sei que é casada e que educadamente diria não, e entendo." Não disse nem que sim e nem que não.

Depois desse dia, ele começou a me olhar mais direto, até que um dia ele tomou coragem e quando foi pegar o filho dele falou comigo. Disse que estava doido para fazer algo comigo, que se eu quisesse, iria deixar o filho em casa e que voltaria pra me pegar pra darmos uma volta, pensei e confesso que estava com um tesão imenso naquele dia. Disse que eu sairia da escola em uns 15 minutos, era por volta 17:30 horas, mas disse que eu teria que chegar até das as 22hs em casa, porque meu marido chegaria mais ou menos esse horário em casa e que só daria para ir, pois meu filho estava na casa da namoradinha também.

Ele foi levar o filho e pouco tempo depois já estava de volta, fiz sinal pra ele ir pra rua de trás da escola, que é bem mais deserta e depois de uns 5 minutos, sai por um portãozinho pelo fundo da escola. Fui entrando rapidamente no carro para ninguém me ver e ele, sem perder tempo foi logo dizendo: “este uniforme deixa você um tesão”, sempre tive vontade de foder uma professora de uniforme, eu dei um sorriso safado e disse: Passa a mão no uniforme então para você sentir o tecido, ele já colocou a mão, passou pelas pernas, colocou por dentro da coxa, deu uma apertada e depois passou os dedos no meio das minhas pernas, encheu a mão no meu bucetão e lá ficou, eu já com tesão, me contrai toda e disse: "Assim gozo aqui no carro", ele falou que queria me levar a um determinado motel, que era perto, para não perdemos tempo.

Eu disse que naquele impossível, pois um funcionário da escola morava ao lado e poderia me ver. Ai ele disse só se formos para uma casa que tenho que esta para alugar, me disse aonde ficava e eu topei. Era uma casa, com um portão alto de madeira e automático, ou seja mais privativo, nem bem parou o carro, ele e eu já saímos, ele já foi me agarrando e puxando meu corpo contra o dele, o safado já estava de pau duro e bem duro por sinal, me virou de costas para ele e me prensando contra porta do carro, começou a me encoxar, depois ele me pegou no colo e me colocou em cima do capo do carro e encaixou em mim, esfregando o pau duro, veio me beijar mas eu não quis e dei o pescoço pra ele, enquanto isso fui desabotoando a camisa dele e passando a mão nos peito dele, dai enquanto ele me encoxava de frente eu fui lamber os peitos dele. Ele me puxou pelo braço e falou vem sua puta gostosa, entramos na casa, subimos a escada e num dos quartos tinha um colchonete no chão e uma cadeira, ele foi tirando a minha roupa e admirando cada parte do meu corpo, me deixou só de calcinha e a camiseta super colada, e confesso que justamente naquele dia estava de sutiã meia-taça, os bicões dos meus peitos já estavam para fora do sutiã e pareciam querer furar o tecido da camiseta .

Ele já veio com o pau para fora, já foi querendo me comer e eu claro perguntei da camisinha, ele disse que não tinha, ai eu disse que não rolava, ele pediu por favor de tudo que foi forma, mas não aceitei. Mas disse se quiser pode foder as minhas coxas, fiquei de costas pra ele e falei, enfia entre minhas coxas, ele veio encaixou e ficou enfiando, eu apertava bem as coxas uma contra a outra pra deixar ele mais espremido, o pau dele atravessava a minha coxa e eu ficava vendo a cabeça do pau aparecendo e sumindo entre minhas pernas. Nós dois gemíamos. Ele ainda tentou a afastar a minha calcinha uma hora e me comer, mas não deixei, sem camisinha não rola, eu casada, risco de doença e engravidar, e como explicar depois uma possível gravidez, meu marido sendo vasectomizado e eu estar sem tomar anticoncepcional por uns dias.

Ai acho que ele viu que eu não ia ceder e ficou elogiando minha bunda, dando uns tapas nelas, abrindo e fechando. Depois começou a apertar meus peitos, e aos poucos foi levantando minha camiseta, levantou toda e tirou meu sutiã, dai começou a pegar gostoso nos meus peitos. Passou um tempo e ele disse que queria lambuzar meus peitos, eu perguntei se já e ele disse que sim, virei rapidamente, ajoelhei na frente dele, disse para ele por o pau dele entre meus peitos e apertei um contra o outro e dize goza neles, nisso ele deu a primeira gozada melando meu peito direito, depois acertou um no meu rosto, dai abri a minha boca e falei “goza nela”, dai ele deu mais duas esguichadas e colocou dentro da minha boca, fiz um belo oral pra ele até ele sossegar.

Fomos tomar um banho e lá depois de um tempo em baixo do chuveiro, começamos a nos curtir novamente, começamos a nos chupar, primeiro ele se agachou e mamou meus peitões, depois foi minha vez de agachar e mamar a rola dele, o tesão voltou com força, ele queria me penetrar de qualquer jeito, confesso que queria levar rola, mas sem camisinha não ia rolar, ai ele lembrou que tinha uma farmácia na esquina da casa a menos de 300 metros e lembrou também que tinha o telefone de lá e pediu algumas camisinhas e um KY gel, já imaginaram né o que ele queria, kkkk.

O rapaz da farmácia logo chegou ele colocou só a calça e desceu, esperei ela na cama de bunda para cima, só para provocar, ele safado chegou dizendo: "Sabe que vou socar rola nesse seu cusão né?, esse KY gel, foi proposital." ele colocou rápido a camisinha, me deixou de 4 e começou a alisar meu bundão e foi dizendo: "que bundão é esse, que bucetão e que cusão, pelo que estou vendo ambos já levaram muita rola, e acredito que não é a do corninho do seu marido". Eu só sorri e ele foi pondo a rola na minha buceta.

Quando a rola foi entrando, ele foi pirando e dizendo assim: " que bucetão inchado e quente é esse, caralho, que bucetão gostoso da porra, você tem Ale, é muito para um corninho só mesmo foder". E eu já doida de tesão, dizia, vai seu filho da puta, safado, tanto fez que esta fodendo a professorinha do seu filho, soca a rola sem dó nesse meu bucetão de puta casada, e ele pirou e disse: "caralho Ale, como você é uma puta gostosa, como engole uma rola com essa buceta, a minha vontade era encher de porra esse seu bucetão, mas fala para mim, Ale, outros machos já te foderam né, depois de casada?". Eu disse sim, alguns.

E ele começou a socar mais forte e logo tirou a rola de dentro e tirando a camisinha gozou tudo em cima da minha bunda e costas. descansamos um pouco e ele queria meu cu, disse a ele que tínhamos , menos de 1 hora . Ele mandou eu chupar a rola dele e deixar ela pronta, colocando a camisinha nele com a minha boca, fiquei de 4 e disse que nem precisava de KY gel, só socar a rola para dentro. Ele encostou aquela cabeçona da rola no meu cu e foi forçando, a rola dele era normal mas, bem cabeçuda, forçou um pouco, e logo a cabeçona da rola dele saltou para dentro do meu cu, e após algumas bombadas, lá estava a rola dele toda dentro do meu cu, eu para deixar ele mais louco, dava aquelas apertadas no pau dele, contraindo meu ânus.

Ele pirou e começou a dizer: "Caralhoooo, Puta que pariu, sua puta do caralho, que cu é esse, você é uma safada, sem vergonha, não nega fogo, uma puta de verdade,logo na primeira foda, liberando geral, pode ter certeza que vou te foder mais vezes sua safada, Vou fazer todos os pais de seus alunos te foderem tbem. Será a alegria dos pais Ale, sua puta do caralho, vai sua puta safada, abre esse cusão." Logo depois ele começou a se contrair e disse que iria gozar e mais uma vez quis que eu bebesse, ele tirou a camisinha e eu bebi.

Nos levantamos, tomamos um banho e ele me deixou numa quadra antes da minha casa, ele entrou no estacionamento de um supermercado eu desci e sai pelo supermercado, cerca de 30 minutos depois meu marido e meu filho chegaram. Eu já tinha tomado outro banho, e vestido meu pijama, meu marido entrou no quarto e eu disse que iria dormir, pois estava muito cansada e com dor de cabeça, kkkk. Mas na verdade a cabeça que deveria estar doendo era a dele, kkkk

Espero que tenham gostado, se puder comentem dizendo o que acharam e se quiserem conversar mais, meu email e skype é: [email protected]


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive Professorinha sem Pudor a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
11/12/2019 20:39:54
Minha esposa também é uma professorinha tão safada quanto você adorei nota 10
07/10/2019 23:56:06
Te adicionei no Skype ale... bjs
07/10/2019 23:55:14
Adorei seu conto.... que professora deliciosa que você é! Erico
16/09/2019 11:36:47
Adorei q delícia de conto
13/09/2019 10:20:00
Minha linda, gostei do teu conto. Lendo, tive a impressão de ver você praticando tudo que conta com esse pai de aluno. Sou tua colega e também já percebi olhares de desejo em vários pais dos meus alunos. Só não tive coragem de levar adiante. A parte do anal foi mesmo bem excitante, prática que eu também adoro. Nota máxima pra ti... Venha dar uma lida nos meus. Beijinhos e sucessos...
12/09/2019 14:02:25
Ale adorei seu conto, você deve ser uma delícia, safada... Bjussss
12/09/2019 06:38:47
10
11/09/2019 19:47:34
Obrigado a todos pelos comentários, quem quiser, pode me adicionar no Skype, no email que esta no conto. Bjos
11/09/2019 11:12:58
Que delícia de conto adorei
11/09/2019 09:04:26
Que delícia de conto adorei
11/09/2019 08:51:29
Delícia!! Verdade...já desejei várias professoras... Aquelas coxas nas calças justas são demais!!! Bjs.
11/09/2019 07:42:55
Muito bom Ale.Excelente
11/09/2019 07:32:15
Tesao demais, delicia.
11/09/2019 03:50:07
És uma deusa maravilhosa demais, o tipo de gata que adoro demais. Teu marido tem muita sorte, pois ser corninho é uma delícia. Leia as minhas aventuras. Eis meu e-mail: Beijos imensos.
11/09/2019 00:26:52
Vc parece uma mulher que sabe aproveitar a vida.... se quiser me escrever. email
10/09/2019 23:52:48
Aí sim professora rsrsr ótimo conto...
10/09/2019 23:42:45
Que tesão vc descreve...me escreva
10/09/2019 23:37:05
Excelente professora e de levar rola rsrs
10/09/2019 22:38:54
Lindo conto adorei
10/09/2019 22:33:23
Ale, simplesmente demais.. quando fala nos seios volumosos, grandes fico enlouquecido. Muito safada a professorinha... Queria ver os teus peitoes... Beijos.....

Online porn video at mobile phone


ver as novinhas rebolando as bundas de fio dentauXvideo loira da camisa listrada vermelho com branco danda abucetacontos de incesto filho arma um sequestro pra mae rabudacars depau grande gosando ns cara de safadasxvideovidio pono com meninas pede u cabasu emganadaxvideos gays ponbas veiudasesposa do tio de leg contosxxx dalmata engatado no cu da velha safadaconto erotico corno na lua de melPenis flacido castrar contosgranfina caindo da sacolapornordoido iniciante em punhetascontos eroticos an American talenao sou gay dei o cu o caseiro minhs mulher contoadvogada bem casada rabuda em viagem de trabalho é seduzida e fode gostosoMeninas novinha engatada com cachorro e gosando gostoso em zofilia contos espiritual com.net padrasto contos eróticosXVídeos a comadre de vestido bem curtinho com a boca fica do lado de fora no ônibusxvdeo.velho punhetrirotravesti lari28grelao gg gosadas ptContos eroticos , o sobrinho do meu maridoconto eroticos gay estuprado na festasexo entre.lutadores perdeu auta da ocuzinho pro vencedor ver pornovocê vai realmente para o Quartel eu tava até 9:00 da manhã online qual foi tava no quartel mesmoxvideo se masturbando com muito desespero e rapidez com o clitorisinteada com madrasta lesbicas de shortinho verde v chegando de mancinhocomedor de mulher alheia nu apanhagorda bem rabuda sinturada novinhamenos viciada novinha molhada cracudos pornôContos eroticos gay o engraxateIsac -Hugo |Contos Eroticos zdorovsreda.rucontos da senhora analnegao cacete grosso preto vigilante comendo cu do cliente apos o expediente gosando dentro video amadoraniversario dele,entao dei minha buceta de presente.contos de incestoPorno contos incesto familia prazer total qualquer idademulheres relatando como e ser dominatrix20contos eroticos transei com meu filho gostosocunhadinha novinha pega cunhado pelado no quarto e fica louca querendo f****contos de noiva putinha corninho safado tito caralhudoNoviha cemtano no carahaoporno sem casaminhasnu onibos lotado os homens se revezaram para me fuder e passar a maofoto.de garotas tomando sol de costas de biquinis deitadasde cabelos castanhoscontos eroticos de fio terra de homem e homem heteromorena.gostisa.gosando.de.isguinxospaizito xvideoconto erotico sou casada e fui chantageada pelo meu patrao q me comeulevo esposa pra csa do amugo e dusse amigo e sua come pornomeu filho me faz de puta capitulo 8 e 9 relato eroticoconto erótico meu netoviciado em estrupa rabuda cu d negra gorda comtos eroticoincesto com meu vô contoscrente safada contosnovinhos erotizando de fio dental atoladomeninas de baby doll fazendo sexo anal e oral e babando no paucontos eiroticos leilaporntia gostar de dar buxeta gemerxoxotas em perigo cabaçoputa de 4 fudendo ganhado paimada na bundacontos reais casada com leite nos seioshistória e fotos sogra bêbada queria presente de aniversário dar o c* a vida amigos do genrocontos eroticos assediada pelo cunhadoConto erotico fui cagar na moitaXvideo entiada traído a mãe com o amante e gozando muitocontos eroticos minha esposa no forroEnteada fica sem calcinha e vai deitar mais o padrastogay jogando video game pelado sozinhocontos eróticos ai meu cuzinho tá rasgando seu pau é muito grossoContos wroticos raspei a xoxota da minha enteasprimeiro menage femininoporno em desenho popai comendo a olivia sem pedir idadeXvideo comeu o cu da sogra bu Cetonporno doido mesturbano ate gosa jato lesbicaconto erotico funk peladaflime porno mulher pegar o marido com outra furtapornocontos trai com o inquilinovídeos pornô de mulheres fazendo sexo com máquinas postiçaimagens de conto de peguei meu filho cheirando minhas cuecascontos eiroticos leilapornfui visitar minha inquilina e ela estava só de baby doll contos