Vida de um devasso enrustido - 2

Um conto erótico de Fred Fabbri
Categoria: Homossexual
Data: 09/09/2019 20:31:08
Nota 10.00

Olá galera, bom, gostei do feeback de vocês e agora vou contar pra vocês a continuação do meu caso com o Gabriel.

Eu esperei horas e horas pra que o gabriel marcasse da gente se ver de novo pra falar o que ele tanto tinha a dizer mas o menino sumiu do mapa, eu não ia dar o braço a torcer e também não o procurei. Até que dias depois encontrei com ele por acaso na saída da academia e ele veio todo brincalhão como sempre, com aquele sorriso lindo, todo suadinho... eu logo comecei a tremer na base só de ver aquele homem. E então ele disse: "- E aí amigo? sumiu, você não falou mais comigo, o que aconteceu?" Eu disse: "- Ué amigo, quem ficou de me procurar para conversar foi você.", ri para tentar disfarçar a tensão mas na verdade já dava pra ver só pela palidez e pelos tremores nas mãos que eu estava completamente sem chão. Ele riu e disse que ia treinar e que passava na minha casa mais tarde. Nem precisa dizer que eu fui voado pra casa, chegando encontrei a casa vazia e pensei "É hoje", meus pais tem um escritório de advocacia na cidade vizinha, onde eu trabalho também, liguei para minha mãe e inventei que não ia dar pra ir por que tinha treinado pesado demais e estava com dor de cabeça.

Entrei pro banho, tomei um banho delicioso, ao sair olhei minha bunda no espelho e comecei a passar um creme nela, modéstia parte minha bunda é muito bonita, lisinha, bem redondinha e grande sem exageros. Até hoje não vi nenhum "hétero" não cair nos encantos da minha raba. Me vesti com um short de academia e camiseta e fui pro sofá assistir alguma coisa enquanto o Gabriel não chegava. Até que ele me uma mensagem dizendo "to aqui". Sai correndo pra abrir o portão e dei de cara com ele, todo bonitinho, tomado banho (pensei que ele ia vir suado da academia), bem cheiroso e disse: "- Entra aí gabe."

Ele entrou e com um sorrisão disse: "- E aí, fred? tudo certo?". Sorri meio sem graça e disse: "- Tudo ótimo amigo, que bom que você veio, senta aqui no sofá comigo." Aí ele disse: "- Vou ter que sentar um pouco longe, vai que você resolve me agarrar". Deu uma risada alta mas comedida e se sentou na poltrona a frente do sofá. Olhei pra ele e o zoei: "- Eu? atacar? eu tô mais pra ser atacado". Ri novamente, tentando fingir que realmente estava tudo bem.

Só que dessa vez algo foi diferente, eu percebi que o pau dele marcava muito pesado no short que ele tava usando e comentei: "Tá sempre com essa barraca armada é?" Ele respondeu: - Não, só quando eu penso nessa sua raba gostosa, mas amigo, cê sabe que isso tem que ficar em segredo entre nós, não sabe? . Eu meio que levei um choque, o Homem dos meus sonhos, lindo, alto, gostoso falando que tava daquele jeito por minha causa? Eu quase não acreditei. Falei: "- Claro, principalmente por minha causa... mas me fala uma coisa? por que você foi embora aquele dia?" Ele disse: - Ah, eu não esperava que você ia me cantar, fiquei sem graça pô. Ri e falei: - Eu? eu não quero só te cantar como dar pra você o tanto que você quiser me comer. Ele olhou pra mim e me atacou, literalmente, me ATACOU, me deu um beijão, um beijo daqueles que você fica sem fôlego, sem chão e perde até o espaço do tempo e a gravidade. Ele começou a roçar o pau dele no meu corpo e eu senti que não seria nem um pouco fácil colocar aquilo na boca ou principalmente no meu cuzinho.

Nos beijamos bastante e ele começou a falar no meu ouvido: "- Seu viadinho, filho de papai, ta querendo dar pro gabriel né? sua putinha, vai sentir esse grossão aqui todo no seu cuzinho não vai?" Eu só assentia bem manhoso: "Vou, vou dar o meu cuzinho todinho pro Gabriel gostoso." Eu o empurrei e coloquei sentado no sofá, apertei aquela rola gostosa por cima do short fino e comecei a beijar, mordiscar e olhar pra cara dele que a essa altura já começava a fechar os olhos e suspirar forte. Ele levantou o quadril e com isso entendi o recado, puxei o shorts e pude ver aquele cacetão pular pra fora, não era enorme mas era de um belo tamanho mas vou contar pra vocês, pensa num pau tão grosso que chega a ser ignorante? pensaram? Era um tronco que sinceramente tem que ser guerreiro pra aguentar. Ele olhou bem no fundo dos meus olhos, sorriu de canto, mordeu o lábio e disse: - Não era isso que você queria sua putinha? mama vai. Comecei a sentir o cheiro daquele cacete, esfregar na minha cara, passar nos meus lábios, enfim... todo viado sabe o que é isso, quando a gente fica com um macho que a gente deseja a tanto tempo e finalmente consegue, é algo que é de outro mundo. Eu estava realizado e enfim comecei a chupar aquele cabeção, passei um bom tempo chupando, lambendo, pressionando o buraquinho da cabeça, gabriel a essa hora só gemia, falava uma série de xingamentos pelos dentes apertados, e apertava muito forte o couro do sofá, como se fosse rasgar. Então eu dei o golpe de mestre, falei: "- Se prepara." E comecei a engolir todo aquele caralho, ele parecia não acreditar que eu tava fazendo aquilo e dizia: "- Caralho fred, porra, mermão, tu engoliu tudo, engole mesmo sua puta, engole, baba no meu caralho sua piranha". Isso para mim era o maior incentivo engolia, tirava todo da garganta, engolia de novo e aquilo foi deixando aquele menino louco, ele foi ficando cada vez mais doido e me apertando, dando tapas na minha bunda, até que deu um tapa consideravelmente forte no meu rosto e começou a pedir desculpas. Falei pra ele: "- Tu não tá me chamando de putinha? de vadia e o escambal? então porra, me trata como a sua puta, nada de pedir desculpas, é pra esculachar." e voltei a mamar o caralhão dele, esse cara começou a foder tão forte minha boca que parecia que era um cu, parecia que queria arrombar completamente minha garganta, eu comecei a sufocar e aí ele falou: "- Ué? a putinha não aguenta?" e lascou outro tapa no meu rosto : "- Mama sua vadia mama que ta vindo leitinho grosso de whey pra você, sua piranha". Eu delirei ouvindo ele falar assim, sentia o caralho dele bater na minha garganta e queria mais, já tava todo lambuzado de baba e pré gozo e foi aí que sem avisar ele gozou uma porra tão grossa que parecia argamassa, sem exageros, era uma porra grossa, densa e muito gostosa, parecia algo de outro mundo. Engoli tudo e me senti realizado de chupar aquele cacete e ter tomado aquele leitinho tão gostoso. Depois que voltamos ao normal ele falou: "- Desculpa se eu machuquei você, é que eu me empolgo". Eu ri e falei: " - O meu recado eu já te dei, agora vaza daqui que meus pais não vão demorar a chegar". Ele protestou e disse: "- Não vou comer o cuzinho da minha putinha hoje?" Sorri e dei um beijo na testa dele, dizendo: " - Não, eu não vou secar essa fonte de porra, quero que você esteja bem carregado pra foder meu cu." Nos demos uns beijinhos e levei ele até a porta, sentei e pensei "UAU, eu realmente tive a sorte grande".

_______________________________________ Pessoal, peguem leve por que é meu primeiro conto rs Espero que tenham gostado desse, a história com o Gabriel ainda não acabou, ainda vai ficar muito interessante. Um beijo do fred.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
12/09/2019 01:26:24
Demais
11/09/2019 02:39:26
Continua pfvr esse tesão
MG
11/09/2019 01:17:14
Aguardando.
10/09/2019 12:25:33
conta mais
10/09/2019 12:25:16
muito tesão e esse jogo de luxúria e tentação
10/09/2019 01:06:04
Que delícia, adorei demais. Tua bunda deve ser fantástica.
09/09/2019 21:39:47
Muito bom rs... Continua logo mano!

Online porn video at mobile phone


Contos Afilhada batendo punheta para o padrinhocomendo o cu da nora - contos eróticoscontos eroticos denetas dando o seio eo grelo pro avô mamarhttp://www.casadoscontos.com.br/perfil/182713cinquentona brincando com pauzudo dentro do carroWESLLEYWEST-CASA DOS CONTOS EROTICOSSou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhacontos eroticos como eu virei puta de um velhoContos eroticos Gosto de pauzudo que mim esfole todaa vida de um mauricinho apaixonadoboquete bengala cabeçudo no buracoContos eroticos no sitio mas meu cunhado safadoSou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhayahoo dei pro meu sobrinho novinho sou casadaxxxvideos.com meninas dado .como cabacucontos de desmaiei na pica grande de meu irmão no meu cuf***** pelos peões da obra contos eróticos gaysfragei milha mulhe comegaopapai me tirou o cabaçocontos eróticos vi escondido minha mulher me traindo com dotadosporno doido extaziadas de prazercontos eróticos gay no hotel dei cu para meu sogro viadoa tatuagem na bucitacontos rapais e o pecado da sogra que se apaixonoucontos eroticos de amamentaçãotraveco tenta fuji do negrogrelao entrando contosSou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhameus amigos me comiamxmaster encoxando com gosoXvideos com icrivel ruguiforçamos ele a dar conto gaypadre viadotrocando com outrocontos eróticos meninas de 23 anos transando com cachorro com calcinha preta com lacinho vermelhosexo a 3 casal liberal chama amiga de chortinhocontos de sexo raspei minha bucetaprivate relatos eroticos tiro saiu pela culatraprono medico tira vigidade ñovihasexo anal hAaaaaconto erotico casada caseiro negroContos escrava submissa humilhadaputa no hoteldo bucetao loca de tesaomao no cuxvidioscontos eiroticos leilaporncomendo as coroasde shortinhoxvideoviu a irma de fiu dentau e fucuo de pau durofinalmente achei o video da minha irma xvideosconto erotico gay macho dominador gosta de maltratar viadocontoseroticos/comadre rabudavídeo de mulher vídeo de mulher grande e bonito botou no abrigo da calça do homem botando o pênis pequeno dentro para fora e masturbando até gozargostosa a primeira vez com um pau gigante enorme e grosso jato farto de porraconto pornô fazendo o lek de mulherbaixar vidios de menina virgens sendo descabasada chorandoxvvidios so negaisWww.xvideo homem goza dentro da nininha muito novinhacazro goozando juntospendi pra tranza com minha tiaporn diario de leticiamulher nåo rresiste encochada e fica louca de tesaocontos eroticos gays virei putinha de variosxxvideosnovinha aprendendo achuparesposa de fio dental enterrado no eo amante arebenta.o cu dela.e corno olhandocontos eroticos no rodeioporbodoido ledbicacrente e vizinho cassetudo conto eroticocontos esfolei o anus da mamae bebadaconto de sexominha tranza com o aluno do meu maridomulata baixinha muito gostosa arretada na zoofiliatravestis peitudas e dotadas rasga cu da mulheres dos peitos gigantesabaxa vidio porno de tio fudeno supria só nucu da safadaas coxas da minha mâe contos eroticosmulher daperreca piquininihaPorn conntos erotico pastor fode a esposa do obreiroomulher descuidou d calcinha e foi enrrabada pelo desconhçidoxvideo se masturbando com muito desespero e rapidez com o clitorisminha esposa pediu dupla penetraçaocontos eroticos