Eu te amei Thyago...

Um conto erótico de Peh
Categoria: Homossexual
Data: 13/08/2019 19:58:48
Nota 9.00

Ola pessoal me chamo Luan tenho 19 anos e esse é meu primeiro conto aqui, eu consideraria esse conto como um pequeno desabafo ou uma mini biografia, pois é uma passagem na minha vida que foi muito turbulenta e se eu soubesse que ela terminaria dessa forma eu jamais teria começado.

Entao essa historia eu irei ser mais detalhista possivel a putaria pode até ficar em segundo plano mais eu acho que agora eu estou melhor e capaz de relembrar essa historia e de abrir ela pra vocês. Pode até parecer historia de filme ou uma história falsa mas infelizmente isso tudo foi verdade e aconteceu quando eu tinha 16 anos de idade e ele 17.

Alguns podem considerar a historia um pouco longa e chata no começo, mais é que eu sou iniciante nisso de escrever então desculpa

******

EU TE AMEI COM TODAS AS MINHAS FORÇAS - Parte I

Eu sempre fui um garoto muito “namorador” e galinha tbm, nunca quis namorar ninguém, só queria mesmo ficar, na minha adolecencia eu tinha uma meta que hoje eu percebo que era até um pouco IDIOTA que erq de pegar pelo menos 5 meninas diferentes por mês, e eu sempre co seguia bater essa meta ou as vezes pegava até mais do que 5, eu descobri no começo da minha adolescência uma atração por garotos também, embora não demonstrasse, eu sempre fui louco em uns garotos da minha escola porem eu queria era comer eles era louco na bundinha deles, até então não entendia o que era aquilo, também não considerava uma bissexualidade, porém eu nunca levei jeito pra me aproximar de garotos, eu era um garoto muito bonito cabelo liso castanho escuro penteado pra esquerda jogado um pouco sobre a testa, voz bem grave igual a do meu pai, ombros largos barriga sequinha peitoral definido 1,78 de altura pois eu puxei mais ao meu pai, e era o garoto muito atraente, e sempre era as meninas que andavam atrás de mim, sempre se ofereciam pra mim e eu nunca despensei nenhuma, todas as amigas da minha irmã eu ja tinha passado o rodo e ja tinha até transado com algumas a muito tempo (a minha primeira vez foi sexo a três eu e meu melhor amigo tinhamos transado com uma amiga da minha irmã), então esse meu lado pegador não era com intensão de competir com alguém ou pra ganhar essa fama era mais por diversão, eu era louco pra comer um garoto la da minha escola ele era lindo sempre que eu via ele parece q minha alma saia do meu corpo de tão nervoso q eu ficava.

Eu sou o segundo de 5 irmãos, meu pai e minha mãe se conheceram muito cedo, e também em meio a um drama da minha mãe, minha mãe não é brasileira, ela nasceu no Equador e veio pro Brasil fugida pra não morrer, a família da minha mãe tinha muitas terras no Equador e tinha muita rivalidade entre outras pessoas mais ambiciosas com interesse nas terras então uma tarde invadiram a casa uma espécie de sítio em que eles moravam e assassinaram o pai a mãe os irmãos a empregada e a vizinha com os filhos dela pois todos se encontravam na casa, não pouparam nem a irmã caçula da minha mãe que na época tinha 3 anos de idade, minha mãe foi a única que conseguiu escapar pois ela estava na cozinha e conseguiu correr a tempo de se esconder na mata, ela teve ajuda depois de alguns amigos da familia que a mandaram para o Brasil onde ela tinha um irmão mais velho morando em São Paulo onde ela conheceu meu pai ainda bem jovem com uns 17 anos os dois, e então quando ela engravidou do meu pai eles vieram para a terra natal do meu pai em outro estado, que mais tarde ele abriu um bar que lhe rendeu muitas coisas, o bar hoje é o mais frequentado da cidade todo tipo de gente vem aqui, todo final de semana aqui a rua fica lotada e por eu ficar no bar com o meu pai eu conhecia muitas garotas também e ficava com muitas.

Meu pai continua com a alma de um adolecente (ele ainda é um homem jovem) ele é parceiro de todos os meus amigos e do meu irmão mais velho, ele parece que tem a nossa idade quando ta no meio da garotada, ele leva a gente pra pescar, da aqueles conselhos sobre mulher, meus amigos tem uma amizade legal com meu pai, ele é muito parecido com o The Rock o Dwayne Jhonson, ele tem 2 metros de altura todo bombadão devido a academia que ele pega pesado e se dedica bastante ele sempre foi muito atletico desde jovem e mantem isso até hoje.

Bem eu estava no primeiro ano do ensino médio quando ele apareceu na minha vida o nome dele era Thyago 17 anos e ele não havia sido criado aqui ele vivia em Minas Gerais com os avós dele porém os pais e os irmãos dele moravam aqui na cidade, ele tinha mais dois irmãos um garoto de 14 e uma irmã de 20, bem sabe como é cidade pequena quando ele chegou com aquele sotaque todo mundo achou estranho pois era algo q não se via todo dia, (quando eles descobriram que minha mãe era de outro pais todo mundo queria ver a minha mãe falando) ele era um garoto lindo ele tinha o corpo bem definido pois ele ia a academia porem era so musculo ele não tinha tanta massa ele era branquinho parece que nunca tinha visto sol na vida cabelo loiro cortados na maquina um dos lados e encima era mais comprido o corte dele era igual ao meu so que o cabelo dele era um pouco maior e cobria um pouco o olho esquerdo, olhos castanhos nariz perfeito e ainda por cima sabia cantar, a familia dele era toda assim, menos a mãe dele que tinha o cabelo preto,.

Bem o Thyago foi se enturmando com todos da sala até comigo e como eu defino a nossa classe parecia uma grande show de comedia, a escolinha do professor Raimundo, la não existia isso de sofre com o bullying não, la as pessoas combatiam bullying com mais bullying, nós eramos pessoas unidas ninguém tinha essa de rivalidade com ninguém não, poderiamos brigar e sair na porrada igual ja aconteceu comigo pois eu era muito brigão e não levava desaforo pra casa mais com certeza 2 minutos depois ja estávamos de boa como se nada estivesse acontecido.

Os dias foram passando ate chegar um dia em que ia ser realizado na escola uma espécie de feira de ciências e a turma inteira foi dividida em 3 equipes e acabou que Thyago ficou na mesma equipe que eu, uma equipe de 10 pessoas, já que nós sentávamos próximo, marcamos de iniciar o trabalho na casa da líder que era proximo da escola, marcamos para o sabado seguinte pela manhã, cheguei la fizemos a primeira reunião da equipe fizemos algumas coisas e fomos embora Thyago estava de moto uma Broz preta e perguntou se eu queria uma carona e eu falei que sim, ele me levou até em casa e quando eu desci da moto ele se despediu de mim com um abraço, eu achei aquilo estranho pois aqui onde moramos não temos o costume de abraçar só abraçamos alguem da família e não é so eu não, é todo mundo, ele me deu um abraço de carinho por isso que eu estranhei aquele rapaz todo marrento demonstrando carinho por outro homem, mas ate ai eu achei normal.

No fim de semana seguinte eu iria pra casa de uma amiga da escola que eu ja tinha até pegado ela mas ai nós continuamos amigos, então eu peguei a moto do meu pai e fui pois ela morava no interior (na zona rural). Então eu fui cheguei la pro almoço o irmão dele era meu parceiro de futebol nós éramos muito amigos e depois de um tempo fomos para o campo improvisado que tinha lá, por incrível que pareça Thyago tambem estava lá só que na casa de um outro amigo dele eu só vi ele quando estavamos indo para o campo, ele me viu e falou comigo jogamos bola por um tempo eu ele o garoto que andava com ele e o irmão da minha amiga, até que fomo embora e depois ele me chamou para conversar e disse que era em particular, próximo ao campo tinha uma casa abandonada, ela foi construída e não foi terminada então não tinha piso e nem reboco, e era cheio de tijolos quebrados no chão inteiro, ele me levou pra la enquanto os garotos foram embora, eu achei aquilo estranho o que de tão importante seria, quando chegamos na casa abandonada ele se virou pra mim e disse.

Cara tem uma coisa que eu quero te falar desde a primeira vez que eu te vi.

Aquela fala ja me deixou ainda mais curioso, nem me passava pela cabeça o que seria.

Pois fala ai rapaz, pode dizer

É que eu gosto de você.

Naquele momento eu saquei tudo, e aquilo me irritou um pouco, eu queria quebrar a cara dele ali mesmo.

Vai tomar no cu!! Tu ta ficando é louco pow. Tu ja me viu ficar com homem alguma vez?

Não precisa ficar com raiva não, é que quando eu te vi com esse teu jeitão muleque eu fiquei balançado por você. Falou ele confuso.

Sei lá, mais ter outro homem me assediando era um pouco desconfortável pra mim, eu nunca tive jeito nem pra assediar um garoto, imagina de ser assediado.

Tu ta gostando de mim é? - Perguntei a ele.

Tô sim, mais ninguém pode saber não.

E o que você quer fazer com isso, tu quer dar o cu pra mim?

Não, é eu precisava te falar isso, eu so fico pensando em você.

E então como é que fica rapaz?

Não sei que tal nós ficar uma vez pra ver o que pode rolar?

Cara eu não sei, esse negocio é novo pra mim, eu sempre quis fuder um cuzinho mas isso é estranho pra mim, mas tu é gay?

Sei lá, eu gosto de buceta, mas com você foi diferente, eu nunca senti atração por menino nenhum na minha vida mas quando eu te vi eu não sei mais o que foi que aconteceu comigo, eu te vi e agora eu quero ficar perto de você.

Tu ta apaixonado por mim? Cara?

Eu não sei, eu só sei que eu ja não me conheço mais depois que eu te vi.

Depois de toda aquela declaração eu pensei que ele queria era dar pra mim, e eu que ja tinha vontade de estourar um cuzinho achei que o universo tinha jogado ele no meu colo; ele se aproximou de mim (tenho que admitir que o garoto tinha pegada) e tentou me beijar, eu era um pouco receoso em relação a isso, por isso eu não quis no começo, mas eu abracei ele e fiquei alisando a bunda dele e sarrando meu pau nele meio sem jeito, ele também não gostou e quis parar, aquilo nao agradava nem um nem outro então decidimos conversar primeiro.

Cara que coisa estranha isso. Falei eu meio sem jeito.

É verdade cara.

Eu sempre quis saber como era comer um cu mas parece que deve dar trabalho. Falei sorrindo.

Como assim comer um cu?? Falou ele assustado.

Ué cara, o que noa ia fazer aqui não era fuder não? tu chega ai falando um monte de coisa sobre gostar de mim.

Não eu não ia dar pra você não.

A minha vontade era de quebrar a cara dele ali mesmo, ele so me disse que também era ativo na hora da foda, que ele propôs aliás.

Tu queria era comer meu cu? Tu ta é louco. Eu não gosto disso não.

Mais espera a gente pode conversar sobre isso, é que talve tu não me entendeu bem, é qur eu queria ficar hoje com voce e se voce não quiser tudo bem.

Ele pôs o pau pra fora, meu Deus aquilo não era um ser humano não, até hoje eu me lembro a primeira vez que eu vi o pau dele, eu nunca cheguei a medir o pau dele, mas com certeza devia medir mais de 20cm porque o meu pau tem 19cm e o dele era muito maior que o meu, era grosso todo branquinho meio rosado do meio até a cabeça era reto o saco era grandão o rosado, o penis dele era completamente desproporcional para o corpo nem parecia e nem fazia aquele volume todo, ele tinha vocação para ator porno eu falava isso pra ele as vezes.

Tu ta doido cara, que cacete é esse ai rapaz. Falei chocado.

Desculpa, se assustou. Falou rindo.

Tu é doido parece de ator porno, meu deus.

Eu não mostro pra ninguém, tu é a primeira pessoa que ver meu pau assim. E ele ta assim é por você vem cá.

Fui em direção a ele e ele mandou eu pegar o pau dele, eu peguei e comecei a punhetar, quando eu peguei naquilo algo estranho aconteceu, eu não sabia o que mais o tesão começou a surgir, ele pediu pra ver o meu pau, e quando ele viu também ficou impressionado pq o meu era grande 19cm muito grosso e veiudo e cabeçudo arrombava qualquer cuzinho, e ele logo chupou meu pau quando eu senti aquilo eu já não queria saber mais de nada, nem as minhas ficantes chupava daquele jeito, e olha que era a primeira vez dele, nossa o tesão era tanto que nem demorei a gozar. Ele se levantou e me abraçou e passava a mão na minha bunda e disse.

E ai, vai encarar

Eu posso tentar mais vai doer, tu ta é louco.

Eu vou fazer devagarinho, não te preocupa.

Mais só não faz uma coisa, eu não quero que tu passe a lingua no meu cu.

Mais porque? Pq eu nao gosto disso.

Mais tu ja fez?

Não mais eu nunca senti tesão nessas coisas, chupar um cuzinho e uma buceta é comigo mesmo, mais essas coisas de lingua e dedo no cu eu não gosto.

Tá bom.

Ele me levou e ficou caçando um outro comodo da casa ele me levou para um quarto mais quando nós entramos tinha um monte de aranha caranguejeiras em uma pilha de telhas que estavam lá, então ele me levou para um banheiro só que não tinha nada no banheiro o chão era so tijolo quebrado.

Ele me levou pro pé da janela que tava fechada mandou eu apoiar as mãos nela, cuspiu no pau dele e empurrou, nossa que dor maldita, parecia que eu ia morrer, eu mandei ele parar e ele parou um pouco e pediu pra ver meu cu, quando ele viu ele cuspiu nos dedos e passou no meu cu, nossa aquilo foi um extinto do meu corpo eu na mesma hora meti um murro na cara dele, essa foi uma atitude involuntária eu realmente nao iria bater nele, foi uma coisa que quando eu vi ja tinha feito.

Desculpa Thyago, eu não queria fazer isso pow.

Tu ta louco cara, eu não te fiz nada.

Eu te falei que não era pra tu cuspir meu cu.

É que eu queria ver o que tu ia falar se eu fizesse isso.

Eu olhei o rosto dele o olho dele inchou na mesma hora e ficou vermelho bem no lado esquerdo do rosto.

Me desculpa não foi por que eu quis, eu não sou de ficar batendo nas pessoas não.

Ta bom. Mais eu ainda vou te comer, vira ai pra mim.

Me senti um pouco na obrigação de fazer isso então me virei pra ele e ele mandou ver de novo, so que ele tinha uma camisinha na carteira dele e tinha colocado dessa vez, ele colocou mais eu disse pra ele não colocar tudo pq aquilo ia arrebentar minha bunda, eu so sentia dor, eu não consegui sentir prazer nem depois que ele colocou dentro, eu só sentia aquela coisa incomoda entrando e saindo bem devagar de dentro de mim, o pau nem ficava duro, naquela hora eu tive certeza que não tinha vocação pra dar o cu, eu estava fazendo aquilo ali mais por ele, porque talvez ele me daria o cu também, e também eu estava com curiosidade, ele metia super devagar, pois doia bastante, ele suava de tesão que só ele sentia, ele pediu pra mudar de posição mais eu disse que não e ficamos naquela foda ali até que ele gozou, ele pediu pra gozar na minha cara, eu falei que se ele fizesse isso eu iria bater bele de novo e sem pena, ele gozou ali mesmo no chão e depois ainda pelado ele me abraçou e me beijou na bochecha, eu não sei mais depois daquele beijo eu senti algo diferente por ele, eu quis retribuir a ele, eu encochei ele na parede e comecei a beijar ele loucamente, mais ai depois que o tesão do beijo baixou nos fomos embora, mais quando iamos saindo por onde entramos pelos fundos da casa abandonada no mesmo instante estava entrando uma mulher que se chegasse poucos minutos antes nos pegaria no flagra, ela era usuária de drogas, ela provavelmente iria ali pra poder fumar, eu me lembro como se fosse hoje, ela estava com uma camisa do flamengo e um short jeans muito antigo, ela ja era conhecida por ali ela andava en todas as festas que tinha na cidade, toda suja devido ela ser usuária, ela vinha com algo numa sacola e quando viu a gente nos cumprimentou e disse que ela ia ficar um pouco louca, provavelmente ela ja estava delirando, só que o pior estava por vir…

Continua…

Desculpa não detalhar muito a nossa foda, pois a foda principal não é essa, e também foi algo muito ruim pra mim que não gostei nada.

Conto com vocês no proximo conto.


Este conto recebeu 0 estrelas
Estamos testando um novo formato de votação. O ranqueamento será feito não mais pela média, mas apenas pela soma das notas oferecidas. As notas também serão apenas de uma, duas ou três estrelas. Isso deve evitar que haja quedas repentinas do ranking por conta de ataques por alguém que queira manipular os resultados. Se tiverem dúvidas, .

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.

Online porn video at mobile phone


vídeo de pornô senta na minha pica rebola DodôXvideos amacei o pau com foçaxvideo fudir uma gatinhar manhosamarido esposa hormonios femininos dedos no cu conto eroticosogra fagar gero de pau duropornô com duas vinha beijadoo pai dançandocontos eroticos minha nao cabia aqela pica eu era muito novinha mais deixei ele mt tdinhaconto erotico gay na saida do bar de madrugada um travesti me estuprouconto erotico gay meu dono dei meu cu de presente de aniversarioconto erótico Levei minha mulher na pescaria da perdiçãoRemedio caseiro tirar mancha verilha butetanovinha deixou o tii passar a mao na bucetinha em troca de dinheiromassagem na mamae bunduda contosgordinha bem feitinha abrindo a buceta pra o namorado chupar conto eroticos esposa era certinhamulher branca nua com marquinha e boboletinha na bundacontos eroticos ninfeta curradaconto erotico gay macho dominador gosta de maltratar viadositoriha de dezeio de sexomaridinho chupou minha bucetacontos mamei nos seios bicudos da negrameu cu sexo lampeno o meu peitoxvideo dp descabasandonovinha chupando oadrsto x viComo rankar um cabaco de uma gostosaO dinha que comi o cu da minhA mae bebAda contos,fudendo a vizinha que emprestei o dinheirocomo fui inicianda no menage masculinoVidio porno sondei minha visinha de causinha caseroxividio vo xoragordinha griluda seno curiada pelo padrasto no banhoMarido marido entertido assistindo o jogo e mulher transa com outroentilhada nao resti opadasto tomano banho di pau duro I trazol comeleBaix porno emprensando na paredenabuceta vcaguentar amorpornota doendo gosa logoo garoto rabudo e onegao contosnovinha indecente nao aquento me ver so de cueca pornocontos erotico chantagem e submissão de casal novinhoela pelada nua mostrando a b***** b***** mulher pelada nua senão tabaca vocês vão sair de ser por nós no parágrafopeguei me filmando e pus pra mamar gaymassage nela e na buceta da nifestihagostosas chupando barman na festarabuda na garupa da moto o vesdidinho sobi e mostra a caucinhacontos eu adoro me exibirComendo a garotinha contos eriticocomtos eroticos negao e patricinhasoquei a rola na sogra contonora da bobera e leva rolaxxx videos porno irmao fudendo a irma a foca e igravidando elamulher bundona camsola curtinha trepand pornodoidoGozada na buceta contocontos erotico gay dedo cu peludo do voxvideos comedo uma mele buchudaXividios .com brincano delutar com o irmaotateando y coletivo xvideomim obrigaram a comer minha mae contos eroticomulher dos peito grande mostrando a polpa da bunda da colchões peitão só de sutiãmendiga da o botãozinho por causa de dinheiro XVídeosrebentei a buceta da minha sogra gordinha e loira no banhieiromulher magra casada de baby doll em casa querendo dar para outra pessoa XVídeoXVídeos apavorou nua bêbada dormindo em cima da cama semwww.xvideod.com estourando o cu da filha des malhada e gritando muito de dro no cuempragada safada ve menino na punhetamulher beijando a mulher na boca pelada no titubeargostosaginecologistaContos erotico mae bucetuda tias e filho casetudo de sungapadrasto enteada falei de sexo brasileirocracuda sapecawww.meu vizinho negao me estuprou mundobicha.comandando bem devagarinho E aproveitando que minha irmã está pelad bota pau no cu dela YouTubeo tarado do negao quis enfiar no meu olho enrugadoporbodoido padrasto come e. a mae pega no fragasexo novinha inocente fez contrato mais nao sabia que ia transar com um pirocudo e fica assustadacontos eróticos menina se abrigou da chuva e foi fudida pelo cãoBrasileira recatada dando o cu de vestidinho é gemendo me fode calcinha vermelhapornodoido travesti do brasil dano leite fartocontos de novinhas sendo fudidas com sadomasoquismo pela primeira vez um sexo agressivo pra estimularrevistinha em quadrinho de filho estrupando sua mae no banhomaei depilando pau do filho e nao aguenta baicha aboca chupando e setando abuseta ensimaPordoda aminha vida eu esperareivideo porno estupraram minha namorada e ela gostoulek que gosta de chupar pauhttp://animais gozando na busetas d mulheres d correr porraassistir assistir vídeo pornô da Lucineide a gordinha gostosa de shortinho curtinhovideos de sexo gay borracheiro mundobicha