Trepando com Papai dentro do Carro

Depois de uma noite de raios, trovoadas e queda da energia elétrica… E de ter sido comida pelo meu pai enquanto minha mãe dormia ao nosso lado na mesma cama, que pertencia ao casal, acordei na manhã seguinte e do meu quarto ouvia uma discussão entre meus pais. "Fodeu! Ela descobriu", pensei.

Minha mãe reclamou que papai dormiu sem tomar banho e estava fedendo e emporcalhando a roupa de cama.

— Você saiu com alguma vagabunda, né? Depois veio com a desculpa de estar preso no alagamento.

Meu pai contornou a situação com sua lábia, como de costume. E minha mãe deu uma rapidinha com ele, mesmo o homem estando com odores estranhos; isso também era costume. Fiquei aliviada por não ter sobrado pra mim.

Horas mais tarde estava no colégio e fui repreendida seguidamente pelos professores por causa da minha falta de atenção; ainda estava viajando na loucura daquela transa durante a noite, e nos orgasmos mágicos que senti.

Depois das aulas voltei pra casa e fiquei ao celular com uma amiga de confiança até o anoitecer. Puta merda! Minha mãe chegou. Levei um esporro, pois ainda nem tinha tirado o uniforme do colégio e esqueci de escolher e colocar o feijão de molho. Ela mandou que eu fosse correndo ao mercadinho para comprar queijo e presunto, faria um risoto para o jantar.

Papai chegou quando eu estava no portão e nem entrou em casa ao saber aonde eu iria, disse que me daria uma carona. Chegou em um carro batido que comprou, depois mandaria fazer reparos e revenderia obtendo lucro. Ele vivia desses lances, não tinha um emprego convencional.

Saí com papai. Falou que me deixaria em frente ao comércio e depois guardaria o carro em um estacionamento — em casa só havia duas vagas e já estavam ocupadas. No entanto, o sem noção passou direto pelo mercado, explicou que voltaria comigo para as comprinhas. Não achei ruim, porém, fiquei apreensiva quando ele conduziu o veículo até o fundão escuro do estacionamento. No mesmo instante começou com putaria puxando-me em um beijo sem ao menos falar nada da noite anterior ou perguntar se eu estava a fim.

Depois o safado, usando o seu físico avantajado, posicionou-me deitada no banco, com a cabeça virada para a porta e as pernas erguidas a noventa graus, retirou minha calcinha e caiu de boca na minha boceta. Não conseguia nem raciocinar com a intensidade das suas investidas. Na sequência fui puxada pra cima dele, sentada em seu pau. O pervertido enterrou aquela vara na minha boceta como se eu fosse uma vadia qualquer… Caraca! Fiquei até sem fôlego, parecia que aquela coisa não tinha fim, acho que subiu até minha garganta. Ele segurou em meus sovacos e fez-me subir e descer com cada vez mais brutalidade, urrando no compasso das batidas que minha bunda davam em suas pernas.

Tive minha parcela de culpa naquela perversão, pois deixei que fizesse de mim uma marionete. Fui submissa curtindo e gozando de montão. Não me arrependo, em razão de ter sido demais quando ele ejaculou dentro de mim quase me matando de prazer. Nem pensei em gravidez, apenas saboreei cada pulsar do seu pau em meu corpo e degustei toda aquela adrenalina.

Ainda não tinha acabado, apesar de eu estar quase morta em seus braços. Com a mão esquerda em meu sovaco ele ergueu-me como uma boneca, com a direita ele pegou seu pau melado de porra e roçou em meu ânus forçando a entrada. Eu nem sabia mais onde estávamos e que poderia sofrer com uma dor imensa, eu só queria senti-lo dentro. Apoiei minhas mãos em seus ombros, abri minhas pernas o máximo que consegui e com meu cu piscando de tesão o movimentei levemente sobre a cabeça do seu pau o sentindo invadir-me… Ahhh! Eu ia gritar a toda voz quando ele começou a rasgar meu buraquinho. Porém ele jogou-me no banco ao lado.

— Se arruma, Mila, tá vindo gente!

Ajeitei a minha saia do colégio que estava na altura da cintura e recompus minha camisa desabotoada antes que o homem da portaria parasse ao nosso lado. O moço disse que já estava fechando. Meu pai respondeu que iríamos em um minuto. O homem insistiu que tínhamos que sair de imediato e ficou nos observando com cara de poucos amigos até sairmos fora.

Fiquei morrendo de vergonha, aquele homem deve ter sacado tudo. Ainda por cima, a minha calcinha ficou no carro, pois nem sabia onde meu pai a havia jogado. Também nem poderia vesti-la com o sujeito nos olhando.

Quando estávamos na rua, o cafajeste do meu pai, sem comentar nada sobre ter abusado de mim, disse para eu mandar um beijo para minha mãe, pois ele iria tratar de negócios com um amigo e chegaria mais tarde. Na verdade, ele encheria a cara em algum boteco com outros bebuns. Antes que eu respondesse ele tirou algo do bolso e me deu. Era uma cartela com dois comprimidos.

— É pílula do dia seguinte, tome uma assim que chegar em casa, e outra amanhã cedo, sem falta! Meu anjinho não quer engravidar, né? — Nem preciso dizer que sua mãe não pode ver isso, entendeu, Mila?

Que descarado filho da puta, ele estava me tratando como uma vadia e, não, como sua filha.

— Não direi nada porque eu também estaria ferrada, mas bem que você merecia. E não mandarei beijo nenhum. — E vê se não passa a noite fora outra vez, pois você tem família.

— Esse é o meu anjinho — disse ele, sorriu cinicamente e se foi para um lado. Magoada e cheia de sentimentos de culpa eu fui para o outro.

Fim

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
14/08/2019 17:57:58
Secret Island, mande um e-mail pra mim explicando como eu acesso o seu "trabalho", para eu ter uma ideia antes de dar autorização. Por gentileza, mande com este e-mail: para eu saber que é você. O meu:
14/08/2019 17:53:21
Agradecida, gente, por tanto carinho. beijo em todos os corações.
14/08/2019 14:41:30
Legal, sem rodeios, rápido e excitante.
14/08/2019 14:35:26
Muito bom!!
14/08/2019 07:33:06
Que tesão
13/08/2019 22:12:15
Muito bom
13/08/2019 19:03:13
Mas voce escreve muito bem, Kamila. Leva nota máxima. Entre em contato com o nosso email para que nos autorize a publicar seu conto por email para os leitores da Secret Island e ao mesmo tempo passe a receber nossos vídeo contos. Beijo do MOD (Secret Island) - Email:
VIC
13/08/2019 16:08:00
que delicia Milla..tú não presta menina... Sempre caindo na labia desse sem vergonha...kkkkk
13/08/2019 12:56:34
Excelente

Online porn video at mobile phone


porque quando fico peto da minha amiga eu fico coms calsinha toda molhadinhapornô sogra puxa calcinha de lágrimasconto minha tia tesuda peladaporno com baby boneca ecesto pai velho tarado e pausudopegadinha mulher se anfregando em dotadofragei milha mulhe comegaoxvideo transada com comisola lilaiscontos eróticos gay no hotel dei cu para meu sogro viadox video de porno entiada vadia novinha espera sua mae sai e deixa seu padrasto comer ela de sainha so de fildendal por baixo"gozou na testa do meu corno"xvideo sexo com mAgrınhavideo de porou dirano vigidade da namorada vedtidotirando o cebinho da cetinha com a linguaxvdebaichodasaiacunhada mamou gistososendo lascada por maquina do caralhisensinando menino a nadar conto eroticocontoporno ela parecia ser tranquilamamete muitevangelicas na zoofilia com cachorroIsac -Hugo |Contos Eroticos zdorovsreda.ruxvideo decks ja jantar filho come a mãe e pai come a filiafrutaporno adoro bater punheta na calcinha da mamaeconto erotico mulher transa com cachorro por chantagemCONTO CHEIRANDO CALCIporno com mae mae tentando risis tirporno muito beidona no pauWxvidio comedo di ciuPGAxvideowww.xvideos festas esposa branguinha mini saia preta corno manda amigo da drnks e sexoentregador de pizza pega mulher.avontadexvidio veio chupando peito da novilnhafeminização gayposicao papai mamae ponodoidocontos meu sogroContos eroticos de sogras submetidas a dominaçao pelo genrotorando a gordinha escandalalosacontos da julia gorda esfregando no busao quando ela descuidou entrou na xanaver uma tatuadora safada atendendo um cliente ai ela vai toma banho e quando volta comeca a chupa a rola do caravedeo estropadoe es tropando molheriscontos chupador de xoxotaapostei e perdi o cu pro negao contosContos eroticos 16porno gey contos eroticos ferias c priminho novinhoincesto com meu vô contostabareu xvideoscomo aprendi a gostar de rola grande contos eroticosLolytaputynha empregada safadinha FátimaContos de putaria de novinha dando para o cara da rola cabeçuda sem o noivo perceberchamei o negao dotado assim q meu marido saio e chorei muitocontos eroticos arombei a minha aluna na sala de aulamulher nao aguenta e goza muit de qayrmoleque tarado.contosXVIII minha mulher com negaominha filha sentou no meu colo de minisaia conto eroticocontei pro meu marido que ele não dava no couro por isso que é corno contos eroticosXVídeos novinhas bicos poupadopornor média vai examinar uma grávida e estrupadaconto eroticos viuvas taradasAdoro usar shortinho feminino e calcinha fio dental afeminado contosConto gay viagem Onibus leitocontos eroticos empregada precisa de granamulher magra casada de baby doll em casa querendo dar para outra pessoa XVídeocontos eróticos de estrupo entrepadrinhos e afilhadaconto erotico gay negao dominador gosta de viado obedienteVidios porno miguelopos spWww.vedio.porno.casais revisão de Santa CatarinamIhttp://googleweblight.com/?lite_url=http://zdorovsreda.ru/texto/201611705&ei=QNltk2x8&lc=pt-BR&s=1&m=288&host=www.google.com.br&f=1&gl=br&q=Conto+erotico+2018+crentinha+novinha&ts=1543746924&sig=AFjPxgWZG_SgaqcVY66PgGWBEy20SCgDvwconto eroticos gay estuprado na festaporno. jafaleii nãoporno conhecendo minha primawww.minha esposa.netaqivídeo pornô a novinha tomando banho com gosma e sangueVidio pornô de gay de pratao fazendo sexo com a impregnados até ele goz conto lesbico com luanacontos de mae.putona tarada pela rola do filhoxvideo se masturbando com muito desespero e rapidez com o clitorisPizque o cu ai va xvideosmulhes fudedo deto do karo o cumeu tio virou dono da minha esposamae dk meu amigo se esfregando pornoMACIEIRA SEXO PORNOrelato quenquinha velha conto erotico despedida solteirasogra convense a filha virgem perder cabaso .com seu maridocontos mostrei minha buceta pro moo do gaspornodoido vitor e fran no vc q sabemeu sogro isasiavel comtoxporno loko disparao do pauconto bdsm usadawww.bbucetas rarasWww.contoeroticocrente.comlevou esposa pro.outro comer.tudo buceta e.cu boqueteesposa chorouContos eriticos putinha do meu cunhado bem dotado parte3