UMA CABELEIREIRA DIFERENTE (Parte 6)

Um conto erótico de Daniel
Categoria: Grupal
Data: 28/12/2018 00:43:57
Última revisão: 20/04/2019 22:02:46
Nota 8.20

Isabelle foi beijando e tocando na bundinha dele, acostumando ele para o que viria logo em seguida. Ela foi colocando o dedinho no seu cuzinho e pedindo para que eu fizesse o mesmo. Perguntou se eu toparia fazer com o Bruninho tudo o que ela fizesse e eu disse que sim. Ela colocou dois dedinhos naquele rabinho e eu fiz o mesmo. Depois, ela começou a chupá-lo e eu a imitei. Ela colocava a língua naquele cuzinho e eu fazia o mesmo. Ela dava duas tapas fortes naquela bunda e eu imitava. Era gostoso ter que imitá-la, eu não precisava pensar em nada, apenas repetir o que a minha amiga fazia.

Isabelle colocava a boca na pica de Bruno até o final, garganta profunda, segurando, perdendo o fôlego, babando, e eu repetia, garganta profunda, a pica até o final, o rosto vermelho, babado, lutando para segurar aquela pica o máximo de tempo possível. Ela me chamava de putinha e eu a chamava de cachorra. Depois, nos beijávamos, era um beijo de língua suculento, ela parecia me querer por inteiro e com intensidade.

Vendo a nossa animação, Bruno resolveu ficar de quatro na cama e percebemos que aquele macho estava louco para ser enrabado. Minha amiga falou: "Você deveria ir primeiro, para preparar o território, sua pica é grandinha, mas a minha tem 20 centímetros, precisamos preparar esse rabo". Isabelle pegou o lubrificante colocou na minha pica e na entrada do rabinho daquele macho. Fui entrando a cabecinha, o macho relaxou o cuzinho, era acostumado, e minha pica entrou fácil, sem nenhuma dor. Disse para Isabelle: "Ele é experiente, amiga, a minha pica desliza fácil por esse rabinho".

Isabelle notou a facilidade e quis logo enfiar a dela também. Tirei a minha e o Bruninho relaxou bem o cuzinho para engolir por completo os 20 centímetros de pica da minha amiga. Ela exclamou: "Você é uma putinha treinada! Que tal receber dois paus juntos nesse rabinho?". Olhei surpresa para a minha amiga, perguntando se aquilo era sério e ela confirmou. Depois, olhei para o Bruninho e reparei que ele estava meio amedrontado. Isabelle, então, pediu-me para tranquilizá-lo e afirmou que, a partir daquele momento, eu é que controlaria aquela transa.

Fui até o Bruninho e disse que ele só precisava relaxar. Ele só teria que sentar no pau da minha amiga, abrir as perninhas, deixar o cuzinho numa posição confortável, e depois estar pronto para a entrada do meu mastro. Falei que, se ele pedisse, tiraria meu membro de imediato e ele ficaria só com o membro de Isabelle no rabinho. Falei tudo isso com uma voz tão doce e calma que, mesmo com medo, ele topou.

Isabelle deitou na cama e ele foi sentando na pica da minha amiga. Bruninho estava apreensivo e seu anelzinho piscava mais que árvore de natal, acho que ele queria relaxar ao máximo, estava apreensivo. Quando ele engoliu com o rabo todo o caralho da minha amiga, abrindo bem as perninha, resolveu olhar em minha direção. Com o meu pau em riste, segurei o rosto dele, tasquei um forte beijo de língua, olhei fundo nos seus olhos, e perguntei: "Está pronto?" Ele confirmou com a cabeça. Isabelle, nesse momento, havia parado as estocadas, apenas esperando a minha chegada. Repeti a pergunta, mais enfática: "Está pronto para levar dois cacetes nesse cuzinho?" Ele, dessa vez, respondeu: "Vai, me fode".

Fui entrando, procurando um espaço junto ao pau de Isabelle, enfiando, enroscando, perfurando. Senti as paredes daquele cu apertado e o forte roçar do pau de Isabelle junto ao meu. O membro de Isabelle ficou parado lá dentro, estático, 20 centímetros bem enfiados, enquanto o meu fazia pequenos movimentos. Na nossa frente, Bruninho gritava de dor e prazer, como uma verdadeira putinha: "Aí, meu cuzinho, aí, meu cuzinho".

Perguntei se ele queria tirar e ele disse que não. Preferia sentir ainda mais: "Não, arromba, fode esse cuzinho, fode mais". Com meu pau lá dentro, Isabelle voltou a dar pequenas estocadas. Eu sentia, no roçar da minha pica, os seus movimentos, enquanto Bruninho urrava de dor e prazer. Resolvi tirar meu membro e ele começou a rebolar rapidamente e com força no pau da minha amiga, que rapidamente gozou. Meu membro, depois daquele cu apertadinho, daquele roçar de picas dentro do calor de um rabo, não poderia estar mais rijo. Eu precisava gozar. Fui até Bruninho, roubei-lhe um beijo de língua, e fui me masturbando forte. Antes que meu leitinho saísse, direcionei meu pau até seu rosto e o enchi de porra. Voltei a beijá-lo e notei que, no mesmo momento, Isabelle abria com as mãos a bundinha daquele macho, aprovando com um sorriso perverso o estrago que nós duas havíamos feito.

(Se quiserem a continuação, comentem. Não esqueçam de comentar.)


Este conto recebeu 0 estrelas
Estamos testando um novo formato de votação. O ranqueamento será feito não mais pela média, mas apenas pela soma das notas oferecidas. As notas também serão apenas de uma, duas ou três estrelas. Isso deve evitar que haja quedas repentinas do ranking por conta de ataques por alguém que queira manipular os resultados. Se tiverem dúvidas, .

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
17/03/2019 19:52:20
Lindo!
16/01/2019 02:31:08
Ótima série!
11/01/2019 13:35:17
entendi
10/01/2019 02:25:58
Keylane, obrigado por ser uma leitora fiel dos meus contos.
30/12/2018 02:43:34
Q deliciaaaaa!!! Continuaaaa!

Online porn video at mobile phone


ler contos eroticos de padres reaiscontos eróticos publicados por testemunhas de Jeovávídeo pornô de mulheres que não aguentaram levante 4 cenasnovinha so de minicasiaIncestoirmãoxirmãocontos eroticos sentei no colo do pirralhopadrasto cumeno intiada loira raboaspanteras tio comendo sobrinha bem novinha escondidi da maeloira com a b***** desenhada na calça jeans e o negão ponhando pau no meioaregasando.abuceta.dagemeaschupo e emguliu apora toda xvideosconto meu corno só arruma negros para me foderChoupana dentro das Canas canavial pornôtiozinho acariciando clitores de novihacontos eiroticos leilaporn"cracudo chupando"qontos eroticos banho com minha irman mais velhasexo anal hAaaaacontos eroticos submissão cachorrinha dominadaxvidio roludo medingocontos peido e fudeuentre uma foda e outra minha esposa beijando acariciando seu machoQERO VE COMO EO PRIQITO PODETOwww delexvidio comn resistir e dei o cu pra quele homem di pausao, contowww.xvideo vostrou a buceta sem o corno vervídeos virgens roçando a xota e esguichavam free xvideocomento tia na casaxividio ela tem medo de da o cucasada fode chamando corno falando obscenidadesbumdasboaxxxvideo mamae chupando xoxoxtamminha esposa lavano abucetinhamulhe rebolhadocontos eróticos bem depravado de bem picanteCONTOS EROTICOS CASAIS PUTA CORNO PALAVRÕES ESCADALOS XVIDEOSvideo de incesto nisseiconto porno seduzi ele ate ele me deu o cuzinho/gaypirocudo para casal esclherpaus mostruosos gosamdo nas bucetadmeu pai me ofereceu fio dental e me comeu- contos eroticosapaixonado por um hetero cap 19hmem do pau piqueno fodobuceta grandeSou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhaengraxate mundo bichaaspanteras tio comendo sobrinha bem novinha escondidi da maebucetinha ns os primero pelinho nvquadradinho erotico incesto COM HUMORendoidando homem com cheiro da bucetaconto erotico gay viado submisso vira femea do negaostrapon sangue e bostaquadrinhos eróticos o verdureiro safadoxvideogostosaspeladasSogra Contos Eroticosvidios porno de inquilina q paga o alugel dando o cuLibério XVídeos das irmãs transando no conventoapaixonado pelo meu primo brutamontes 2temporadaporno demeno esfregano abuseta decasinha na rolaxvideos dificil pra.vc lukaamigos da morte na casa das águas passa agora pelada fodendocontoseroticos/comadre rabudaporno brico com abucerta e gozo dentromulher gostosa do Carequinha toda arrepiadaPorno gratis xvideos real sograo espumando rminha mulher ficou toda melada o buctao qndo viu pica ennorme do negao pistoludomulher com os peito cheio de leite para o homem amar a mulher vai descendo depois ele transa com ela gostosofiado loiro bonito e gostoso metendoxvidio menina vigem perdi avigidadi gosano nasiririca escondidafamilia sacana xoxota zerada da filhotagossno nu cu fa mulecanovinha da loja um e noventa e nove mostrando a bucetaDepois que fui p macumba virei lesbica contosContos pornos-fodi a mendigaContos vendi meu cu pela internetCasa dos contos eroticos paguei pra deflorara filha do caseiro Contos eroticos heterosexual picantes com cenaseu, minha namorada, minha namorada e meu tioxnxx mulher de traficante fasendo rodizio com muito homemConto acho que vurei corno a buceta ta muito kargaconto erptocp metroBUCETINHA QUENTINHA, protegendo com sua BUNDA MARAVILHOSAContos eróticos de sogro e nóra safadawww.xvideos- gaysinho gosta de chupar seu peniz comprido e mole chupa para passar o tempo chupando seu penis igual um bambu gigante.comXvideos bucetinha estreita de menorzinhamamae e o papaixxvideoAs Panteras pornô padrasto fode enteadqeXvedeos colossoeu nunca eu tinha fundido a buceta da minha esposa ela mestruada minha esposa tava mestruada eu comecei a chupar sua buceta mestruada ela gozo na minha boca ela chupou meu pau eu comecei a fuder sua buceta mestruada eu gozei dentro da buceta dela conto eróticovideo porno estorcada page