Minete na barragem da Aguieira

Um conto erótico de vergatuga
Categoria: Heterossexual
Data: 31/10/2018 16:13:16
Nota 10.00
Assuntos: Heterossexual

Minete na barragem da Aguieira

Como já disse em contos anteriores sou um homem de 49 anos. Sou Português.

Como em contos anteriores expliquei, há algum tempo a trás metia anúncios num site de sexo , a procura de casais. No principio da semana um casal de Viseu respondeu, quem ligou foi o marido e disse que gostariam de se encontrar comigo. Marcamos de nos encontrar no parque de estacionamento do Restaurante Lampreia no IP3 as 19h desse Sábado.

Quando cheguei, liguei-lhes, o casal já lá se encontrava, disseram-me o carro onde se encontravam, estacionei ao lado deles, estavam isolados do resto dos carros. As apresentações habituais destes casos, ele era Ricardo, homem de cerca de 50 anos um pouco forte para a altura( 1.75m). Ela, esposa com talvez a mesma idade dele, também um pouco para a cheiinha mais baixinha, tinha um grande par de mamas, ancas largas, com um cu avantajado mas uma carinha simpática. Levava vestido, uma camisola onde se percebia o grande par de mamas que tinha e uma saia folhada um pouco acima dos joelhos.

O Ricardo, começou por dizer que a fantasia deles era: Fazerem uma minete há Lurdes (nome dela) na presença do marido.

Como eu já só pensava a comer aquela fémea que estava ali a meu lado, disse que sim, que não me importava de lhes dar esse prazer. Combinamos mudar-nos para outro sítio, e arrancamos em carros separados, fui atrás deles. Paramos num retiro ao chegar a barragem da Aguieira, pararam o carro, eu parei o meu um pouco mais a frente e dirigi-me até eles.

Já era lusco-fusco e os carros que passavam na estrada não se apercebiam de nada, quando cheguei ao lado da janela do lado dela, ela já estava com a saia levantada a mostrar a cuequinha e o marido a esfregar-lhe o grelinho, abriu a janela e eu de pé comecei a apalpar-lhe as mamas. A Lurdes levantou a camisola e mostrou as mamas ainda com o soutien, o Ricardo logo o tirou e ela mostrou as belas maminhas, muito avantajadas mas com ums bicos que pareciam dois pitões de chuteiras de futebol. Agarrei neles e puxei-lhos, amassei bem aquelas mamas que me estavam a deixar completamente fora de mim. Ela inclina-se para o marido que já estava com o pau de fora ( pau pequenino) e abocanha-lhe a piça. Depois de estar um bocadinho a mamar na piça do marido senta-se, abre a porta do carro e mete-se de quatro virando-me o cu e continuando a mamar no caralho do marido (se é que se podia chamar de caralho aquilo), tomei essa atitude como um convite. Desapertei as calças tirei o meu caralho para fora e comecei a masturbar-me a olhar-lhe para o cu que já estava completamente a mostra, um cu grande onde as cuequinhas desapareciam por entre as nádegas. Não resisti e dei-lhe uma palmada numa nádega, que a fez voltar a cabeça para mim, quando ela me viu com o caralho em punho cheio de tesão atrás dela acho que ficou ainda com mais tesão, pois suspirou e rebolou o cu, acho que ela queria experimenta-lo cona adentro, mas não foi isso o combinado e até me dizerem o contrário, respeito sempre o que acordado, embora as vezes a muito custo. Começo a acariciar–lhe as nádegas abro-lhas com as duas mãos separando-as, arredo-lhe as cuequinhas para o lado baixo-me e dou-lhe uma mordidinha numa nádega, enterrando em seguida o meu rosto e língua pelo interior daquelas duas bandas de cu. Chegava com alguma dificuldade há sua coninha com a minha língua, mas lá lhe conseguia a muito custo ir lambendo desde o grelo até ao olho do cu, quando ai se encontrava a língua fazia sempre mais um bocadinho de força e tentava penetra-la, a sua passarinha carnuda já mais se assemelhava a um riacho de tanta água caia dela. Estivemos assim algum tempo até que o Ricardo diz para mudar mos de posição. Lurdes deita-se no banco de trás do carro o seu marido de um dado de pé a dar-lhe sempre o caralhito para ela mamar e eu do outro baixado entre as pernas dela a lamber-lhe a cona e que cona suculenta, Lurdes contorcia-se toda enquanto lhe fazia o minete, ia tocando uma punheta no meu caralho que a esta altura estava prestes a explodir. Comecei a foder-lhe a cona com dois dedos e chupei-lhe o grelo aumentei a velocidade dos dedos e fi-la vir-se com abundancia e aos berros na minha mão e boca, agarrei no meu caralho que estava que nem pedra e não demorei muito a esporrar-me perante a admiração da Lurdes que a esta altura já se encontrava sentada no banco do seu carro, com ar cansado mas satisfeita, o seu olhar para o meu caralho a esporrar-se não enganava e se eu lho desse naquela altura ela não ia dizer que não o queria.

Recompusemo-nos, estivemos a falar mais algum tempo, despedimo-nos com dois beijinho na face e ao faze-lo apertei-lhe as nádegas e disse-lhe quase em segredo que adorava ter-lhe comido aquele cuzão, ela não me respondeu mas deu um sorriso que me disse tudo.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
03/11/2018 14:13:36
podem fazer comentarios so assim faço mais publicaçoes
31/10/2018 17:45:12
Como dá saliva um belo par de mamas com os mamilos deveras bicudões. Parabéns pela safadeza, abraço.

Online porn video at mobile phone


contos arombando cu da esposa prapagaConto erótico menina e deixa pelada na escola e humilhdaeu quero ver f********* no corpo todo estourado bem reganhada gemidointiada briga com a mae vai dar pro padastro sexotirano cabaço da menina no mato gritano de dormassage ando a cunhada contoo negrao enrabador ta taradaverdureiro gay contocontos eróticos de dono de bar velho com gay novinhotico cabeçudo abrindo achecaler contos eroticos menagecasa dos contos gay acampamento com Rafael e pai perto da Cachoeiravideo de colegial sedo encoxada por baixo da saia com penis pra fora entremeio as pernas e varginamamãe+mamãe.papai++nuaanjo discreto casa dos contosEnganxou a rola nabuceta xxicontos eroticos cona madura sofre com piça ggconto desconsido arebentou meu cuVideo do zapmulher escovando dois denteo velho me comeu conto eroticovelha descabaça a buceta na pica do cavalocontos erotico de enpregada gostosa e patrao mais velhonovinha setando na rrolacontoerotico.com/ tirei as pregas da novinha de inze anosrelato erotico/esposa e o velho zeladorporno nuhers sen lenitePor Fovar ensine minha buceta desagradavel porn full video gozei na bucetinha da minha cunhadinha que ficou muito brabavizinha dentro.de um chacara de cafe xvideosxvideos gay foda rija negros psu grosso e compridocunhado erra a buceta e acerta nu cuzinho da cunhadaConto erotico comi a dentista no consultoriovidios pono sohentecachorro fod madamegozavídeo pornô máximo eletrizante que arrombaFamília Sacana Tufos -comendo as irmãs safadinhasuma foda com a professoracontos eroticos madame bunduda submissa completapeguei meu amigo nu no quarto e batemos uma punhetacontos eiroticos leilapornmulher tomando banho encabulando a bucetavideos porno velhor comedor da cabeça do pau rombudacontos eróticos primeiras experiências com siririca com mulheres mais velhacontos eroticos eu fui estuprada crente geme muitocontos porno gay "meu novo amigo e eu"xxvibeo morena fudeno com 4negao no trabalhoConto erotico loira aos grios e choros numa foda relvagem com super dotado metendo forte com forcapunheta na infancia com amigomulher cagando enquanto dava a bucetavocê vai aguenta minha pica inteira vadiaconto erotico viado novinho vira escravo do coroa dominadorvideos eróticos de homens lindos se cumendo picudãos vervideo do videntehttps://www.mundobicha.com/videos-porno/brasileiros/Fotos d cdzinhas enrrabadasamulher .que cachorro arrebento. abuceta dela com....um . noeu conto dancei com meu cunhado e senti um p*******Camisinha atrapalha a tirar a virgindadeler contos eroticos menagebai uma punheta olhando minha sobrinha na praiavídeos de pornô os tios do p********* e grosso tirando a virgindade das Sobrinhas quando mete o pau ela se caga todinha e se mijaConto erotico casada polpinha bundaoirma boa noite cinderela contos erótico porno mae surpreebdidairmã irrita o irmão e elr estrupa a novinha aforsaxvideos disponiveis estrupos gostosas com linguadinhasxvideos liberei a vagina para um eteroeu, minha namorada, minha namorada e meu tioconto erotico com fotos haremmorena fofinhado rabao fudendo com dotadoconto cumenndo o cu da sogra afosaela e nossapara foder contosrebolando e tirando a caixinha sem lactose rebolando sensualconto eróticos comendoa mulher doamigo a forçaporbodoido ledbicaconto erotico funk peladavidio de sexo com compadre sedusindo comadre ate foderxvideo negrinha fudendo no meio das pilha de lenha com pauzuenteada tarada querendo dar todinho Comente a rola no cú delaTaradinha louca pra pega no pau do tiu contos