Minha prima boa de foda.

Um conto erótico de Docecomomel(Ihgata)
Categoria: Heterossexual
Data: 29/10/2017 20:19:10
Nota 10.00

Minha prima boa de foda.

Olá eu sou o Lucas e vou relatar algo que me aconteceu.

Atualmente tenho 20 anos e tudo começou quando...Minha prima veio do interior e veio morar com a gente. Nossa casa tem 3 quartos um dos meus pais outro da minha irmã adolescente que agora ia dividir com a nossa prima Lara e outro quarto que era bem menor onde eu dormia.

Bem, um certo dia tínhamos acabado de chegar do colégio e estava muito calor, o clima estava muito abafado para chover. Todos muito suados e ai fomos tomar um banho no chuveiro do quintal, pois era mais de meio dia. O clima de descontração entre nós nunca houve maldade até que aconteceu algo.

Minha prima Lara estava toda ensaboada, ela estava com um biquíni ai ela me pediu para passar o shampoo, eu fui entregar mas ela com os olhos fechados não enxergava nada e sem querer esticou a mão e acabou passando sobre minha sunga e consequentemente sobre minha pica.

Que imediatamente ficou tesa, procurei disfarçar ai minha irmã terminou o banho e foi se trocar ficando eu e minha prima Lara. Foi quando ela pediu para eu esfregar suas costas. Eu peguei a espuma e fui passando pelas costas descendo até a bunda dela. Ela ficou tensa eu percebi que seu corpo estremeceu pois eu fazia com muito carinho ai ela agradeceu dizendo que estava muito bom ela se enxaguou ai foi a minha vez de pedir que ela fizesse o mesmo comigo.

Lara começou passando nas costas ai depois eu me virei ficando de frente para ela que começou a esfregar minha barriga e com a mão ia passando espuma pelo meu corpo inteiro.

E nisto eu querendo ou não fiquei de cacete duríssimo igual a uma pedra, ela percebeu mas logo disfarçou.

Foi assim que Lara virou-se para min porque o sabonete tinha caído no chão e ela foi pegar quando ela abaixou eu não aguentei pois estava com tanto tesão dei uma encoxada, como se fosse assim sem querer, não queria que ela se zangasse pois eu tinha medo de sua reação e fosse contar a meus pais então eu fui encostando devagarzinho e logo me afastei para que ela pensasse que fosse sem querer. Ela me olhou nos olhos e sorriu.

Caracas era minha prima ela já tinha quase 18 anos mas como era do interior eu achava que era inocente. Enganei-me.

Ai nós dois saímos do banho e fomos para dentro de casa assim que almoçamos antes de dormir fui obrigado a bater uma punheta bem gostosa na intenção de minha prima Lara.

No meio da semana meus pais disseram que iriam viajar, ia ter um feriadão e meus pais iriam viajar com minha irmãzinha também, mas nem eu nem Lara podíamos pois iria ter aula de revisão do cursinho e o vestibular se aproximava.

Na quinta feira logo cedo meus pais viajaram, minha mãe deixou a comida pronta então teríamos o dia todo livre.

Eu sai e fiquei o dia todo fora só voltando ´á noite, quando cheguei minha prima estava vendo TV fizemos um lanche e assistimos TV juntos, pouca conversa. Ai o tempo mudou e logo começou a chover e faltou energia.

Lara disse que tinha medo de trovoadas.

Falei que não se preocupasse, mas foi ficando tarde a chuva ficou mais forte e a energia não voltou, então acendemos vela e ficamos quietos esperando a energia chegar.

Ai Lara disse que ia dormir pois assim não veria a chuva forte, peguei a vela verifiquei se a casa estava fechada e fui guiando Lara até a porta do quarto e esperei que entrasse, já ia saindo quando ela pediu que esperasse se trocar assim o fiz virei de costas quando ela me perguntou se eu não poderia dormir no quarto afinal tem duas camas.

Falei que poderia sim, mas não era correto só porque ela estava com medo. Fui até meu quarto vestir um short de dormi escovei meus dentes e voltei para o quarto onde Lara estava, ela estava com uma camisolinha curtinha e dava para perceber sua minúscula calcinha atochada no rabo.

Esperei Lara deitar botei a vela em cima da cômoda e me deitei na cama de minha irmã. Fiz o possível e impossível para dormir, mas só de imaginar minha prima ali perto eu não conseguia pegar no sono. Lara adormeceu logo ai a energia voltou era mais de uma hora da manhã fui apagar as luzes que estavam acesas quando volto paro na frente da cama e vejo Lara deitada com a camisola suspensa ai dava para ver sua buceta estufadinha dentro da minúscula calcinha, parei e fiquei observando e minha pica correspondeu aquela bela visão ai eu não aguentei sentei na cama e comecei alisar sua bunda e coxas, Lara acordou e falou o que é isto primo você está louco?

-Sim Lara estou louco, mas louco por você, estou cada dia mais maluco não consigo me controlar de tanto tesão que tenho por você.

Ela me olhou e nada disse por um tempo ai falou Ah primo eu não sabia que estava assim com tanto tesão.

E como ela não se mexeu do lugar continuei alisando suas coxas ai ela abriu um pouco as pernas e eu pude ver como tinha marca de umidade na sua calcinha.

-Foi ai que ela falou não é só você primo que sente tesão por aqui vem deitar aqui comigo afinal estamos sozinhos. Eu deitei e comecei a encoxar Lara ai ia conversando dizendo que desde que veio do interior nunca fez sexo que até para bater siririca estava difícil porque minha irmã ainda muito criança e ela não conseguia ficar muito à vontade quando ia deitar.

Eu ouvia tudo com atenção ai falei Caracas Lara nós dois querendo a mesma coisa!

Pois é primo então vamos aproveitar esta noite, bendita falta de energia ela sorrindo falou.

Daí eu falei eu não aguento mais Lara eu vou te fazer me desejar que você nunca mais vai lembrar do teu ex-namorado.

Ai eu deitei sobre o corpo dela e fui beijando alisando seu corpo inteiro, beijei seu rosto ai fui descendo com as mãos e bocas pelo pescoço, colo dos seios sua barriga lisinha ai cheguei até a calcinha, alisei sua bucetinha depois afastei a calcinha meti a língua de um lado a outro ela soltou um gemido e falou.

-- Ah primo assim você me acaba, eu sorri satisfeito tirei a calcinha e cai de boca em sua buceta meladinha.

Não demorou senti seu mel escorrer pela minha língua, caprichei mais na chupada até deixar ela mole de gozar.

Abracei-a e em seu ouvido perguntei se tinha gostado do começo de nossa noite?

Ela com cara de safada disse adorei, mas só depois digo se é do jeito que imagino e quero que nossa noite seja inesquecível.

A chuva diminuiu o clima ficou agradável, fiquei entre suas pernas segurei em meu pau teso e com movimentos de quadris meu pau invadiu suas carnes, Lara gemia rebolando com os quadris envoltos em minhas mãos eu socava forte o barulho de nossos corpo se tocando ecoava pelo quarto, a beijava mamava seus lindos seios até mordidas trocamos o extase tomou conta de ambos eu estava a ponto de explodir e assim com algumas fortes estocadas explodi em gozo. Senti Lara gozar e seu gozo escorrer na cabeça do meu pau.

Ficamos abraçados adormecemos por alguns minutos, a tensão de tudo me deixou exausto, mas fui acordado por Lara com um belo de um boquete, nem acreditei quando despertei e vi como ela me chupava gostoso.

Ai fiquei apenas segurando sua cabeça depois de um tempo ela veio por cima de mim e sentou no meu pau e ficou quicando igual uma cabrita rebolando com meu pau inteiro dentro de sua buceta. Foi uma loucura vê-la quicando em meu pau teso ai Lara gozou esperei ela relaxar com meu pau encravado em sua buceta deliciosa, foi quando decidi que queria fazer anal comecei passando as mãos em sua bunda e com jeitinho que todo homem tem meu dedo escorregou até seu anel, senti ela travar mas nada disse ai eu pedi que ela ficasse de 4 no meio da cama.

Lara toda dengosa disse que ia doer, não minha linda só vou até onde você deixar foi o que eu disse (conversa de homem).

Ela não contestou pois ela queria também, peguei um creme que tinha no banheiro ali ao lado ensopei seu rabo lambuzei meu pau inteiro e fui beijando sua bunda, dava tapas leves fazendo-a ronronar igual gata no cio, até que percebi que ela estava preparada, encostei a cabeça do pau ela travou alisei falando palavras doces ela relaxou ai segurei seus quadris com firmeza e fui enfiando meu pau cm a cm até que ela relaxou e com uma estocada forte meti a outra metade. Seu grito não foi de dor mas de muito tesão.

Fiquei quieto para ela se acostumar ai em pouco tempo Lara que estava pedindo para meter forte, disse em seu ouvido se estava doendo ela sorrindo falou que nunca tinha trepado tão gostoso na vida.

Ai meus amigos levei um bom tempo só metendo gostoso em seu rabo até gozar. Adormecemos atracados igual cadela no cio.

Na manhã seguinte quando eu despertei Lara não estava na cama, ouvi barulho vindo da cozinha, fui tomar um banho depois fui em busca da minha doce e amada Lara a encontrei na cozinha preparando nosso café da manhã, a cumprimentei com um beijo ela retribuiu e sorriu. Seu sorriso me pareceu um sol iluminando minha alma.

Tomamos café pois tínhamos compromissos saímos juntos só nos separamos no cursinho, na saída nos encontramos e voltamos juntos normal como primos que sempre íamos juntos, mas ao entrar em casa só nos dois a coisa mudou começamos um agarra... agarra e ela disse que sentiu falta dos meus beijos e coisa e tal eu também senti fizemos um lanche e fomos para o quarto desta vez foi para o meu.

Ai a putaria começou fodemos até mais de uma hora da manhã, conversamos como ia ficar nossa situação e coisa e tal e ficou tudo acertado que de início iria ficar no segredo. Então foi o que aconteceu comigo e minha prima, quase todas as noites tínhamos contato as vezes na madrugada ela ia no meu quarto e dava uma foda rápida ou então sempre me pagava um boquete em momentos rápidos e cheios de muito tesão.

Mas com o passar do tempo ficou impossível então assumimos nosso namoro, mas tivemos um problema seus pais não queriam que ela ficasse mais na nossa casa, ai excesso de puritanismo. Então seu pai alugou uma quitinete e Lara foi morar sozinha, mas ai que foi bom ela ter um canto só dela. Então a partir do momento que ela mudou-se tivemos mais liberdade, passei noites e mais noite em sua companhia o sexo se tornou mais livre eu estava mais presente em suas noites. Lara não tinha mimimi, o sexo era pleno de ter gozada na boca, anal e oral ela sentia-se livre e sempre falava que o corpo era seu e o prazer era sem limite então eu como seu namorado e macho a deixava saciada de muito sexo. Mas era cada fantasia que Lara criava que me deixava louco de tanto foder e gozar.

Depois eu conto quando ela teve a ideia de colocar uma amiga de cursinho para participar de uma noitada com a gente. Foi maravilhoso.

Docecomomel.

Me sigam Instagram :Docecomomelcontos

Feira de Santana 25 de outubro.

Bahia Brasil.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
30/10/2017 06:00:00
Muito bom. Aí sim. Comer prima eh tudo de bom.
30/10/2017 04:19:20
Priminha completa e sem frescura, isso não tem preço.
30/10/2017 00:39:10
Boa história

Online porn video at mobile phone


ir:ma virge fudendo com irmao do piru gigamteEdufera cintossibrinhas vatendo punheta pros tiios ate eles gosaremminha cunhada casada crente ela ficou apavorada quando eu entrei com meu carro no motel conto eróticomulheres taradas po cachorroesb tarzapornocontoincestosconto erotico gay viado submisso vira femea do negaomenininhas fazendobrincadeiras de mostrar a xoxotinhas pras outrascontos eroticos viajei com meu genro e fiz boquete a viajem todaconto erotico de fazenda cavalgadameu namorado quer fazer sexo comigo menstruada conto eroticoepiei roludo mijandoquando vc e virgem e transa fala com a pessoa q e virgeme na ele fala q vc e muito gostosa pqconto erotico no prontosocorroApaixonei pelo amigo do meu pai contos eroticos agycontos eroticos virei corno contra minha vontadehttp://tia gostosa vae com irma visita o subrinho doente as 2 fode com elexvideo arrombando o cuzinho preto nao pagou o aluguel levou rola no cucontos eroticos de menias q deu seu cabaçinho bem novinhas por que sua obrigou a trepa com seu companheiro taradoconto erotico gay viado submisso vira femea do negaoseduzindo novinha escondidopornodoidocoroas rabudas fortes de50anos negras dando de saia pro tioMarido saiu potrabalho http://conto erotico um desconhecido ele abriu minha pernaXVídeos vídeo do ventilado botando a madrasta Xvídeo vídeo caseiromenor semdo fodida dormimdo x videomadrasta de beydolltrepando bem gostoso com a ginecologista mulhercontosmulheres que passa na rua com shortinho bem curtinho e ela sentadinha com roupa com camisa curta e joga a bunda delaXsvideos artista pintando macho nusobrinha abre a perna para o tiochupareu vou estrupa minha conhadacontos btincando esconde com a novinhaxvideo pênis de 12 centímetros comendo abuçeta da noivinha gostosavidioporn so putas do iterio do cearacontos eróticos vovó transando com cavalovídeo pornô mulher com a b***** o corpo cheio de quadradinho de homem g****** na sua portaalavancas e magrinhas no XVídeos mobileporno mhnha mae e irma sao putas 1 contocontos eiroticos leilaporncuzao areganhado p cavalocontos eróticos de calcinhas no cestocorno filmando doi negao gozando cuda sua esposa ele chupa seucuXnnx fragei de calcinha e passei a maoquero ver vídeo pornô escroto carreteiroxvideu mae safada seno comida afossa pelo o filinhomulher engata com cachorro grande e nao consege desengata pornoevangelicas na zoofilia com cachorroporno cazeiro mulher corno não aguentou cuzinho Fabiano xvideo. comseita crossdresserfeminizacao hormonios dedos no cu porra conto eroticosafada ergue.a.saoa.empina.o.rabo para levar gosadaengolindo tudo o que poder pornodoido com carinhocontos eroticos de corno manso no pagode com negroschoupana cuzinho virgem gay xvideosconto erotico gay vaquejada capsonabulo entrou no quarto da prima e gosou tentro da bucetinacontos soniferopenis fino pode sastifaze uma mulhevideo porno velho mamando e mordendo e puxando o peitoqueru ver filmi u pai tentano come afilha di dozi anu em cuantu a maedormipornobicosdetetasporno dando a buceta noma tranza agresivacontos eroticos feminizaçao do garotinho maecomend9a novinha gosrosa no matinhovidio minini dado u. cu pro otrocarolzinha santos gordinha gostozinha trepano com colega de trabalhoconto desconsido arebentou meu cuvai nacasa do amigo e ve airma doamigo sex na salaminha esposa saiu comigo sem calcinha so pra me provocar meus amigoscontos eroticos estuprada pelo meu cunhadocontos. depois do jogo fui tomar banho com meu irmao e so punhetavoces vão declha eu doidinho por você nus fingirincerto irmao tarado que bulinou a irmã durmindo e comeu elaquero ver conto erótico sapeca safado gostoso amor dentro do carro dentro da capoeiracontos eroticos conhado bebado abandona esposaso gravidas nasiriricas pornodoidoporno negras pegas que foram espiadas no litoral paulistapai subiu em cima da filha para mete no cuzaoconto erotico o velho comeu meu rabaoquero ver as mulher tarada caseira com muco cervicalb***** com mais de um palmo de largura no XVídeosxvideos careca come cuzinho sem pena a fujonavelinha gosando em pinto muito grande