Fui brincar com o velhinho e me fodi, final

Um conto erótico de Ângela casada e safada
Categoria: Heterossexual
Data: 31/10/2016 09:55:14
Última revisão: 01/11/2016 06:20:37
Nota 9.00

Seu Pedro me enrrabava gostoso, ia até o talo,dava pra sentir as bolas encostando na buceta,depois tirava tudo,deixando só a pontinha da rola no meu anelzinho, me fazendo delirar!

Eu sentia aquele vazio dentro do rabo, e empurrava minha bunda na vara querendo ser preenchida novamente e sentir a espessura delíciosa da caralho do velhote me alargando as pregas ao máximo.

Então Pedro empurrava novamente a tora pra dentro do meu rabo até as bolas, me fazendo ir às nuvem.

_ que delícia esse cu Ângela,como é bom foder um rabo apertado assim.

_ tá gostando da minha vara menina?geme gostoso no pau do vovó vai cadelinha safada, da o cu gostoso pro teu macho enquanto o hotário do teu marido tá trabalhando sua vagabunda.

Pedro começou a me xingar novamente, e isso lhe dava prazer, pois sentia seu pau mais duro dentro do meu cu e ele me apertava as ancas com força, me puxando pra sua vara, e eu queria muito ser fodida assim, então gemia alto e rebola na pica do velho, que estava cada vez mais tarado.

_ tá gostando né cadela, já acostumou com o calibre da minha rola e agora que mais né, sua puta, como toda vagabunda que se presa quanto mais pica leva mais você quer não é sua cadela? Quer levar pica com força no rabo não é cachorra? Você gosta de ser fodida feito uma cadela, não gosta?? Responda sua puta!!!

E nisso Pedro lasca um tapão na minha bunda que me fez gritar e aí mesmo tempo contrair e apertar seu pau com o cú, me fazendo urrar de tezão e pedir entre gemidos

Humm....humm Aiiiii hooo hummm Meeeteee vaiii fodeeee hummm humm... Me fodeeee vaiiii hummm Aiiiii

Nem precisa pedir, logo Pedro começou a aumentar o ritmo das estocadas no meu rabinho.

Em pouco tempo o velhote me fodia forte no rabo, eu berrava na vara dele adorando sentir o peso do corpo dele empurrando o meu é suas bolas enormes batendo com força na buceta.

Pedro apertava minhas ancas e socava a vara sem dó no meu rabo, e me dava tapas na bunda.

Eu só gritava e gemia aproveitando há melhor enrrabava da minha vida, lembrava do Gé e de meu marido me fodendo juntos e aquilo estava tão bom quanto dar pros dois, queria mesmo que o Gé estivesse ali me comendo a buceta e meu marido me dando a rola pra chupar, seria uma mulher totalmente realizada.

Não tive como me segurar,Com o velho me comendo o cu feito um animal e todos aqueles pensamentos em minha cabeça, não deu outra.

Phummmm...gozei!

Na verdade tive um dos orgasmos mais fortes da minha vida, parecia estar, por um instante desmaiada,e de repente uma avalanche de prazer tomou conta de mim,do meu corpo, me fazendo sentir como se tivesse vários orgasmos seguidos, que me deixou imóvel e sem ar.

Eu não conseguia ter nenhuma reação, de olhos fechados tentava respirar e aos poucos me recuperar daquilo, meu corpo tinha espasmos e sentia como choquinhos percorrer por tudo.

E Pedro continuava a foder meu rabo, o qual já não sentia mais.

De repente do nada outra gozada daquelas, me fazendo gritar e levando de vez todas às minhas forças.

Após alguns instantes despertei,dei por mim e acho que deveria ter perdido a consciência por alguns segundos, vendo que velho tarado ainda me fodia o cu como se nem tivesse percebido nada, e eu senta meu corpo adormecido e entregue.

Aos poucos foi me recuperando e acho que deveria estar a mais de 15 ou 20 minutos sendo comida no cu pelo homem, e já começava a sentir meu corpo reclamar.

Meu cu ardia na vara do velhote, meu corpo estava totalmente suado e trêmula eu sentia minha buceta escorer meu melzinho pelas pernas.

Começou a doer meu cu e eu após muito esforço pedi para seu Pedro parar pois tava doendo muito.

Sem falar nada,e lê continuou a socar a rola em mim, então eu senti um bufetão meu rosto e um forte puxão nos cabelos que me fez minha cabeça ir para traz me causando uma muita dor.

_ cala a boca sua puta, tá pensando o que que vem aqui se oferendo e agora vai parar a putaria a hora que quiser? Eu vo para de te foder o cu quando tiver esjoado do teu rabo, ou quando ele não prestar mais e estiver muito arrombando,e você, cala essa boca e trate de ficar aí arreganhada que é assim uma cadela casada e vagabunda igual a você merece ser tratada, e eu sei,n não adianta chorar e fazer onda, que no fundo você gosta cadela ordinária!

Eu gritava e chorando implorando para seu Pedro parar com aquilo, pois não aguentava mais a dor.

_ Isso cadelinha gostosa, chora na minha rola que eu adoro ver uma puta metida a madame que igual a você berrar na vara.

_ achou que ia ser fácil vir aqui e tirar uma casquinha da velho sem pagar o preço sua vagabunda? agora vai aprender a não ficar fazendo charminho e provocar um macho de verdade sua cadela rabuda, depois que eu acabar, não vai sobrar uma prega inteira nesse rabo de madame metida a besta.toma pica no cú sua cadela, sua puta.

Eu não aguentava, e já não tinha forças para me soltar,seu Pedro é um Homem enorme e forte e eu,só podia chorar e mais nada.

Fiquei a mercê daquele velho malvado durante mais alguns minutos,que pareceram horas, sendo enrrabada,levando tapas e puxões de cabelos.

Até que seu Pedro começou a estocar mais forte e fundo a rola em minhas intranhas, eu já não reagia mais, meu rabo que antes parecia ferro em brasa, agora estava frouxo e adormecido, sentia apenas algo morno escorer pelas pernas.

Então foi literalmente levantada pela vara do velho, que ficando em pé me ergueu na vara, e me segurando pelos seios me fodia agora no ar feito uma boneca,eu subia e descia na vara do velho que comandava meus movimentos.

Ele começou a urrar, e socando no fundo me fazendo ficar espetada e gritando na sua rola pude sentir os jatos de porra enchendo meu cu maltratado.

Pedro gozou feito um animal dentro de mim e depois, me largou deixando meu corpo cair inerte no chão do depósito.

_Isso, e assim que uma putinha tem que fazer, aprendeu agora,como se dá o cu pra um macho de verdade??

E me beijando na boca acariciou meu rosto,e em seguida me deu um tapa na cara.

_ isso, é por ter cagado todo o meu pau sua cadelinha do cú frouxo, acho que tuas pregas agora se foram.

O velho rindo me jogou um rolo de papel higiênico, e foi em direção a porta dos fundos.

_ feche tudo quando sair querida, e se quizer tem um chuveiro no final do corredor lá tem toalhas e sabão pra você se limpar, e volte sempre que quiser ok, eu vo tirar o resto do dia de folga e descansar, você deveria fazer co mesmo querida,t tchau.

Fiquei ali sozinha por vários minutos, sentindo dores por todo o corpo, meu rabo estava quente e formigando,mas não doia mais, só sentia escorer algo dele.

Quando tive forças para me mexer, levei a mão na bunda e tomei um susto, escória uma mistura de sangue porra é fezes, e meu cu estava ainda todo abertos e enorme.

Com um esforço tremendo levantei e foi cambaleante ao banheiro,

Abri o chuveiro e fiquei um longo tempo ali, chorando e me recompondo, e pensando, por que seu Pedro tinha feito essa maldade consigo,estava tão gostoso tudo, porque me machucar assim?

Aos poucos meu cu voltou ao normal com ajuda da água morna e após o banho eu já me sentia melhor,pensei, "seu Pedro tinha me dado uma surra de rola de verdade", e eu que tinha subestimado o velhinho, acabei me fodendo de verdade.

Cheguei em casa e percebi que já eram 14:00 eu tinha ficado mais de 2hs e 1/2 nas mãos do velhote,ou melhor na pica, era algo incrível para um velho.

Tomei outro banho, um banho gostoso desta vez,e cai na cama adormecendo logo em seguida.

Acordei com carícias em meu rosto e nas costas, me virei assusta achando se tratar do velho tarado querendo meu rabo de novo.

_Olá dorminhoca, pelo jeito seu dia foi cansativo.

Era meu marido, já passava das 21:00 hs

_Nem te conto amor, meu dia foi foda, to acabada.

Desci com meu marido até a cozinha para comermos algo e logo voltei pra cama,e em seguida senti seus beijos em meu pescoço e descendo pelo meu corpo até chegar na buceta,me chupando e logo tive que satisfazer meu maridinho que me fodeu muito sem perceber nada,ou tezudo por notar que eu está toda fodida,nao sei. E por fim meu marido finalizou nossa trepada fodendo meu cu arrombando mais a vez.

Agora, que passou alguns dias,acho que entendi porque ele me fez aquilo,provavelmente essa deve ser a fantasia do seu Pedro,comer uma mulher a força eu acho.

Só que encarar aquele cassetão mega grosso no cu sem dó, me dá um certo medo que ele me mande para o hospital costurar meu rabo,ou me bater sei lá!

Estou avaliando se volto lá ou não, por que no final das contas, descobri que o vovó tem o melhor é mais gostoso caralho que já provei.

Bjs queridos até a próxima!

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
02/11/2016 21:56:41
Delícia
uem
31/10/2016 20:35:28
tezao

Online porn video at mobile phone


gostoza dando cu de 4 flagrei brechando e nao gosteicontopenisgrossocontos eróticos fingi que estava bêbada e liberei o cuzinhosenhor dos contos eróticos assalto com estupronegão socando a rola no c* da neguinha fazendo ela arregala o olhocropped mulher chorando no cacetecontos vi minha mae caga no pauzao do negaoperdi minha virgindade para um caminhoneiromãe sejipana deichando o filho gosar dentro da bucetanegao do pausao grande grosso lascano magrinhacontos roludo arregaçando recem casadinhaxvidio casada chupano o amigo do filho escondidoCanto do priquitode manga chamando o outrofui visitar minha inquilina e ela estava só de baby doll contosCapítulo 2 segunda temporada contos erótico sempre te quisminha enteada dorme de rabinho pra cima só doido pra uma luneta pra ela é melar ela todinhaDesabafo real de uma mae contos ero cap,IXxvideo.bucetaoassitircuiadia fudedo de xortiu curtover mulhet de sainha rebolando no motelClaudia souta nua mostrando a bucetaconto gay bostacontos eróticos escritos de lactofiliacontos shortinho da mamaecontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgeConto erotico anal com humilhaçao e cinto de castidade masculinacontos fudida por um caralho grande e grosso insertosvideo de porno .que nuher mão quanta que.cagaConto erótic com dogcontos eroticos encoxadas em salvador 2018Novinha de 18anos dando para um jardineiro com uma de 16centimetroxxvideo salvador sentono na picaxvidios mau emtra o dedoconto de novinha tomando nas coxassafada veste ropa com apora dento da bucetaminha titia se gozando com meu cassetelesbica fode a outra com dildo entroduzido na buceta e sentada na cadeirasmolhadinha de calcinha beidido toda abertaconto porno sequestrada e arrombafavoyeur cunhadaeu cuido da buceta e ele quer meu cuWww xvideo.com depiladora ñ resistiu a picaxvideo garoto trazado com agpcontos incesto lesbico mae enssina seu filhinho a bate punhetasilenciosa porno parte 2 contosnegão pauzudo comendo a forca faxineiro do hotelContos eroticos pai dotado na praiaconto cadela subnovinha loirinha de onzeanos bucetinha enxadinha transando com papaixvidio empesaBaix porno emprensando na paredecavalopornocornoxvideo novinha batendo sirirca chamando por biel ate gosapai esfrega a ponba n clitoris d filha e faz goxarassistir filmes pornô super excitastes gosando n ponto xmaster lindas n metrohomossexualidade e voiercontos de sexo da tetêler contos eroticos menageconto esposa peida pinto comedorxvideos sexo com violência e mãozadaesposa e acediada pelo patrao do marido pornoContos eroticos gay emgrachante onfaxvideo foda rija ate choraConto gay novinho crentecomo entroduzir um penes no cu da mulhet com caltelameu corno troxe um negão para me foder e tirou fotosGTA andando pelado mostrando a pingolaBuceta de porca ou cadela qual mas apertadaminha sogra e esposa no canil fodeno com todos cachorro grande conto eroticoquero ver fotos de buceta de saquinho de geladinhoxvideos novinha dormindo com irmao comessa provocalo ate ser fodidacontos eróticos de meninas de 25 anos transando com cachorro Calcinha Preta com lacinho rosaconto erotico gay comi o playboy sarado e pegadorvideo porno gay chatageado meu o namorado da irma xvideoconto erotico netinhacontos eróticos de incesto mamae muito carente dengosa