Na pescaria só me interessou a vara

Um conto erótico de Bruno
Categoria: Homossexual
Data: 10/06/2016 11:41:54
Nota 10.00
Assuntos: grupo, Gay, Homossexual

Depois de recusar varias vezes o convite de ir a um rancho de pescaria, acabei cedendo e fui com meu primo Paulo e mais dois amigos, Gera e Quim, chegamos num sábado pela manhã e quando estávamos lá o Quim disse que a pescaria era o menos importante, o que valia era a bebedeira, e quase que imediatamente começamos a beber. Já na hora do almoço ainda sem ir até a barranca do rio começamos um churrasquinho, e dá-lhe cerveja, caipirinha e carne, a essa altura todos já estávamos bem descontraídos e começaram as conversar sobre putaria, o quando comecei a me sentir meio besta, O Gera já falava até meio mole, mas assim mesmo continuamos a beber, comer e falar putaria. No final da tarde começou a chover e esfriar, cada vez piores nós resolvemos entrar e na sala escondidos do frio e da chuva continuávamos a beber, Já de noite e ainda chovendo, a energia elétrica acabou e ai sim não tínhamos nada para fazer além de beber, sentadão no sofá observei que todos estavam fora do normal, um só ria, o outro ria do que estava rindo e o terceiro estava de cara meia fechada, mas todos ainda bebendo. Quando a noite se tornou um breu, sem dizer nada a ninguém e com frio, fui até o quarto, fiquei só de cuecas e me enfiei na cama debaixo das cobertas, quando eu já passava pelo sono, Gera entrou no quarto, me fingi de dormir, ele ainda me perguntou se podia deitar ali, como não respondi, ele levantou a coberta e entrou junto comigo, deitando-se de costas para mim, pouco depois me levantei e fui ao banheiro, e ao passar pela sala vi que o Quim e Paulo dormiam espalhados e roncando. Voltei para o quarto e me deitei novamente, conforme o tempo ia se passando eu e Gera íamos nos acomodando cada vez mais, até o ponto de eu estar deitado e encaixado em seu colo, depois que achei essa posição não me mexi mais, então senti seu braço passar por cima de mim e me abraçar, e aos poucos sentia seu pau endurecendo encostado na minha bunda, quando estava uma pedra de duro, eu sentia ele pulsando, ai então ele pegou em minha mão e levou até seu cacete duro, comecei então a apertar por cima do seu calção, ficamos assim durante um tempo, até eu com um vontade louca de sentir aquele cacete entrar em mim, comecei a tirar minha cueca, automaticamente, Gera também tirou seu calção, então agora eu sentia seu pau encostando em minha bunda, discretamente lambuzei meu cuzinho com cuspe e segurando em seu pau encostei a cabeça na portinha do meu cu, levantei um pouco a perna direita e ele começou a empurrar seu pau em mim, entrou a cabeça e todo o resto até ele encostar seu corpo no meu, meu pau pulsava de tesão e então ele começou a meter em meu cuzinho bem devagar, sentia seu pau entrando e saindo do meu rabo bem devagar, adorando ser comido daquele jeito eu só ouvia o ranger da cama, alguns gemidinhos e os roncos, ele metia em mim deliciosamente devagar e aquilo estava me levando a loucura, ele meteu em mim durante um tempo e então tirou o pau do meu rabo e gozou na própria mão, ainda imóvel eu só esperava para ver o que ia acontecer, ele se levantou, foi ao banheiro e logo voltou, se deitou de conchinha comigo e ficamos ali nos esquentando. No outro dia pela manhã, Gera dormia, e eu resolvi levantar, assim que cheguei a sala, vi o Paulo mamando como uma cadela no cacete de Quim, aquilo me deu um baita tesão, mas não quis atrapalhar e voltei ao quarto, Gera ainda dormia, me deitei e esperei, passei para o sono novamente. Tempo depois me levantei novamente, Gera ainda dormia, quando cheguei na sala, Paulo e Quim estavam dormindo, fui para a cozinha, fiz um café e de cueca enrolado em uma coberta, sai fora da casa tomando café, quando terminei a xícara, Gera apareceu, me deu bom dia e com uma xícara de café disse: - o que você achou de ontem?

Eu: - adorei foi delicia. E como eu já havia visto Paulo e Quim, não estava preocupado com a opinião deles, mas Gera continuou: - mas você nem gozou ontem, foi bom para você. E a melhor resposta que eu poderia dar foi assim, me abaixei em sua frente, meio que o enrolei da cintura para baixo com meu cobertor, abaixei seu calção e pude ver seu pau, lindo, mole e na minha cara, comecei a mamar, ele então disse: - e se os caras vierem, o que vamos fazer? Tirando o pau da boca e embaixo da coberta eu disse: - se eles quiserem participar vai ser ótimo. E voltei a mamar, quando seu pau estava a ponto de explodir de tesão ele me pediu para me comer novamente, como do lado de fora estava molhado, voltamos para o quarto e assim que entramos eu tirei minha cueca e subi na cama ficando de quatro e disse: - vai soca esse pau gostoso em meu rabo. Gera veio direto, senti a cabeça do seu pau passar pelo anel do meu cuzinho e levar para dentro do meu rabo todo seu cacete. Pedi então: - vai me come como uma cadela, soca forte seu pau em mim, e assim ele fez, enquanto ele me comia, Quim entrou no quarto e vendo a cena disse: - hum que delicia posso participar, e já botou o pau na minha cara, enquanto Gera metia em meu rabo cada vez mais forte e gostoso, eu começava a mamar no pau do Quim que endurecia na minha boca, então pedi aos dois que metessem em mim e que me enchessem o cuzinho de porra, eu gostava de sentir meu cu cheio de porra e então Quim disse: - deixa eu meter um pouco nesse culão, tô quase gozando já. Então trocaram de posição e Quim começou a me comer, por pouco tempo e começou a gozar dentro de mim, assim que tirou disse: - vem Gera, rápido, que tá escorrendo. Eu sentia a porra que começava a sir do meu cuzinho, mas Gera rápido socou o pau em mim, empurrado a porra e todo seu pau em minha bunda, a essa altura eu já dava uns gritinhos pedindo para ele meter rápido, e seu pau entrava e saia cada vez mais rápido na minha bunda, e então o segundo cacete começava a me encher ainda mais de porra, aquela sensação era deliciosa, ele terminou e mesmo saindo porra do meu rabo, me sentei na cama e começando minha punheta disse: - vai os dois, tragam esses cacetes aqui que eu quero chupar. E revezando na mamada nos cacetes melados eu comecei a gozar como louco, depois de termos gozado, ficamos durante um tempo ali e já vestidos voltamos a cozinha terminar o café. Ficamos até o final da tarde no rancho, mas não trepamos mais, e também não disse nada ao meu primo Paulo. Ainda não disse.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
11/06/2016 04:14:36
.massa
10/06/2016 20:22:58
Adorei!
10/06/2016 17:27:42
Delicia *
10/06/2016 17:27:31
Que Felícia de conto , quero te convidar pra levar rola minha também email pra contato
uti
10/06/2016 14:02:18

Online porn video at mobile phone


titio caralhudo noivo corninho safado noiva putinha contos eroticosfudida por um tio pirocudo contodominando um casalconto - ela tomou o primeiro golinho de porra da vidanovinha estruprada e anal aforca ogrigada wdconto erótico vigilante do bancocurrado na borracharia de beira de estrada conto erótico gayContos eróticos procurando aventura no clube de campo1tesao na cuecacoroas descuidando da calcinha e da bufeta gostosavideo de sexo narido xifrado com a comlhada escolatia submisa dan a busetavarias mulheres nuas no meio da grama mexendo na buçetamundobichairmaocasa dos contos eroticos Alê12contos eroticos com homens tarados por peito com leitexxxvideos bafo psi comendo sua filha escondidoestrupador confessando yotubexvidios vidios homem goza no cu da puta e ela comtinua chupando ate ele goza dinobohomem leva uma mulher a loucura de tanto ecitalaesposa prostituta bunda flaçida e mole cuzao contosgosto muito de praticar zoofiliafilha senta no colo do pai na hora do filme de terror. X vídeoNovinha reboa gostosa yotubmulher pelada e homem pelado homem botando sua Peixada da bunda da mulherxvidios estorando as prega das cuzudasevangelicas na zoofilia com cachorrocasada fode chamando corno falando obscenidadescontos pai sangue do cabacoVelhopintudocontosVideo para bateponheta matrixvideo de cigano cacetudo fudendo outro homemnovinha chora mas negao garda a rola nabucetinhamulheres com a voz rouca transandoeu te abrasei nevinha pode parvídeos de veias tirando a caucinha dando o cu pra velhopau no cu da incoerente pornopornu novinhas tranzando com primo nivinhas da buceta os cabelos fininho dando e gozandocontos eroticos de esposa putacontos erotico,meu genro me enrrabou dormindo you tube video de cachorro gigante com cadelatransando e mostrando ele engatadoporno criamca. di. 7 do abuceta pormo piqitoconto erotico patra tarado fas crenta casada vhotar e gosar na sua rolacomendo a pretinha que tiha ido mija Donaflorindametendobaixar xxxxvideosmulher traindoComtos eroticos de biatas com padrescano grosso buceta cock.comAdulta criando pentelho na bucetavizitou a. amiga levou foi rola x videoshomens peru gigantes pocando bucetas cuContos eroticos com fotos de podolatria tentando mexer nos pes da primaaconto erotico esposa do pacotao .com shortinho pequenininhoxvideo bricando park mao boba a quaticocontos de transa com mylheres da orla da lagoa da pampulhaxvios meninas chupando pau grossocrossdress betinha 4textos e contos eroticos para baixar no celula primo tarado w pauzudonovinha lindas de chortinho curtinho com cachorro metendo muitocomebuceta irma outra irma prexacache:qdA4C-nsN0AJ:zdorovsreda.ru/texto/201403719 fiume porno antigo do tasaõconto eroticos. quando era mais nova. eu era uma putinhaHistorias de incesto_coroas da pomba cabiluda alucinada em dar a pomba pro genrocontos de sexo no carro com um cara aiii metiii maisporno ela foi faser a unha dele e viu ele de pinto duro fragacontos climax. negao roludocontos eroticos feminizaçao do garotinho maepastora bucetuda de fil dentalcoleirinha as maiores bundaseu quero ver o sexo entre lésbicas sadomasoquismo com lactofilia ela outras mulheres mamando nela e amamentando três mulheres chupando peitovoleiexcitadohomens bobinho pinto fino viadoeu e minha mãe e minha irmã moramos sozinhos eu tenho 22 anos de idade minha irmã ela tem 18 anos de idade eu tirei a virgindade da buceta e a virgindade do cu dela minha mãe ela sabe que eu fodo minha irmã eu tava com a minha mãe sozinho em casa minha mãe disse pra mim filho eu quero fuder com você ela me levou pro seu quarto eu fudi sua buceta e seu cu conto eróticmulher flaga sua amiga do rabao uma morena dando o cu para seu marido negao dotado com o penis de 030cm e da tambenwww.contos eróticos meu paideixo eu fude minha mae.comfrutaporno sexo dp com limpadores de piscinadoce nanda parte cinco contos eroticosvídeo pornô máximo eletrizante que arrombafilha deixou no colo e deixou ecitado xvidiobucetinha novinha estralandoxvideosporno pirno buceta saindo gosmacontos eróticos as amiguinhascontos eroicos cachorra chupa paud homemfilhinha da mamadeira contos eroticosabaixar pornô mãezinha e Fininhovideo de sexo e porno comendo mulheres escodido porbaxo do vestidonefinhas gostosas fodendo muitoPutinhas novinhas lsd rufilha pede para o pai soca a pica uma cenora junto no cuafricano comeu meu cutravesti de bunda grande mas gostosa do recife ponodoidoxisvido filha passando a maoempregadinha contoespiabno a irma troca de roupa e tranza com ela porno.doidocontos erotico gay violentado lingeriexvidios mau emtra o dedox videos curraincesto