O colega professor me chantageou e me comeu gostoso

No dia seguinte acordei assustada com as loucuras que tinha feito. Como é possível que eu tivesse sido tão amadora e irresponsável. Agora meu aluno tinha em seu e-mail material para me chantagear se quisesse e ainda tinha o guardinha... Ai meu deus que loucura. Eu tinha me tornado uma vadia e aquilo ainda ia destruir a minha vida.

No dia seguinte, fui trabalhar temerosa. Na aula o Fernando flertou comigo e tempo todo e eu não sabia o que fazer para evitá-lo. Passei uns exercícios para turma e fui sentar em minha mesa. Ele mais do que de pressa veio se sentar ao meu lado com a desculpa de que precisava de uma explicação. Fez algumas perguntas para disfarçar e de repente começou a acariciar a minha perna por baixo da mesa. Nesse momento eu gelei, não podia dizer nada, pois outros alunos poderiam ouvir e captar alguma coisa. Tirei sua mão e continuei a responder quase gaguejando. Ele recolocou a mão de maneira mais incisiva. O safadinho já estava acariciando a minha xana por cima da roupa. Sabia que não adiantaria falar nada e se eu tirasse sua mão ele recolocaria. Então levantei com a desculpa de que explicaria para todos, pois a sua dúvida poderia muito bem a dúvida de outro colega. Ele voltou para o seu lugar e continuou a me enlouquecer de longe.

Ao final da aula ele veio falar comigo:

- professora, ainda estou com algumas dúvidas, você poderia me ajudar?

Esperei que todos saíssem e disse:

-para com isso, menino. Você quer acabar comigo? Se nos pegam é o fim da minha carreira. Já te dei mais do que deveria. Sei que você nunca imaginou que pudéssemos ir tão longe, então por que não se dá por satisfeito e vai atrás de uma dessas novinhas?

-ah, é isso que você quer? A Marcele tá louquinha por mim? Sabe que já rolou umas fotos dela sem roupa na net?

-então, vai lá e aproveita.

-sem essa vagabunda, viciei nessa sua boceta gostosa. Para de fazer doce, porque eu sei que você tá louquinha pela minha pica. A vadia deu pro guardinha ridículo e agora acha que pode me dizer não?

-para com isso. Eu só quis evitar confusão, ele poderia nos prejudicar.

- ah vá, você tava é louca por rola que eu sei. Hoje eu vou passar na sua casa não tô a fim de ouvir desculpas.

Nesse momento ele saiu sem esperar respostas e eu percebi que tinha alguém no corredor. Era outro professor. Ele esperou o menino sair e entrou. Me perguntou o que estava acontecendo. E eu disse que ele tinha ficado para esclarecer umas dúvidas. Mas ele sorriu e disse que já estava ali há algum tempo e tinha ouvido a nossa conversa. Nesse momento gelei. Estava ferrada, minha vida estava acabada. Tentei dizer-lhe que ele estava enganado, mas ele disse sabia muito bem o que tinha ouvido e que só tinha um jeito dele esquecer aquela história.

- é simples. Com o que eu ouvi eu posso foder com a sua vida, mas eu prefiro foder essa sua bocetinha gostosa. Tenho certeza que você vai gostar muito mais da minha pica do que da pica desse garoto bobo.

Minha cabeça entrou em parafuso. Cretino. Filho da puta. O que fazer? Antes que eu conseguisse dizer alguma coisa ele disse:

- conheço um motelzinho discreto e bacana. A gente pode se encontrar no shopping assim você pode deixar o seu carro no estacionamento e nós vamos no meu. Assim fizemos. Antes de chegarmos no motel ele já foi enfiando seus dedos em mim, começou acariciando a minha perna, afastou a minha saia e empurrou a calcinha para o lado me oferecendo um carinho muito gostoso. Ele pegou a minha mão e colocou no seu pauzão que mesmo por cima da calça dava para ver que estava bem duro.

Eu estava enlouquecendo. Entramos no motel e ele já foi me agarrando: me deu um gostoso beijo de língua, e começou a beijar o meu pescoço, abriu a minha blusa, tirou o meu sutiã e começou a chupar gostoso.

- ahhhhhhhh, que delicia, hummmmm, que gostoso.

Ele me virou contra parede e começou e me beijar na nunca, morder a minha orelha. Levantou a minha saia e tirou a minha calcinha e enfiou de uma vez. Nessa hora eu não aguentei e soltei um grito. A sua pica era maior e mais grossa do que a do meu menino, do meu marido e do meu guardinha. Ele percebeu a minha dor e ficou um tempo parado. Começou a massagear o meu grelo por baixo e eu comecei a gemer e pedir para ele meter. Ele começou a com estocadas leves em movimento suave, mas com o tempo ele aumentou as estocadas e eu não aguentei, gozei como nunca.

-ahhhhhhhhhhhh que pirocona gostosa, hummmmmm, ahhhhhhhhhh, tô gozando, ahhhhhhhh, ahhhhh, que oucura, mete, mete mais forte eu tô gozando.

Ele intensificou as estocadas e de repente minha xana estava cheia de porra. Ele me carregou até a cama e ficamos um tempo sem fazer ou dizer nada. Então eu levantei e comecei a chupar aquele pauzão, mas era grande e grosso demais e eu não conseguia enfiar toda aquela pica na minha boca. Conforme ele foi se recuperando ele começou a me tocar uma deliciosa sirica. Então em pouco tempo eu já estava gozando de novo. Agora em sua mão. Quando ele sentiu o melzinho escorrer me levantou e me colocou na posição 69.

Ai que delicia, a língua daquele homem era uma delícia e ele estava me enlouquecendo com suas chupadas, mordidinhas no meu grelo e aquela linguona dentro da minha xana. Então ele me levantou novamente me colocou de quatro e começou a beijar o meu cuzinho, ele beijava e chupava alucinadamente.

-ai não, eu não vou aguentar.

-você deu para o garoto não deu?

-o dele é bem menor e mais fino. O seu eu não vou aguentar.

Ele não disse mais nada, apenas continuou a chupar e começou a massagear o meu clitóris, de repente levantou e enfiou de novo na minha boceta. Ai que loucura, aquele homem era demais. Ele me fodia como um louco, estocava com força, puxava o meu cabelo e dizia:

-eita putinha gostosa. Nunca pensei que realizaria o meu sonho. Ahhhhhhhhhhhh, vou te matar de tesão, delicia.

De repente ele cuspiu no meu cu e começou a enfiar os dedos, primeiro um, depois dois e quando eu percebi já tinha três dedos no meu reguinho.

-eu já falei que não. Para.

Nessa hora ele tirou seu pau da minha xana e enfiou no meu cuzinho sem dó nem piedade. Gritei muito, pois a dor foi intensa. Ele enfiou tudo e esperou que eu me recuperasse para começar a mexer. Em pouco tempo eu já estava urrando de prazer e não demorou muito para que outro orgasmo chegasse.

-ahhhhhhhhhhhhhh, você está me rasgando. Filho da puta, ahhhhhhhhhhhhhh, que delicia, filho da puta cretino, ahhhhhhhhhhhhhhhhh,ahhhhhhhhhhhhh

Gemi e gritei muito. Mas ele ainda meteu por um bom tempo parece que ele estava segurando o gozo para mostrar como um homem de verdade fazia. Ele esporrou muita porra no meu cu e caímos deitados na cama. Eu estava toda arrombada, mas estava incrivelmente feliz.

Depois de um tempo fomos tomar um delicioso banho de banheira e eu cavalguei gostoso naquela pirocona gostosa até que gozássemos outra vez.


Este conto recebeu 3 estrelas.
Incentive professora safadinha a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
19/04/2016 08:45:22
Nossa professora,cada dia mais puta,e como vc goza,delícia mais uma vez
09/01/2015 12:20:04
Hum está professora cada vez mais excitante e putinha.. Preciso ter umas aulas vc me ajuda.
30/12/2014 10:18:01
tenho muita vontade de fude uma professorinha e foquei louco pra arrombar beijos Beto
29/12/2014 16:54:22
Mulheres, me add no skype:
29/12/2014 16:49:55

Online porn video at mobile phone


furou o bico da camisinha enquanto o viado nao via xvideosporno moçambicano putas gemendo e falando coisas escitantes.incesto com meu vô contosmicilene peladosporno contos casal de inquilioginecologista me masturbou gostoso contosanjo discreto casa dos contosminha mulher me fez de mulhezinhaElda dando o cú gostosocavalo viou pau ate no urtero da novinhacunhada bao queria mas aveitou trnsa com cunhadocontos gay babydool maeTios Safados inludindo Adolecente X Videoeu, minha namorada, minha namorada e meu tioVidios porno loirinha magra consegui colocar.um pau de 60m no cu xvidios.comirmao tarado casulia inosente hdbaixinhas Vitinho pequeno batendo siriricaquero ver aqueliqui nuadeisinha dando a bunda.irmalouca pra perdero cabaco pro irmarposicao frango assado putaria brasileira pra salvar no celularcunhando cumeedo a esogosada dentro da buceta de surpresa.sexo em famíliaporno madastra fodendo enteados ninfetosconto erotico velha casada banca negao pirocudocontos eroticos madrasta cachorra leva surra de pica dcontos eiroticos leilapornfotos de profesor japonesa tamno abucetacontoerotico namorada e mae putas do tio jorgecontos eroticos menina aprontandoconto erotico funk peladaxvideo arrombando o cuzinho preto nao pagou o aluguel levou rola no cunovinha nao aguentor rola groca desmaior xvidiocontos erótico com marido tampa os olhos da esposaFilme porno pai fudend a filh bem gostoso e gozand na bubutConto erotico fudendo a novinha antes dela virar freira ela nao aguentaseduzida por um estranho contos pornocontos gay caminhoneiroamo meu corninhoxx videos lesbicas en fando amao no do amigocontos mulheres casadas camareiro de hotelcontos eróticos chifrecasa do contos eróticos negão tirando as pregas do c* das viúvasVou contar como consegui transar com minha inquilinameu tio aproveitouse de mim eu quero pornografia pornografia as meninas retada os cabelo achando tudo grandeConto porno de incesto de pastoe possível ter.orgasmo quando estiver engatado com cachorroacetona gulosa chorando engolindo picacuiada fudedo com xortiu de dormiconto erotico boa noite cinderelaa filha dormindo nove anos eu pai catuca no ela e chupando a b***** delamaior cu domundo ecoxa ebunda pornoapica tatoda no cu da brasileira e ela pedi maiscirleia bucetudacontoseroticos/comadre rabudapadrasto fica louco quando era antiga das Calcinhasencostei no bico do peito edoeusex. video amarcaiaporn invasão curra na favelaSoquei fundo o consolo na mamae gostosaa empregada disse adoraria te comer contospezinhos suados e com chule contos eroticosfiquei sozinha em casa com meu padrasto não resiste aquele pauzão enorme xvideos.com mobileconto erótico gêmeas lésbicasjoice na zona zofiliavídeo pornô mulher bola toda agoniada para pica entrando em sua b***** mas não consegue porque a b***** muito apertadaContos eroticos curtos esperiencia , sexesul com cachorro zoofiliaconto erótico mulher sequestradacrente safada contosconto erptocp gay pai