Um estranho 13

Um conto erótico de Igor Alcântara
Categoria: Homossexual
Data: 05/09/2014 17:14:42
Nota 9.88

Eu baixei a cabeça.

- Você quer mesmo ir pra casa? Você sabe que pode ficar.

- Não posso ficar pra sempre. Além do mais eu não tenho nada aqui, eu preciso ir pra casa, já perdi aula hoje.

- Ok então.

Ao chegar em casa ele estacionou.

- Eu vou comer algo. Tô aqui por perto. Qualquer coisa me liga aí...

- Tá bom. Obrigado por tudo.

- Amigos são pra isso.

Eu fui em direção a casa. O portão estava aberto. Brutus veio me receber. Entrei na sala e vi Bernardo sentado à mesa da cozinha tomando café. Meus olhos marejaram um pouco assim que o vi. Eu tentei disfarçar.

- Lucas... – ele suspirou aliviado.

Ficamos em silêncio. A minha mochila ainda estava encima do sofá como havia deixado. Ele puxava o ar como se fosse dizer algo, mas não saia.

- Por favor, não faz mais isso comigo. Não faz...

- Eu disse que precisava de um tempo. Precisava pensar...

- Pensa aqui. Perto de mim. Não me deixa assim não. – ele chorou.

- Para de chorar. – ele fez uma cara de estranheza e engoliu o choro. - Bernardo o que aconteceu ontem...

- Foi um mal entendido. Eu já expliquei! Você tem que acreditar Lucas!

- Tudo bem. Você tem mais algo a explicar? Algo que eu não saiba? – eu peguei minha mochila e fui até a mesa.

Ele passou a língua nos lábios e ajeitou o cabelo.

- Entra aqui. – ele foi pro quarto. – Tá vendo essa estação de academia? Tá vendo... – ele abriu duas portas do guarda roupas e mostrou as melhores camisas e camisetas. Abaixo delas alguns bonés, inclusive o da foto do perfil no WhatsApp. – essas roupas? As rodas personalizadas da moto? Tudo isso foi ela quem me deu.

Ele pôs as mãos na cintura esperando minha resposta.

- Então você era... um garoto de programa dela? Ela te pagava e você...

- Ela me dava presentes! Muitos presentes. Constantemente! Ela não podia exibir pras pessoas um cara que anda de regata e jeans. Presente compatíveis com a condição financeira dela. Ela é rica Lucas. Queria um cara mais jovem que ela pra ostentar.

- Sua mãe nunca falou nada?

- Minha mãe nunca falou nada. Sabe por quê? Porque melhor isso tudo tá saindo do bolso de outra pessoa que do dela.

- Eu não quero ouvir mais nada... – me virei pra sair do quarto quando ele me segurou.

- Dessa casa você não sai!

- A casa também é minha. – ele me soltou.

- Lucas, por favor, vamo ficar junto. Eu tô pagando por algo que eu não fiz!

- Eu não vou sair.

- Graças a Deus! – ele me abraçou. O cheiro era tão bom. O perfume. Eu senti um arrepio.

- Bernardo tem mais alguma coisa?

- Não, não. Nada! – ele disse sem me soltar. Eu me afastei e agi por instinto.

Deu um tapa na cara dele.

- Então porque não fala que foi na casa dela ontem?

O tapa fez ele jogar o rosto pro lado. Ele ficou olhando fixo pro chão. Endureceu todos os músculos.

- Eu não sabia onde te procurar. Não tinha o contato de nenhum amigo seu. Anoiteceu e você não voltou. – ele levou a mão ao lugar do tapa. Estava vermelho. - Eu fiquei com tanta raiva que eu fui à casa dela depois do horário da aula e disse algumas coisas. Ela tentou me subornar. Disse que não importa com quem eu estivesse eu nunca ia encontrar uma mulher com o porte dela, que me desse tudo o que eu queria, que fizesse minhas vontades. Eu não ligo. Disse umas loucuras lá pra ela e saí.

- Muito provavelmente não vai mesmo.

- Lucas, eu vive o pior dia da minha vida. Por favor, não inventa de me deixar de novo daquele jeito, eu não sabia pra onde você havia ido, onde você havia dormido nem nada... Por falar nisso, onde foi? E como você sabia que eu fui na casa da Amanda?

- Eu dormi na casa de um amigo.

- Que amigo?

- O Natan. – ele respirou fundo. – O prédio dele fica do lado do dela e ele viu você entrando.

- Aposto que ele deu um discurso de amigo acolhedor te aconselhando a não voltar!

- Se tivesse dado não estaria errado. Ele não fez isso. Só me ofereceu a casa pra passar a noite.

- Você briga com seu namorado por uma coisa que você nem sabe se ele fez e o cara já vem oferecendo casa pra você dormir e blá blá blá... Sinceramente!

- Não tente inverter as coisas. Você tinha uma mulher de lingerie em casa.

- Desculpa. Desculpa. Desculpa. – ele me abraçou de novo. – Ela é louca! Não vamo brigar de novo.

- Eu preciso de um banho. Vou pro meu quarto.

- Eu não vou ganhar um beijo?

Eu dei um selinho sem graça. Eu tenho que admitir, parte de mim ainda não acreditava no Bernardo. Ele me deu mais um. Mais um. Me deu um beijo na bochecha. Desceu pro meu pescoço e cheirou forte. Falou baixinho: “Senti tanto sua falta. 24 horas terríveis sem tua companhia.” Minhas mãos repousaram em seus ombros e ele me apertou mais forte me fazendo soltar um gemido baixo. A boca dele agora chupava meu pescoço e a barba ralava a lateral do meu rosto. As ereções apareceram.

- Bernardo, eu preciso banhar. Você tem que ir pra universidade.

- Eu não quero.

Ele me deu mais um beijo.

- Vai. Você já perdeu aula ontem.

- Não quero dar de cara com a Amanda. E já são mais de sete.

- Você tem que aprender. Pega as últimas aulas.

Ele fez uma cara de triste.

- Vai. Eu vou preparar algo pra comer e ficar te esperando.

Ele me deu mais um beijo que quase não termina e por fim decidiu.

- Eu não demoro.

- Ok. – eu saí pro quarto.

Ele tomou um banho rápido e saiu. Eu trouxe Brutus pra dentro de casa e fiquei com ele o resto da noite. Liguei pro Natan.

- Agora sim você demorou. Eu já voltei pra casa.

- Não... eu vou ficar em casa mesmo. A gente se acertou, eu acho.

- Acha?

- É muito recente, digamos.

- Saquei.

- Obrigado mais uma vez.

- De boa. Sabe que é só ligar.

- Tá certo. Boa noite.

- Valeu!

22:00 em ponto o Bernardo chegou. Imagino que saiu mais cedo. Ele entrou e puxou o caderno de baixo da camisa jogando no outro sofá. Já veio pra cima de mim no sofá com um beijo.

- Comeu alguma coisa? – ele perguntou.

- Comi sim.

- Então vamo dormir que eu não dormi ontem. – ele falou me abraçando e colocando a cabeça no meu peito. – Você vai dormir comigo né?

- [...] Vou...

Ele levantou e me ofereceu a mão. Quando levantei ele colou em mim passando os braços em minha volta. Me beijou e fomos caminhando assim – eu de costas – rindo até o quarto. Lá ele me soltou e tirou a roupa. Eu também. Fui pra cama enquanto ele ficou em pé pelado no meio do quarto regulando o ar condicionado.

- Vou te dizer que esse calor que você sente é só teu mesmo. Porque com o ar ligado eu não durmo nu. Nem pensar. Na verdade eu não durmo pelado nem no calor.

- Já acostumei...

Subiu na cama engatinhando como sempre e veio se cobrir. Eu deitei a cabeça em seu braço esquerdo.

- Como foi na universidade?

- Ela ficou no fundo. Não me olhou. Não falou nada. Não disse uma palavra sequer.

- Ainda bem.

- Ainda bem mesmo. Eu ia explodir com ela no meio da sala se ela me dirigisse a palavra.

- Hum...

- Deixa isso pra lá. – ele fechou o braço me apertando no peito dele.

Ficamos calados. Era estranho como eu me sentia. Era tudo “muito recente” era o que eu pensava pra me consolar na tentativa de justificar o que eu sentia. Senti vontade de chorar.

Pensei que ele já estivesse dormindo. A respiração estava serena. O braço imóvel comigo em seu peito. Eu sentia vontade de soltá-lo e ir pro meu quarto. De alguma forma sentia, mas eu sabia que isso vinha do que eu tinha visto na tarde anterior. Eu precisava lutar contra aquilo, se eu fosse acreditar no Bernardo tinha que ser por inteiro. Não podiam sobrar dúvidas.

Decidi não sair. Eu ia ficar. Ia lutar contra isso e continuar nossa relação. Eu esperei tanto por aquilo, ia desistir de mão beijada assim? Na primeira dificuldade? Se bem que... não era qualquer dificuldade. Uma suposta traição era muita coisa, ainda mais combinada com tanta coisa nova sobre ele. Mas eu ia ter que lutar contra isso.

Levantei o olhar e ele estava com os olhos fechados, respirando lentamente. O envolvi com o meu braço. Minha barriga encostou-se à lateral do seu abdome, senti a pele nua quente. Passei a perna esquerda sobre a dele e a deixei entre as suas duas. Meu pênis ficou pressionado em sua coxa.

- Finalmente. – ele sussurrou rindo baixinho. Me apertou mais forte e assim ficamos.

Eu ia dar um jeito nisso. Custe o que custasse.

_____________________________________________

Vida corrida mas vamos lá! Eu estava terminando de responder os comentários quando de repente faltou energia, quase desisto de postar! Vou tentar lembrar de tudo que escrevi:

Monster: Eu não conheço o Natan e o ROny, mas segundo o Lucas eles são moleques assim mesmo rs.

Drica (Drikita): Ciúme demais é chato mesmo.

marcelo8488: Não! Não vai ter morte menino!

Fernando_Mocelim: kkkk o cara que tem que ser teu é o carinha aí que você falou!

Lost boy: Eu devo repostar assim que esse conto aqui acabar. COmo os capítulos já estão prontos, faltando só revisar, então sai com mais rapidez. Natan e ROny não se pegam, segundo o Lucas. Todo mundo quer o Bernardo, menos eu é claro... Kaio está lendo. s2

thevinny: É essa parte sim.

For Fun: Eu quero quebrar a cara do Kaio de murro quando a gente briga e eu falo algo que ele duvida. Imagina numa situação dessas? Coitado...

Irish: "tomara que ele acabe com ela", eu fico pensando como se o Lucas desse uma surra nela! kkk

vitinho: Tô vendo... Faz uns meses já. Acho que 3 eu sei lá. Vou saber disso. MAs pela cronologia do conto dá pra saber.

Drica Telles (Ametista): Bernardo é que nem o Kaio algumas horas... Eu já falei pro Lucas. Esses meninos não tem racioncínio rápido pra algumas coisas não. Bando de retardados.

EDITADO 17:09: Aos demais o meu super abraço. Desculpem, não vou citar o nome de todo mundo porque tô editando o conto da academia pelo celular e é muito complicado. Mas advinhem quem está malhando comigo desde ontem? Bernardo! hahaha!

Outra coisa que eu quero saber de vocês: Quem aí acredita em relacionamentos à distância? PRECISO DA OPINIÃO DE TODO MUNDO! Respondam por favor! É importante, depois eu explico.

[email protected]


Este conto recebeu 0 estrelas
Estamos testando um novo formato de votação. O ranqueamento será feito não mais pela média, mas apenas pela soma das notas oferecidas. As notas também serão apenas de uma, duas ou três estrelas. Isso deve evitar que haja quedas repentinas do ranking por conta de ataques por alguém que queira manipular os resultados. Se tiverem dúvidas, .

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
06/09/2014 18:38:25
Uhuuu voltaram !!! Se for algo verdadeiro nada pode destruir :)
06/09/2014 10:10:20
Aiii que fofo! lucas fez o certo! será? hahaha acho que sim Bernardo não seria tão burro assim não! enfim todos merecem uma chance né, Bom vc perguntou se acreditamos em relacionamentos a distancias! eu acho que sim se o amor é verdadeiro nada, ninguém nem distancia será una barreira, inclusive eu tava vendo videos aleatórios no youtube e parou em um com essa temática um casal de adolescentes, não aguentei e chorei de tão lindo! Então senhor Igor seja o que for deixa acontecer. bjos <3
06/09/2014 10:09:12
lucas ama isso é fato e quer viver esse amor . Relacionamento a distancia sim pode dar certo,mas,é complicado muita coisas em jogo,tem que haver sinceridade acima de tudo. Anciosa pelo proximo.
06/09/2014 02:11:15
Não creio que o Lucas tenha perdoado o Bernardo. Ele quer trepar, apenas isso. Agora se e quando ele vai superar o episódio é outra coisa. E sobre relacionamento à distância: pra que se relacionar com alguém que está longe?!!! Pra sofrer? Pra ser corno? Pra achar que é corno? Pra deixar de sair e se divertir com os amigos ou sozinho? Pra impedir que seu namorado tenha vida social normal? Pra deixar de ir ao show do David Guetta e aumentar a conta do telefone? Não mesmo! Tô fora de relacionamento assim. Já é difícil não trair morando na mesma cidade, imagina ficando sem sexo?! No way!!!
06/09/2014 00:38:47
JAHAHA e verdade. Bom como sempre nota 11 nee. Te respondendo eu acredito que Namoro a distancia pode existir se os dois confiarem um no outro. Pois como a distancia vai ser maior nao vai ter o afeto de quando tinha quando estava junto. Entao a saudade pode atrapalhar. Exemplo: Os toques, contatos sexuais, etc. Entao além da Confiança tem que existir o Respeito.Poderia montar um grupo no Whats nee
06/09/2014 00:12:46
¬¬ sem comentários,a pessoa fica com outro q transa com uma mulher por presente,pra mim isso é ser trouxa mesmo não amor u.u
05/09/2014 23:58:00
Que bom que eles se acertaram :) ! Quanto ao relacionamento a distancia e um pouco complicado e desconfortavel pra ambas as partes mas quando se quer dar se um jeito pra tudo... nao demore pra postar abraço a vcs!
05/09/2014 22:37:36
Muito bom!
05/09/2014 22:14:34
kkkkkkkkkkk adoro ficar la em cima. mais bom seria se tivesse mais umazinha briga que role porrada de chorar sangue, adoro tudo. kiss
05/09/2014 22:04:40
Bando de retardados? Kkkkkkkkk,tadinhos.Sobre relacionamento a distância:deve de ser bem complicado mas se duas pessoas se amam de verdade o mínimo que elas têm de fazer e tentar de todas as formas fazer com que de certo.Abraços.
05/09/2014 22:00:54
Se ele não perdoasse o bernardo eu ia catar ele pra mim, kkkk. E em namoro a distância eu acredito sim, desde que pelo menos uma vez a pessoa veja a outra e que aja a responsabilidade de não trair. Mas pq?! Vai arrumar um boy pra mim?! Kkkk ou o Kaio vai viajar?!:(
05/09/2014 21:49:17
10
05/09/2014 21:26:01
continue
05/09/2014 21:22:10
Sdds man.
05/09/2014 21:13:45
Dificil acreditar no Bernardo, mas...vamos ver, né? Quanto a pergunta, acredito sim em namoro à distancia desde que haja amor verdadeiro e sobretudo uma gigantesca fidelidade de ambas as partes!
05/09/2014 20:52:02
Seu coonto é muito legal cara e espero que os dois fiquem junto no fim de tudo!" mas afinal, vai ter um triangulo amoroso?
05/09/2014 20:35:44
Relacionamento a distancia comigo não rola rs sou muito ciumenta
05/09/2014 20:00:07
Maravilhoso lindo :)
05/09/2014 19:41:39
saudades de comentar haushau e aii cara,que legal esse novo ,mas desconfiança é a pior parte depois de uma traição D: espero que se acertem o/ 10
05/09/2014 19:17:23
Hummn!!! Eles fizeram as pazes \o/, garoto esperto esse lucas pois se ele desse mole eu ia lá e cataria o bernardo pra mim kkk Brinks (talvez não tão brinks assim mais deixa quieto rs) eu torço pelo casal.... Bom eu acredito em namoro a distância, pois se o amor for realmente verdadeiro a distância não atrapalhara em nada no relacionamento. Bem, é só a minha opinião né, mas cada pessoa tem sua opinião formada sobre o assunto. Mas eu fiquei curioso *_* ! Tem alguém indo embora??? To preocupado agora.

Online porn video at mobile phone


tirei a camisinha e enchi a buceta da mulher.do meu amigoneu cachorro quer ne comer mais so dou meu cu com camisinhadepravadacaomarido pintinho e cu gulosoperdendo as prega saindo bosta caseiroxxvideos enpurando na filha e ela dizendo nao com tudo dentropornô grátis cu de viado dando falta de pão de mel recheado no poteContos eroticos patricinha apaixonada pelo guardaquem quebrou meu cabaço foi meu paimulher f sexo escanxada no paltia negra cmsobrinho branco e prma no incestovideo de sexo negao da rola de cinquenta citimetro com uma jeguapornô sexo garota transando com apitando o quarto deitadaconto porno felipe e guilherme amor em londresxvideos comendo a irmã dormindo de fio dentalminúsculojoponezinha dormindo e entra um cara e comi elatopou na buceta qi ela bufouxvidio brasil cunhadinha foi tentando até consegiroi sou casada bati o carro do meu marido pra ele nao sabe levei na oficina mais nao tinha dinheiro contos eroticoscontos eiroticos leilapornvídeo pornô daquela mulher que anda com vestido bem curtinhoXVídeos mulher nova de short e blusa azul Clara tapeandoZoofilia franco e belinhacorno amarrado venu sua mulhe estrupada pono doidocontos porno scat lesbicoconto erotico a irmandade da anacondaXvideo.meninas.nemor.violada.dormido.figidoCamisinha atrapalha a tirar a virgindadecontos eróticos vovó b*******Ta tarada roludo vendo novinhas com cálcinhas melecada x videos padrastro fodení enteadaxvideos coroa engoliddo potratransando por fresta da barracamunher midino o pou do negaucontos eiroticos leilaporncomendo a buceta da gostosa na barra de suco de limãoxvideofiadoxvideos ela pensou que ele tinha parado de gozar e quase engasgoucorneado e enrabado pelo primo pirocudo contosconto erotico gay negao dominador gosta de maltratar viado brancoyahoo relatos de no cu quem levou uma gozada dentro do cuomem de saco duroa bundinha avanço preta gorda dos peitão gorda raboVamp19- Casa Dos Contosmachostesudocontos sou punheteira desconhecidacontos eiroticos leilapornFudendo a prima ela pidiu arego mais eu nao deixeicontos de esposa piranha corno manso esculachaDoporno sacana mao na bucetta no cu nojento ao vivorelato erotico cheirei a calcinha gozadacontos eroticos madrasta cachorra leva surra de pica dcontos eroticos a brincar no escuroxv novinha brinca com cachorro e fica agarrda na picacachorro engata no cu da mulhermenor chora com dotadoxvidiocontos de cú de solteironaContos ai meu cu na infanciaContos eroticos lesbicos mtkas coroas gemendo e gozando desvairadamente xvideomulheres que redola e os homem beijam a dundacache:qruYbBa02lMJ:zdorovsreda.ru/texto/20180186Broxe de tirar folego xvidiosbaixar xixi pornô caseiro marido vai trabalhar mulher chama mecânico arruma carroconto erotico vovo bucetao traindo vovoContos.shortinho.curto.enlouquece.filhogostosasyoutubexvideosContos eroticos fui estuprado por travestisconto comi a coroaminha aluna trans (conto traveco)vídeo pornô de homem cavalo pênis grande empurra na xoxota da magrinha gostosacontos eroticos meu marido contratou um dominador pra me adestrardescabaça. abuceta com udedo. ou nao