AI PAPAI NO BUMBUM NÃO!!!

Um conto erótico de Andre Incestuoso
Categoria: Heterossexual
Data: 26/07/2014 01:58:01
Nota 9.53

AI PAPAI NO BUMBUM NÃO!!!

- Ai papai meu bumbum ta doendo para por favor.

- Fica quieta menina! Ta ardendo, mas daqui a pouco passa.

- Mas assim dói. Para só um pouquinho. Depois eu deixo o senhor continuar.

- Nada disso é só você ficar quietinha que para de doer. E também é bom que doa pra você aprender a lição.

Me chamo Andre, tenho 41 anos e sou pai dessa menina teimosa chamada Simone. Ela tem 18 anos, é branquinha, baixinha, tem cabelos pretos, seios pequenos, bumbum redondinho e também pequeno. Simone puxou a mãe viu! Nunca vi menina mais teimosa na minha vida. Fomos para a praia no fim de semana. Assim que chegamos lá, eu e a mãe dela avisamos sobre o protetor solar, mas pra variar Simone nem deu ouvidos e é claro acabou toda queimada de sol e tava toda ardida no fim da tarde.

- Mas papai essas queimaduras ardem muito.

- Eu te avisei que você devia se cuidar. Ta vendo o que acontece quando não se ouve o conselho dos pais?

- Desculpa papai eu não vou desobedecer o senhor mais. É que a praia tava tão boa que eu esqueci, mas para de mexer que ta ardendo muito.

- Eu sei querida, mas se não hidratar bem você vai descascar toda, alem do mais se você preferir eu espero sua mãe chegar. Ela foi buscar umas coisas na casa da sua avó, mas acho que não demora. Daí assim que ela chegar ela passa.

- TA DOIDO! Ela tem a mão muito pesada prefiro o senhor.

- Então pare de reclamar e deite-se na sua cama de barriga pra baixo que eu vou buscar o outro creme, ele tem mentol e canfora, vai te dar um alivio maior.

Peguei o creme no meu quarto e fui para o quarto de Simone, cheguei na porta e a vi ainda de biquíni e deitada de bruços. Já fazia algum tempo que eu olhava pro corpo de Simone com outros olhos, mas sempre achei que conseguiria me controlar.

- Fica quietinha que o papai vai passar esse creme no seu corpinho e você vai se sentir melhor.

- Tomara papai.

- Vou começar por suas pernas viu? Isso agora na panturrilha, agora no bumbum ta sentindo como ta geladinho o creme?

- To sim papai. Mas não demore muito.

- Ora querida tem que passar direito senão você só vai poder dormi de bruços. Alias esse biquíni ta atrapalhando, vou desamarrar um pouquinho pra não deixar nenhuma parte sem hidratar viu?

- Tudo bem o senhor deve ter razão.

Desamarrei a arte de cima e fiquei alisando suas costas, minhas mãos iam pelo lado do seu corpo e tocava a lateral dos seus seios.

- Agora vou passar mais no seu bumbum, mas primeiro eu tenho que arredar esse biquíni, pois ele esta me atrapalhando.

Empurrei o biquíni pra dentro do reguinho dela deixei como se fosse um fio dental e alisava e apertava aquela bundinha pequena e gostosa.

- Ai filha esse biquíni ainda ta me atrapalhando.

Seu pedi autorização desamarrei a parte de baixo do biquíni e puxei para baixo deixando sua bunda completamente nua. Ela se assustou, mas ficou calada. Passei bastante creme em minhas mãos e mergulhei naquele par de nádegas deliciosas. Era incrível e ver e tocar aquela pele macia e suculenta. Separei suas pernas e passei alisar a parte interna da sua coxa com uma das mãos e com a outra abria uma das nádegas. Quase dava pra seu cuzinho. Fui me aproximando ate sentir meus dedos tocar sua xaninha, isso a fez dar um pulinho, passei a alisar de leve. Enquanto isso com a outra mão conseguir tocar seu cuzinho, alisava de leve, ameaçava enfiar o dedo, fazendo seu cuzinho piscar de medo e prazer. Dali a pouco ela começou dar uns gemidos leves.

- Ainda ta doendo filhinha.

- Hummm. Só um pouquinho papai.

- Posso continuar?

- Pode sim.

- Se doer me avisa ta?

- Ta bom.

Deslizei meu dedo pelo seu buraquinho apertado, seu cuzinho piscava desesperado, ela gemia e eu enfiava. Minha outra mão brincava com seu grelinho.

Virei ela de barriga pra cima e tive a melhor visão do mundo. Seus seios amostra e sua xaninha também. Envergonhada Simone cobriu o rosto com as mãos. Era melhor que eu imaginava. Seu peitinho pareciam caber direitinho na minha boca e sua xaninha tinha poucos pelinhos. Devido às queimaduras não dava para tocá-la direito. Por isso tive que ser objetivo. Batia uma siririca nela com minha mão pra fazê-la relaxar, em seguida abri o meu zíper e tirei minha calça. Ao ouvir o barulho do zíper Simone ficou curiosa e tirou as mãos do rosto e olhou para meu pau duraço pulando pra fora.

Exibi ele pra ela. Mostrei as veias, as bolas e a cabeça inchada e vermelha.

- Já viu um desses antes minha filha?

- Só em revistas. Disse ela cheia de vergonha.

Sabendo que não tinha muito tempo e que o corpo de Simone ardia. Resolvi pular etapas. Lambuzei seu cuzinho de creme passei pincelar meu pau.

- Deixa o papai brincar aqui um pouquinho?

- Ai papai que vergonha.

- Vamos amorzinho deixa?

- Mas minha bundinha ta doendo.

- Se doer o pai para ta bom?

- Ta bom pode brincar ai.

Comecei alisando meu pau sua bunda e xotinha, depois fui dando umas metidas lentas, fui aprofundando e entrando nela. De vez enquando ela gemia, fazia carinha de dor, mas era só eu massagear seu grelinho que ela relaxava. Segui assim ate consegui entrar todo nela. Seu cuzinho latejava e piscava no meu pau.

- Ai papai meu bumbum ta doendo para, por favor.

- Fica quieta menina! Ta ardendo, mas daqui a pouco passa.

- Mas assim dói. Para só um pouquinho. Depois eu deixo o senhor continuar.

- Se eu parar depois vai ser pior pra recomeçar.

- Eu não vou agüentar tudo não.

- Querida já esta todo dentro, olhe que lindo como seu cuzinho conseguiu engolir todo o cacete do papai.

- Nossa entrou tudo mesmo! Minhas amigas falavam que só as atrizes conseguem.

- Que nada, com amor e carinho se consegue tudo.

Continuamos transando sem fazer movimentos bruscos por causa da queimadura. Continuei metendo no seu rabinho por uns 10 minutos ate senti vontade de gozar. Avisei ela e enquanto ela se masturbava eu acelerei um pouco os movimento ate começar gozar.

- ohhhhhhhhhh que delicia. Ta sentindo minha filhinha?

- Sim papai to sentindo o senhor gozando dentro da minha bunda que delicia, vai continua expirando sua porra dentro de mim.

Após a ultima gota de porra cai ao lado dela, ficamos nos recuperando. Esquecemos do tempo e depois de uns 15 minutos minha mulher chegou. Foi uma correria só.

Me vesti e fui para a sala recebê-la.

- Oi querida você demorou.

- Pois é me seguraram na conversa.

Em seguida Simone saiu do quarto vestida com o biquíni e indo para o banheiro.

- O que houve menina que você ta andando toda dura?

- Sabe mãe é... que... eu peguei sol demais e... ta ardendo um pouco.

- Bem feito seu pai e eu avisamos, aposto que não vai nem conseguir se sentar.

Olhei bem nos olhos da minha filha e seguramos o riso.

- Verdade mãe, meu bumbum ta ardendo pra caramba. Culpa do pai também que ainda quis passar creme nele.

- Seu pai fez bem menina, sorte sua que tem um pai bom e atencioso. Se fosse outro pai por ai nem ligaria pra você.

- Viu minha filha? Tudo que o papai fez foi para seu bem, hoje seu bumbum ta doendo, mas aposto que daqui uns dias estará pronto para outra.

Simone deu um sorrisinho safado e foi se lavar, pois minha porra já estava saindo de seu cuzinho, encharcando o biquíni escorrendo pelas suas pernas.

- Na próxima vez seu bumbum não vai doer tanto minha filha, papai promete.

NÃO ESQUEÇA DE VOTAR


Este conto recebeu 0 estrelas
Estamos testando um novo formato de votação. O ranqueamento será feito não mais pela média, mas apenas pela soma das notas oferecidas. As notas também serão apenas de uma, duas ou três estrelas. Isso deve evitar que haja quedas repentinas do ranking por conta de ataques por alguém que queira manipular os resultados. Se tiverem dúvidas, .

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
19/02/2016 22:14:18
Legal
19/02/2016 08:37:01
BOM
28/11/2014 09:01:08
meninas q quiserem realizar suas fantasias e so me add:
28/11/2014 09:00:36
delicia d conto.......
13/08/2014 13:19:16
me passa seu contato???
31/07/2014 22:35:10
delicia de filhinha....parabéns
26/07/2014 20:54:12
Gostei do conto. Se for real, também gostaria de fotos dessa gatinha e é óbvio que não precisa identificá-la nas fotos. Meu nick é meu e-mail.
26/07/2014 19:42:11
que sorte ter uma filha assim muito bom...c der me manda fotos dela
26/07/2014 18:50:00
Na prox,la se vai o cabacinho,rrrrrr :)
26/07/2014 17:35:17
Ótimo!!!
26/07/2014 12:13:32
Ótimo conto, nota 10.
26/07/2014 09:50:06
Muito bom.
26/07/2014 02:06:56
Que delicia!

Online porn video at mobile phone


Covidei meu amigo pra toma uma cerveja em casa depois comemos minha esposa casa dos contoscontos gay cueca do padrehomem. e mulher. fodenó xviodiosafadeza o homem usava camisinha para botar dentro do priquito da mulhervideos porno com nojo e volmito xvideos l.comcunhada ajuelha na frente do cunhado e engole rolaTravecos escura de picas cavalar estrupando violentamente o cabaço do gay virgem Contos porno,gostosa transou muito com moto taxiporno o pai da quer reaizar o sonho de fpde foder a filha mas ele deu varias tentativa para consiguerconto erotico minha filha fasendoxixigravida com a buceta gosmentaxvideos gay pega medingo na rua e leva p casacontos gays de incesto- coroa machão dominador taradão comendo menino afeminado e submissoxisvideo gai meutiu gayxvideofudendo a cunhada enguato a namorada dormicontos eroticos traiçao na grevefinjo de tonto para comer enteada pornôpai pintudo estorado o cabaço da entiada japonesa novinhaMãeem sinaa filha chupa picaconto porno apaixonado pelo meu primo brutamontesboquinha lizinha vidioprincesa baianopornoflaguri minha irma pelada e transei com ela you tubedeu o cuzinho pela primeira vez e pede poe devagar porque ta doendo"caralho entalado" contoenfiou a mao na cueca do marido e chupou o pirudois gatos com jaqueta na cintura transando porno gayhumilhaçaocontoseroticoConto erotico quado dei leitinho para minha filhaxvideo picadinha de leve no cusinho apertadovideo de madrasta indo a viagem de finalistas com o filhoporno mulher malabarista da o cu no circoconto de meninas sendo aronbadas por pauzudos e chorando muitohome negro com penis grade afoder com cunhadaJogadora de vole fomdo bucetaenfermeira peidorreira batendo p******menina 18 cabasom. padato tula dela camaConto na fazenda maninha viu meu pau moleatolando a rola na madrastapelego pauzudo nuxisvido tia nocolo sobriuver somete vidio duas pica grade na buceta virger saiu sangeContos eroticos caguei no pau dando o cuzinhofogosaloiraesposaroludo comendo cu de coroa e tem pau cagadoconto erotico gay conto gay real romance historia -youtube -site:youtube.comdopando a minha esposa conto erodicofoto de baxinho cassetudoconto erotico, fodida da janelaxvidio de padrasto comendo. a imtiadaxvidios meninos saradao esitado padrasto fica louco quando era antiga das Calcinhasporbodoido dudendo com o pedreirocorno veno esposa dano cu e falano que nao guenta pornodoidoxvideo fudeludades sentembroxvideos sogras de pernas abertas em frente dos genroscontoseroticos incesto brincando de casinha com a maninhasexo.dormiu.ma.casa.do.aimgo.e.acordo.com.o.braruho.do.amigo.fudemo.com.a.irmaassitir vidio de porno os mecanicos me arrobarampadastro de 35cm de pica no cu da intiadacorno quecomedofudendo com dorso de penisdormindo de bruço acordando pro anal pornocontos eroticos barcovideo de novinha. de 18 ano. de xotino. i nuapegou o marido fudendo a cunhadaxvidios.comvideos padrasto gay e enteado gay provando coecas no quartopassou guspe e comeu meu cumolhadinha vídeo abrindo as pernas para o cara lambe a b***** dela no canavial tá o c***** dela do interiormulata safada gosto da vara do roludo e traiuconto erotico tia bucetuda e sobrinho pausudo de sungadoidao de lolo xvideosxxvideos eu e minha manorada estuprandoFazendo Cunhado Chupa a força Gay❤contos cnn gay soquei no cuzinho de dois garotos no sinalcontos eroticos homens que vestem de mulherCorno contovideos sexo mae sem calcinha e de chortinho sovadoContos eróticos gay 'ñ faz isso comigo'