Professor não.... Comedor sim....

Um conto erótico de viadonato
Categoria: Homossexual
Data: 14/12/2013 23:57:02
Nota 10.00

Olá, me chamo Ricardo, tenho 30 anos, loiro, corpo normal (meio franzino), bundinha arrebitada e louca por vara... Sou professor de uma escola muito famosa de minha cidade. A escola a qual trabalho oferece aulas bônus para os alunos mais aplicados, em período extraclasse, em todas as disciplinas. Leciono Biologia para adolescentes, com ênfase em primeiros socorros e sexualidade.

Certo dia, estava no laboratório da escola, preparando os materiais para a aula de primeiro socorros, quando entra o professor Kaleb, de Educação Física. Veio me perguntar se eu topava em preparar uma aula extra sobre primeiros socorros aliado ao handball que ele estava trabalhando com os alunos dele. Eu prontamente disse que sim. Imagine que eu ia perder tempo em passar um tempo a mais com um professor moreno, alto (1,85m), forte, voz de macho, coxas grossas... Lhe disse que no dia seguinte eu teria um tempinho e que ele viesse até o laboratório. Ele rapidamente perguntou se eu não poderia ir até a quadra de handball da escola, pois assim poderia planejar com a prática....

Bem, vocês sabem que o handball é um esporte que vira um roça-roça (kkkkkkk adoro). Disse que sim, sem problemas.

No dia seguinte, lá estava eu com meu kit de primeiros socorros, e ele com a mão nas bolas (de handball). Nunca tive medo de homem, apesar de sentir muito tesão por eles. Ajo normalmente.

Cumprimentei-o. E sentamos na arquibancada da quadra. Não havia nenhum aluno, e o silêncio tomava conta do lugar. Ele me mostrou suas ideias e estratégias para a aula, e que queria inserir os primeiros socorros em qualquer situação de risco que o jogo pudesse oferecer, como quedas, confronto de corpos....

Disse que sem problemas. E marcamos a aula. Ficamos conversando mais um pouco sobre a aula e lhe mostrei algumas práticas de primeiros socorros nestes casos de acidentes.

No dia da aula, havia um turma de moças e outra de rapazes (que, por ventura são meus alunos também). A aula se iniciou com o treinamento das meninas, depois dos meninos. Transcorreu tudo bem, e houve bastantes acidentes, e ai então, eu entrava em ação.

Ao término do treino, os alunos saíram, e eu e o Kaleb continuamos no ginásio guardando os materiais. Ele disse que a aula tinha sido muito proveitosa, e me convidou para realizarmos mais vezes. Eu disse que era só avisar, e eu viria correndo. Ele então apertou a minha mão. Fechamos o ginásio, e fomos para a sala dos professores. Quando estávamos saindo da escola ele me ofereceu carona, pois eu estava a pé. Aceitei.

No curto trajeto que tínhamos ele me perguntou o porquê que eu não começava a praticar academia, pois eu era muito fraquinho, e começou a mostrar os músculos dele, afirmando que a mulherada caía nele por causa do corpo que ele tinha e tal... Comecei a pensar que ele se achava o gás da coca-cola... Eu então parti para um jogo de ataque com ele. Perguntei onde ele fazia academia pois iria começar a treinar. Ele ficou eufórico, e já disse que ele ia todas as noites, e que se eu quisesse poderia começar no mesmo dia. Falei que por mim tudo bem. Combinamos um horário e que ele passaria na minha casa para me buscar.

Quando ele chegou, partimos para a academia, mas ele não estava tomando o rumo da Academia Florense, ele estava indo para fora da cidade. Questionei e ele me disse que queria me mostrar uma coisa bem legal antes de ir para a academia. Chegamos numa cachoeira bem bonita. Como era verão, ainda estava bem claro.

Perguntei por que ele tinha me trazido ali. Ele não disse nada, veio por trás de mim e me prendeu, arfando no meu cangote. Amoleci. Mas no mesmo momento, tinha que fazer jogo duro com ele. Fiz uma cena de machinho (aquelas que todos já sabem (não sou viado... sai fora))... É claro que não colou, também não me empenhei muito porque eu estava querendo aquilo. Ele disse que estava louco por mim, e que não conseguia parar de pensar em mim, que tinha socado muita punheta pensando no meu rabinho, que o pau dele não baixava um minuto sequer. Pegou minha mão, e colocou no pau dele. Quando senti aquilo duro entre meus dedos, resolvi me entregar pra ele. Alisei gostoso.

Ele gemeu, e disse que ia me comer tanto que eu ia ficar sem andar por uma semana. Me pegou pela mão e me arrastou até o carro, com violência. Entramos no carro, no banco de trás. E começamos uma cena de beijos molhados e estalantes. Eu alisando a piroca dele ele massageando meu anel. Ele me pediu que eu deitasse de bruços. Atendi. Ele veio por cima, lambendo a minha bunda, mordendo, ai, me deixando no modo pisca-pra-pica.

Kaleb, vendo que eu estava atirando a bunda pra todo lado e me contorcendo de prazer, parou, pediu no meu ouvidinho que eu lhe mamasse. Atendi, mas disse que só lhe mamaria se ele depois me fizesse um favor. Falei no ouvido dele. Ele aceitou.

Caí de garganta nele. Era uma pica não muito grande. Uns 16cm. No entanto, grossa, e poderosa, potente. Ele era raspado, não tinha pelos em lugar algum.

Eu tinha dificuldades para engolir pois como a pica era muito grossa, eu engasgava o tempo todo. Não desisti. Mamei, mamei, mamei... Passei minha língua em volta da cabeçona e ele gemeu e jogou a cabeça pra trás. Fiz o movimento contrário e ele socou na minha garganta novamente e me fez ver estrelas.

Me colocou de bruços novamente. Cusparou forte na porta do meu túnel e deitou por cima de mim, tentando encaixar no meu anel. Quando passou a cabeça, comecei a gemer de dor, e ele foi enfiando devagar, sem parar. Levantou, deu mais uma cuspida considerável, e tornou a me rasgar. Foi enfiando até o final, desta vez, sem parar. Choraminguei, e ele lambeu minha orelha. Mordeu ela, e foi me distraindo até eu sentir tesão novamente. Quando dei a primeira rebolada de tesão, ele tirou a metade da tora e enfiou forte, a dor voltou e ele não parou, continuou gostoso.... Deixou seu corpo sobre o meu, me dominando. Eu não tinha como sair, e mesmo apesar da dor, eu não queria sair de debaixo dele.

Comecei a colaborar e rebolar no pau dele. Ele deitado por cima de mim, me dominando, gemendo no meu ouvido, com aquela voz máscula mordendo minha orelha. Foi fudendo, fincando cada vez mais ferozmente. Ia mais fundo. Comecei a ficar com tesão. Ele começou a gemer como um leão faminto, falou que ia gozar, queria gozar na minha garganta.

Permiti. Ele me colocou sentado no banco e começou a se masturbar com a pica apontada pra minha cara. Pedi que ele parasse. Caí de boca e mamei de novo. Fiquei fudendo a pica com a minha garganta. E senti todo leite La no fundo. Tossi pois me engasguei. Ele segurou minha cabeça, e socou fundo. Fiz arcada de vômito, e ele nada de me soltar. Quando ele terminou de gozar, soltou minha cabeça. Tirei o pau da boca e arrotei um pouco de porra. Foi uma loucura.

Dei um beijão de língua nele. E lhe alertei sobre o favor que eu havia pedido anteriormente. Ele me disse que sim, que o Professores Renan, Cristiano e Marcos fariam o que eu havia lhe solicitado. Isso seria no dia seguinte....

No dia seguinte, Kaleb, Renan, Cristiano, Marcos e mais dois alunos me estupraram depois que saímos da escola, no período noturno. Ainda bem que era sexta-feira, pois eles me deixaram em frangalhos. Eles até filmaram e fotografaram.

Estou pensando agora em trocar de grupo de macho. Alguém quer me pegar? Mande e-mail ordenando para eu ser seu... Bem provocante e excitante ....

[email protected]


Este conto recebeu 0 estrelas
Estamos testando um novo formato de votação. O ranqueamento será feito não mais pela média, mas apenas pela soma das notas oferecidas. As notas também serão apenas de uma, duas ou três estrelas. Isso deve evitar que haja quedas repentinas do ranking por conta de ataques por alguém que queira manipular os resultados. Se tiverem dúvidas, .

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
16/12/2013 01:18:33
Muito bom mesmo! Fiquei de pau duro o tempo todo. Amo contos de professores, só me fazem ficar ainda mais excitado!
15/12/2013 17:25:32
conte-nos como foi a foda com o professor e os alunos tesao
15/12/2013 09:15:36
Muito bom.

Online porn video at mobile phone


canto erotico nao resistir e dei a buceta pro marido da minha amigaconto erotico gay gury chupador de dedojaponesinha novinha colegial não resiste as investidas do irmão e transa com elenovinha bonziado n pica"corpo da minha professora"zoofilia cavalo tira sangue e bosta do cu da vadiaintiada esbugalha o olhos com pau grande no cu swxocontos de incestos minha mae e seus lindos pezinhostirano cabaço da menina no mato gritano de dorxvidio novinha cesú mãe xupal e lambe boceta da sua filhahomem casado do Rio de Janeiro Baixada Fluminense quer outro filho para sua esposa que ela adora chupar outra picaconto erotico tezao nos pezinhos da minha ermanmeu padrasto me comeucontos gay baby doll rosadona d casa fica exitada dormindo e fica com a buceta babada xvidioporno irado de filho espiano sua mae peitudahttp://comto erotico comendo cú menina crenteporno com professora gostosa e aluno tendro tá sala de aulacontos eroticos.padres dotados metendo a picaFeitichi d evangelica c homemestruparao ate inche o rabo de porraxnxx loira manda arraca as pregas do cu com força100foto de mulher de oculos tranzando vai novinhaPicudo fudendo cu da doida no barraco searchos melhores. comtos de sexo de paes com filhastodos pornô gay e heteros tentaçao sacanagens gays pornô entre homem xvideospresa no cativeiro sem banho pornoxxx videos com magrinhas baixixinhastorao cabeçudo entrando xnncontos eiroticos leilapornconto gay o meu sonho de consumoVelhoPintudocontosTodas fotos.de.cabacinhos.das.novinhas.gostosa .i.kuzinhos.gostosoHistrias erticas de velho com marombeirasbuceta nua com pintei moicanoporno gey contos eroticos priminho inosenteolha amor que jeba gostosaxnxx mulher de traficante fasendo rodizio com muito homemcontos eróticos não resisto a um pau durominha esposa transando com meu amigo na barraca de campingcontos eroticos casada deu para o vigiavideo pornodoid homem esferga em trembuceta de carla visgando xvideosContos eroticos podolatria com fotos chupando pes de primas dormindocache:8t-ncrFAFncJ:zdorovsreda.ru/texto/201108246 fotos de caralhos descomunalconto porno felipe e guilherme amor em londres contos eróticos meu bundao está seduzindo meu filho gotinha gosrosa virgem pperdendo o cabaco com o namorado na cama dela trsandovelha descabaça a buceta na pica do cavalocontoseroticoss xvideos5filho pego a mae a pucho videus porno.comporno doido sapatona transando♥♡♥♡♥♡♥♡Conto erotico raspando penteio30cm de pau na novinha.gtzconheci a menina arranca a roupa dela fica pelada fazendo sexocasa dos contos meu marido me fez da o cu a dois picudos chorei de dorxvivdeos gay .magros lancando cu com forçaxvideo entiada gozando e perdendo a vidadesete formas de medoflagas pirno homem motrando pau gozando pea novinha coriosa dentro de onibusxvidio ponor esposa traindo marido porque noa da conta de satifaze elayahoo responde eu mamei no peito da vizinhapitbull enfuandi forte na buceta da vadiacontos enrabei um cuzinho gostosoxvideos.com novinho.comda.comroka gostosarelatoeroticomorenaimcesto com papai ele meteu sua pica grande tudo na minha bucetinha novinhatinha pocos pelosnovinhas da bucetinha lisinha e rosinha garotinhover videos d incestos baianinha gozano dentro da bucetacachorro com o focinho dentro da bucetaQuero da meu cuzinho bem gostoso pra u mn a pica bem cabesudacarolzinhanasurubafoda insana com cunhadacontos de incestos surubas com irma em casa nuscontos gay uma viagem inesquecível para o novinho