aprendiz

Um conto erótico de oximoro
Categoria: Heterossexual
Data: 06/12/2013 23:17:14
Nota 10.00

Sou Célia, 15 anos, estudante, classe média, vivendo com os pais Lucia e Paulo. Vida calma, ainda sem namorar, virgem.

Mamãe me ensinou o uso de nosso computador, usei-o muito para estudo mas, também, para ver sites eróticos. Neles tomei conhecimento do bdsm, um modo de vida radicalmente diferente do meu, apanhar e gostar, fazer coisas para mim agora impensáveis, ter sexo com vários parceiros.

Localizei , inclusive, uma mestra que se propunha ensinar como ser escrava, sofrendo e adorando, perdendo pudores, nojos e vergonhas. Troquei e-mails com ela, soube de preços, programa de treinos e uma restrição: sendo menor como eu, seria necessário o consentimento dos pais.

O ano letivo terminou, fui aprovada com brilho, das primeiras da classe. Mamãe me perguntou o que eu queria ganhar, pedi tempo para pensar. Será que eu posso pedir para ser escrava bdsm? Decidi, vou tentar.

Dia seguinte, sábado, todos à mesas no almoço, Lucia me questionou: já escolhestes o que queres? Respirei fundo, respondi: quero aprender a ser escrava bdsm. Esperei uma bronca. Surpresa: papai rindo a gargalhadas, mamãe sem jeito; Dona Lucia, quando casamos quis te fazer uma escrava bdsm, não quiseste, nossa filha agora nos pede para ser, que fazemos? Mamãe, muito sem jeito, me perguntou: sabes bem o que nos pedes, vais apanhar, sofrer torturas, sentir dores, renunciar aos confortos, fazer sexo livre, despudorado. A dor me excita, quero perder meus recatos, impor sofrimentos a meu corpo, deixar de ser dondoca, usar meu sexo, viver intensamente.

Papai e mamãe resolveram: vamos deixar você realizar essa vontade, Lucia vai contigo ver essa rainha, se aguentares o curso serás nossa escrava, sofrendo e gozando, mas tens de nos prometer não cair de nível nos estudos. Prometido pais queridos e futuros meus donos.

Marcamos dia e hora, fomos. A mestra começou inquirindo mamãe: sua filha quer treinar para ser uma escrava bdsm. a senhora permite? Sim, disse mamãe. Assine esta permissão, por favor. Assinou. Vamos ver o que podemos ensinar: ser espancada, OK, torturas dolorosas, OK, fazer sexo vaginal, Ok, anal. Ok, pissing, Ok, scat, Ok. A menina é virgem? é, ao início do curso não poderá ser, Ok. Celia, algumas ordens a serem cumpridas de imediato: em casa nua, descalça, faça o frio que fizer, proibida de usar lingeries, exceção para ir a escola, banhos só frios, dormir no chão, pelada, sem lençóis e travesseiros. Dna. Lucia, fica encarregada de fazer Celia obedecer rigorosamente. Farei, disse mamãe.

A escrava ficará interna comigo por 3 semanas as partir do próxima 2ª feira. Vir só com a roupa do corpo, ficara nua todo o tempo. Voltamos para casa, eu num tesão louco, fiquei nua logo ao entrar. O frio estava bravo, 11ºC, arrepiei, mamãe disse. veste alguma coisa, bota uns chinelos, recusei, meu corpo vai se acostumar. Papai chegou, me viu, que filha gostosa temos.

Aproveitei a deixa, tenho que deixar de ser virgem ate 2ª feira, podes me ajudar. Não vou te deflorar, poderias ficar traumatizada. Lucia, apanha nossos dildos e arromba nossa escrava. Assim foi feito, meu hímen se foi, logo meu cu foi alargado, o pau de papai duríssimo, posso chupar perguntei, pode. Cai de boca, uma tremenda esporrada, engoli tudo, delícia de escrava ele disse.

A 1ª noite no chão, pelada, descoberta, tremendo de frio foi brava, mamãe veio me ver, sobe na cama, me neguei,

escrava gosta de sofrer . O banho frio de manhã foi outra parada, tive de usar minha vontade para dominar meu corpo ainda de dondoca.

No sábado íamos sempre ao supermercado. Fomos, Lucia bem protegida do frio, eu de short, camiseta e pé no chão, lutando para não tremer. Paulo foi nos apanhar, garota, vais ser uma excelente escrava, falou.

2ª feira, Lucia me levou, short, camiseta, descalça, frio de 9ºC, me entregou a rainha, nua escrava, vamos começar.

Foram semanas deliciosas, apanhando de chicote e cane, peitos e buceta torturados, bebendo mijo, lambendo cus, nua com frio de rachar, fodendo com homens e mulheres, vagina e cu arrombados, a dondoca desaparecendo, surgindo uma menina escrava, depravada. Um momento sensacional foi quando fodi com 3 machos simultaneamente, que inesquecível orgasmo. Outro, foi a suspenção pelos seios, que dor, que sensação, ser enrabada por um pau descomunal, outro prazer inigualável.

Lucia veio me buscar, a rainha me parabenizou, sua filha é uma ótima escrava, suporta bem dores, se excita com elas,

aguenta nua com frio intenso, tarada por sexo, sem nojos, pratica scat e pissing, façam dela seu vaso sanitário. Todas as sextas tenho uma seção de sexo, ela pode vir? Celia, queres? claro mãe, tua filha agora é puta. Pode ir.

A vida em nossa casa foi mudando, meus pais não tinham mais uma filha prendada, dondoca, e sim uma escrava adorando apanhar, fazer scat e pissing, levar pica no cu e buceta, andar nua e descalça. Mamãe, volta e meia, sugeria eu me vestir e botar chinelos devido ao frio, aos poucos foi se acostumando. Custou muito a me chicotear, tinha de pedir por favor para apanhar, aos poucos tomou gosto, passou a me espancar a toda hora, que delícia. Ir comigo as compras, ela encapotada, eu descalça, quase nua, tremendo de frio, agora me faz ir assim mesmo chovendo. Lucia fuma, evitava de faze-lo na frente de sua filhinha dondoca, ridículo seria não faze-lo diante de sua filha puta, eu fumava as escondidas, agora somos 2 chaminés sem essas restrições.

Papai se adaptou rápido, me come frequentemente, mamãe relutou um pouco em fazer sexo a três, provou, gostou, virou hábito. Papai come meu cu, mamãe manda brasa com dildo na minha buceta, essa é a vida que eu gosto.

Já com o pissing e o scat custaram a se acostumar a me usar como pinico e papel higiênico. Mamãe teve dificuldade em urinar na minha boca, tive de pedir e insistir, depois da 1ª vez tomou gosto, com o treino urina direto em mim, não perdemos uma gota. Papai foi mais fácil, bebo tudo, haja mijo. Com o scat foi mais difícil, na 1ª vez mamãe limpou a bunda antes de eu lamber, reclamei, agora exige que eu enfie a língua no seu cu. Papai nunca tinha experimentado ser chupado no anus, gostou, me chama até sem ir ao vaso.

Nas sextas vou ao encontro da rainha, apanho, trepo adoidado, na última fodi com 5 homens e três mulheres, mamãe me apanha, faço mais sexo com ela e papai, sou uma adolescente depravada, realizei meu sonho.

Continuo na escola, com boas notas, lá sou séria, fora a maior piranha, saias cinto, tops, sem lingeries, descalça sempre que possível. Mamãe me confessou, levas a vida que eu sonhei e não tive coragem de implementar.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
12/03/2014 06:40:52
Putaaaaaa vc é 1000

Online porn video at mobile phone


novinhas as srnas apertas cachorroxvideos sogras de pernas abertas em frente dos genrosquando ela me pede .me bate com forca me xinga de puta safada vadia eu urrava de tesao.conto erotico incestomolhes pela porno vida de meninas de 19 anos ela e nossapara foder contosContos eróticos - quero roubar o marido da minha mãeprica cavalatravesti de bunda grande mas gostosa do recife ponodoidomeninos dp pinto Gande gosando porraContos casal achou um comedor topa tudoputa sozinha em casa dedilhando o grelinho e o gozo saido da bucetinhaestudante novinha chegou da escola e foi surpreendida por um tarado q comeu a bucetinha dela virgem fudeu até sangrar e gosou dentro da bucetacontos erotico de puta dando da a buceta pro mendigocontos meu sogrovaretao gg goza dentro novinhoconto erotico tirei a virgibdade do meu ermao novinhoxvideo nigro xxxvvnxvidos pono pai penga fila dominhoconto gay o meu sonho de consumoconto erótico: fodendo midinha de 12 aninhosFragado duro fazendeirohomens ensinando como puchar punhetamae e filha adoram q irmao gose dentro seus cuxxxvideosporno no teto ou na pissinafavelada com ancas larga sendo fudidaautor do conto erotico cunhada amamentandogay cunete otima visao pornovovó e netinha chegando junto com pirocudo mamando dando o cuzinhoImagems com movimentos rubiaebeto comunidade 018conto erotico corrompendosexo morena com cacete d negao atolado dentro da raxaContos erotico nora novinha ouvindo a sogra chorando no picaoFoto do cara cumendo a mae do melhor amigo na picina do motelcontos eroticos de padastrocontos real esposa danando funk na balada Xvudeos negra inxirida com varacontos eroticos quentissimo de meninas perdendo a virgindadecontos eróticos minha filhinha corrompidaquero assistir mulher do berço carnudo de sexo chupando rola na boca todagozou na bunda da irma lavano loucaconto porno saiu sanguecorno .amigo do negao dotadaocontosporno video bem grudadinho com a empregadaMinha namorada seduzida pelo papo do pagodeiro contos de mulheresxvideos meu amigo desepiconou a mae dele e eu fui consolalaXxvideosnegraslesbicasbicos de tetas estranhas.xvideoscontos de sexo depilando a sograconto erótico: fodendo midinha de 12 aninhosmulher de corno trepando com peaozada no alojamentorelatos eróticos o padre comendo o novinhoxvideo pau pesado na sunga marcado direitinhocontos eróticos comendo o c****** da freirinha taradacoroas descuidando da calcinha e da bufeta gostosacontos eroticos casada deu para o vigianetinho gay no colo do vovobaixar video Enteada safadinha bem cadela transando com seu padrasto sem vergonha. Bem putinha ela foi ate o quarto do padrasto e la pegou ele dormindo, tirando a cueca delecontos eróticos carvoeiro sujoXvideo face pornoirado mulheres afoga outra com a bundaxvideo pai chegando bebo e a filha subindo ele na escada ate seu e depois traza com elavideos emprestei minha esposa gostosa para um amigo dotado 2017eu me masturbando pra minhacunhadinha pretinha de onze anos em vxerinho de xereca . aideliciaContos eroticos 16padre x bispo velhos punhetandoxxvidio flagadpomba gira centando no. meu paucontos eroticos meu pai fez eu dar pro meu tionovinho filho contoerotico cnnxxvideosograrapaiz d cueca xvidiocontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgecontos eroticos seduzi professor na aula vaga e ele me chupous