Minha enteada é uma delicia...não resisti e comi a safada!

Um conto erótico de TETE
Categoria: Heterossexual
Data: 07/10/2012 23:16:34
Última revisão: 19/01/2016 08:29:26
Nota 9.74

Conheci Cristiane quando ela tinha acabado de se separar do marido e veio em uma excursão pra Foz do Iguaçu. Logo engatamos um namoro bem quente e não demorou muito tempo pra morarmos juntos.

Cristiane tinha uma filha de 7 anos que ficara sob a guarda do ex-marido e com os avós paternos. Chamo-me Roberto, porém todos me chamam de Betão.

Tenho 37 anos, mulato, 1.80 m. e um corpo forte e musculoso que mantenho com uma vida saudável e muita academia. Sou sócio de uma loja de matérias de construção que me proporciona uma vida sem muito luxo, mas bem tranquila.

Minha esposa Cristiane tem 36 anos e é uma mulher que também sabe cuidar do corpo com tudo em cima. Alem disso é uma mulher cheia de tesão e que adora transar que nem louca.

Ela é proprietária de um ótimo salão de beleza e sempre está linda e super arrumada.

Pelo menos duas vezes por ano ela visita a filha no interior do Est. de São Paulo.

Como o ex-marido também se casara novamente e a garota não se relacionava bem com a madrasta ficou morando com os avós.

Apesar de nunca ter tido um relacionamento mais estreito com minha enteada sempre conversávamos amigavelmente ao telefone quando ela ligava para a mãe.

Só uma vez ela nos visitou em Foz do Iguaçu quando tinha apenas 12 anos.

Quando minha enteada Carol completou 17 anos minha esposa me confidenciou que a garota deixara de ser virgem com um namoradinho de escola.

Como Cristiane era uma mulher de mente bem aberta, mesmo a distancia sempre procurou orientar a filha sexualmente.

As férias do final do ano chegaram e Cristiane então me disse que sua querida filha viria passar 15 dias em nossa casa.

A garota chegou em uma sexta-feira e eu e Cristiane fomos busca-la na rodoviária.

Quando Carol desceu do ônibus notei que realmente aquela menina de 5 anos antes tinha se modificado por completo. De uma garotinha quase sem nenhum atrativo havia se transformado em uma tremenda gata. Ela vestia um shortinho jeans colado ao corpo que realçava sua bunda bem arrebitada que certamente havia herdado da mãe. E o que também chamava a atenção era um par de seios de tamanho médio pra grande que se mostravam imponentes em uma blusinha branca justíssima. As coxas da garota eram torneadas e grossas.

Ela chegou toda alegre nos abraçando e beijando e logo estávamos em casa.

Deixei as duas em casa e fui pra minha loja trabalhar.

Naquela noite fomos fazer um programa bem familiar e saímos pra comer pizza.

O calor estava demais e nos vestimos bem à vontade.

Eu coloquei uma bermuda com uma camiseta bem justa que realçava meus músculos e meu abdômen.

Cristiane estava com um vestido de malha curto que também realçava seu corpo perfeito.

Minha enteada como toda garota de 17 anos arrasou com uma minissaia jeans curtíssima com uma camiseta colada ao corpo. Como a garota não colocou soutien os bicos de seus seios se mostravam acintosamente. Os rapazes que estavam na pizzaria não tiravam os olhos da minha enteada e logo deu pra notar que ela gostava de se sentir o centro das atenções, pois vivia retribuindo os olhares deles.

A noite foi divertida e Carol se mostrava uma garota bem comunicativa e muito alegre. Também foi possível perceber que minha enteadinha era bem assanhada, pois das vezes que se dirigiu ao banheiro uns 3 rapazes foram trocar ideias e ela se mostrava bem “dada” trocando beijinhos no rosto e se deixando abraçar com facilidade.

Enquanto a garota ficou conversando com os rapazes eu e minha esposa começamos a conversar.

-Cristiane...os rapazes não podem ver uma garota nova que já caem matando né? Sua filha já arrumou alguns fãs aqui na pizzaria!

-é verdade! Já percebi isso! Quando se tem essa idade os hormônios parecem que ficam em ebulição. Os machinhos de plantão parecem que sentem o cheiro! RSS. Eu sei bem como é isso!

-é né sua safadinha! Pelo jeito minha querida esposa quando tinha essa idade também era assim! Tinha vários rapazes querendo te agarrar né?

-e como tinha! Nos bailes os rapazes adoravam me chamar pra dançar...eu deixava eles me apertarem bastante! Eles roçavam seus paus duros nas minhas coxas e na minha buceta por cima da roupa! Por varias vezes os safados gozavam e deixavam minha roupa úmida de porra!

-Que vc foi uma garota bem safada vc já tinha me falado...mas...essas sacanagens de adolescente vc nunca tinha me contado! Que putinha mais tarada...deixava os rapazes de pau duro e se esfregava neles só pra fazê-los gozarem!

Carol voltou pra mesa e a conversa com minha esposa cessou e depois uma meia-hora resolvemos voltamos pra casa. Como a garota havia viajado a noite anterior assim que chegou em casa disse que estava muito cansada e iria dormir.

Eu e minha esposa assim que entramos no quarto começamos a nos beijar e logo estávamos transando bem gostoso. Cristiane adorava dar de 4 na beira da cama comigo metendo forte na sua buceta quente e apertadinha. A safada adorava rebolar na minha pica enorme e grossa.

Durante uma meia-hora dei uma surra de pica na minha esposa branquinha safada que depois de gozar copiosamente desabou na cama e dormiu completamente nua com a buceta cheia de porra.

Ela adorava dormir assim...com o cheiro do dono na sua buceta deliciosa.

No sábado de manhã acordei e fui tomar meu banho e quando sai resolvi acordar Cristiane, pois sabia que no sábado ela sempre saia cedo para o seu salão de beleza.

Cristiane assim que acordou ainda sonolenta olhou o relógio e disse:

-nossa...esqueci de colocar o celular pra despertar...to um pouco atrasada! Antes de vc se trocar querido...faz um favor...enquanto tomo meu banho...dá um pulo no quarto da Carolzinha e acorda ela...pra tomar banho...senão vou atrasar mais ainda! Ela vai para o salão comigo!

Eu estava com a tolha de banho terminando de me enxugar e sem nenhuma maldade enrolei-a na cintura e fui até o quarto e quando ia bater na porta resolvi girar a maçaneta e vi que não estava fechado com chave e entrei no quarto. A cortina da janela do quarto não estava bem fechada e a luminosidade deixava o ambiente bem claro e quando olhei para minha enteada deitada na cama tive uma visão maravilhosa.

Ela dormia com um shortinho daqueles bem larguinho nas coxas e como as pernas estavam bem abertas deu pra ver sua bucetinha quase que perfeitamente. E tinha outra coisa que se mostrava deliciosamente. A camiseta curtinha que usava tinha subido e seus seios durinhos com bicos rosados se mostravam inteiros. Tive uma ereção instantânea incontrolável. A frente da toalha armou uma tenda enorme.

Na hora resolvi fazer o que precisava ser feito e logicamente tirar uma “casquinha” daquela situação.

Sentei-me na beira da cama e todo carinhoso peguei na coxa da garota e disse:

-Carolzinha querida...acorda...tua mãe mandou te acordar!

Ela toda dengosa virou de bruços e sussurrou dizendo:

-ahh não...deixa-me dormir...mais um pouco...por favor!

Quando vi aquele shortinho todo enfiado no rego daquela bunda deliciosa meu pau parecia que ia furar a toalha e então sem pensar muito dei uns tapinhas de leve naquele bumbum empinado dizendo:

-deixa de manha...meu anjo...tua mãe...já ta tomando banho...ela disse que vc vai junto com ela para o salão...levanta...princesa...vai passar uma água nesse corpinho lindo...vai...logo!

Ela se virou de frente e esfregando os olhos disse sorrindo:

-seu chato...eu queria dormir mais...ainda to cansada da viagem!

Ela não tinha percebido que estava com os seios de fora e quando se tocou sorriu dizendo:

-nossa Betão...to quase pelada...meus peitinhos estão tudo de fora!

Sorrindo todo safado brinquei dizendo:

-não se preocupe querida...com um corpo lindo como vc tem...não tem problema nenhum! Alias...tua mãe...adora dormir completamente nua! Agora chega de conversa...e vai tomar banho...senão tua mãe vai se atrasar muito!

Sai daquele quarto completamente tarado e fui pra cozinha fazer o café e aproveitei pra passar uma água fria no pauzão pra tentar dar uma acalmada.

Minha esposa logo chegou na cozinha pra tomar café e então disse:

-ainda bem que meu maridão faz o café pra sua querida esposa...quando eu conto isso pras outras mulheres elas ficam com inveja.

Aproveitei e todo safado abracei-a e beijei sua nuca dizendo:

-tenho prazer em dar comidinha pra minha linda esposa logo de manhã...ainda mais depois da trepada gostosa de ontem à noite!

Carolzinha minha linda enteada logo entrou na cozinha toda sorridente dando bom dia e então fui para meu quarto me trocar.

Quando sai do quarto as duas já tinham saído e então fui trabalhar.

Nos sábados a loja fechava as 13.00 h. e como era de costume nesse dia fui pra o clube onde jogava futebol com amigos e saborear um churrasco.

Voltei pra casa já era noitinha e fui direto para o banho e então me lembrei da minha linda enteada e meu pau já ficou duro como aço ao me lembrar daquela “putinha” deliciosa de 17 anos praticamente pelada na cama de manhã cedo.

Quando estava no quarto me enxugando minha esposa chegou do salão e quando viu meu pau completamente duro brincou dizendo:

-nossa...meu negão anda muito tarado...gozou um monte ontem a noite e hj tá assim de novo...será que tinha alguma putinha gostosona no futebol hj a tarde é?

Eu sorri todo safado e balançando meu mastro imponente fui até ela e agarrei-a dizendo:

-só tinha homem lá...sua boba...a única putinha que deixa minha rola assim...é uma tal de Cristiane...minha esposa gostosa e safada! Mas já que vc chegou aproveita e seja uma putinha boazinha...chupa o pau do teu macho...e me faça gozar...bem gostoso!

Ela sorriu e como uma mulher que sabia como agradar seu homem...fez-me sentar na cama e se ajoelhando entre minhas coxas começou a mamar deliciosamente na minha rola grossa engolindo o maximo que podia...sua saia estava na cintura e aproveitei para dar uns tapas naquela bunda empinada. Em poucos minutos dei um grito e comecei a ejacular na boca sedenta da minha esposa. Ela engoliu tudo com prazer lambendo e limpando minha rola sem deixar nenhum vestígio de porra.

Cristiane se levantou e sorrindo foi tomar banho me deixando completamente satisfeito.

Coloquei um short e uma camiseta e fui pra sala assistir TV e encontrei minha enteada que tinha acabado de tomar banho deitada de bruços no sofá e não tinha como deixar de notar que aquela garota exalava tesão por todos os poros de seu corpo maravilhoso.

Carolzinha vestia um shortinho de malha super justo que parecia que ter sido embalada a vácuo e uma camisetinha curta bem soltinha e por estar sem soutien seus seios com mamilos duros balançavam super sensuais.

Toda alegre ela se levantou e veio me beijar no rosto e então falei:

-e ai princesa...como passou o dia no salão da sua mãe? Gostou?

-sim...adorei...conheci um monte de gente...muito legal...o salão da mamãe é muito bonito!

-é sim! E além disso dá bastante lucro...a mulherada gasta uma grana danada pra tentar ficar bonita!

-é...ainda bem que não preciso pagar...ser filha da dona é tudo de bom!

-isso é verdade...mas vc com 17 aninhos e linda do jeito que é...quase nem precisa de salão de beleza!

Carolzinha sorriu toda contente com os elogios e disse:

-vou pegar um copo de suco na geladeira pra mim...quer alguma coisa Betão?

-sim...princesa...traga-me uma latinha de cerveja pra mim...enquanto esperamos sua mãe sair do banho!

Ela logo voltou e ao me entregar a cerveja não tive como não olhar para seus seios firmes balançarem diante de meus olhos, mas o que mais me chamou a atenção foi seu short que de tão apertado rachava sua bucetinha cheia ao meio. Meu pau começou a crescer incontrolável dentro do short e como não havia colocado cueca não teria como esconder minha excitação e então puxei uma almofada pro meu colo pra disfarçar. Não fazia nem 30 minutos que havia gozado e minha pica já estava completamente dura novamente.

Minha enteada deliciosa ficou um pouco ali comigo e depois disso se levantou dizendo que ia para a sala do computador conversar no MSN com as amigas e o namorado!

Logo depois minha esposa chegou à sala com um vestidinho curto e depois de pegar mais cervejas ficamos assistindo TV e conversando animadamente. Preparei uns frios pra degustarmos junto com a cerveja enquanto assistíamos a um filme bem romântico. Por duas vezes Carolzinha passou pela sala pra buscar alguma coisa na cozinha e logicamente meus olhos safados secavam o corpo daquela garota super sexy.

Meu pau não ficava completamente mole de jeito nenhum e foi então que minha esposa ao passar a mão meio sem querer entre minhas coxas sorriu dizendo:

-nossa...que negão mais tarado que é meu marido...nem depois de uma gulosa caprichada que fiz...esse pau não sossega...parece que tá querendo mais!

Tentei dar uma disfarçada e rapidamente respondi:

-bem...na verdade esse filme é bem sensual meu amor! E quando vc fica abraçadinha assim comigo no sofá...sempre fico com tesão...vc sabe disso!

-meu maridão safado vai ficar sem buceta uns 5 dias...minha menstruaçao desceu hj a tarde!

Aproveitei e brinquei dizendo:

-eita...então vou ter que comer a vizinha...não consigo ficar sem meter tanto tempo!

Cristiane pegou meu pau com a mãe e dando uma aperto bem forte nele disse:

-seu safado...experimenta comer outra vagabunda pra vc ver...também tem um monte de machos que vivem me cantando...loucos pra me comer! Dou gostoso pra todos se botar chifres em mim!

Caímos no riso e trocamos alguns beijos carinhosos ali no sofá e fomos surpreendidos por Carolzinha que mais uma vez passava pela sala indo até a cozinha buscar alguma coisa na geladeira. Quando a garota passou de volta se mostrou bem espirituosa dizendo:

-to vendo que vou ter que avisar quando for de novo à cozinha...senão é perigoso eu pegar o casal fazendo amor...na sala!

Carolzinha deu uma gargalhada bem safada e voltou para a sala do computador e então aproveitei pra comentar:

-Cristiane...sua filha é bem espertinha e safadinha hein! Acho que puxou a mãe!

-é...eu não acho...tenho certeza! A bichinha é ligeira pra safadeza...la no salão logo depois do almoço um rapaz bonitão foi buscar a namorada e como teve que esperar um pouco...quando me dei conta Carolzinha já estava cheia de frescura com o garotão...ela me contou que ele passou o MSN pra conversarem!

-eita...as garotas hj em dia não perdem tempo! Ainda mais quando são lindas...igual sua filha...os rapazes ficam loucos...ainda mais com essas roupas...justinhas...que mostram quase tudo!

-verdade...as safadinhas adoram se mostrar...Carolzinha minha filha...então!

Meu pau estava completamente duro e minha esposa ao ver a barraca armada brincou dizendo:

-acho que vou ter que chupar o pau do meu negão de novo antes de dormir...pra deixar ele um pouco mais calmo!

Só de safadeza tirei meu pau pra fora do short e disse:

-não precisa me fazer gozar de novo...mas da uma mamada rapidinha nele...só pra sentir o calorzinho gostoso da tua boca...antes que sua filhinha safadinha volte!

Cristiane fez o que pedi e logo depois que o filme acabou fomos dormir.

No outro dia tínhamos combinado ir a um pesque-pague passar o dia junto com alguns casais de amigos. Carolzinha ficou na sala do computador conversando no MSN.

No domingo acordei cedo e depois de fazer o café voltei ao quarto e minha esposa ainda estava dormindo e como estava mais ou menos na hora de sairmos para o pesque-pague resolvi acordá-la. Minha esposa acordou ainda sonolenta e disse:

-bom dia meu maridão...na verdade queria dormir mais um pouco...mas...fazer o que!

-bom dia minha querida...o café já está na mesa!

-vou tomar um banho bem gostoso acordar de verdade! Aproveita e acorda a Carolzinha...com certeza deve ter ficado no computador até tarde da noite conversando com o machinho dela!

Já que minha querida esposa estava mandando assim que ela entrou para o banho sai do quarto e fui acordar minha enteada deliciosa já imaginando como a “putinha” estava dormindo!

A porta não estava trancada com chave e quando entrei tive uma surpresa ainda maior do que na manhã anterior. Carolzinha estava deitada de bruços só com uma calcinha fio-dental extremamente pequena. A pequena peça de lingerie sumia entre as nádegas arrebitadas da garota e o melhor era que por ser tão pequenina estava enterrada entre os lábios de sua bucetinha estufada. Não teve jeito...meu pau teve outra ereção instantânea...ainda bem que estava de cueca por baixo da bermuda.

Fiquei ali admirando minha enteada deliciosa e então decidi chamar a “putinha” e como no dia anterior dei uns tapinhas de leve naquele bumbum maravilhoso dizendo:

-acorda linda princesa...tua mãe me mandou acordar a gatinha! Chega de dormir...vamos levantar!

Carolzinha acordou e se virou de frente se mostrando toda e com uma naturalidade incrível deu um sorrisinho maroto dizendo:

-bom dia Betão...nossa...essa noite dormi tão gostoso...que acho que nem sonhei!

-então já que acordou animada...levanta logo e vai tomar banho...princesinha quase nua!

Carolzinha apesar de só ter 17 anos sabia perfeitamente o que seu corpo quase nu provocava nos homens e então depois de dar uma olhada em seu próprio corpo deu um sorriso bem safado e disse:

-nossa...Betão...dormi só de calcinha...nem coloquei meu shortinho de dormir!

-Carolzinha meu anjo...to adorando vir te acordar todo dia de manhã e encontrar vc assim...linda e quase nua...mas pode ter certeza que se vc estivesse inteirinha nua...ia gostar mais ainda!

Minha enteada sorriu e toda safadinha se levantou e foi em direção ao banheiro dizendo:

-me deixa tomar banho então...pra ficar bem cheirosinha...e acordar de vez!

Ela entrou no banheiro e deixou a porta entreaberta e logo escutei o barulho do chuveiro e todo safado resolvi brincar com minha enteadinha e então abri a porta de vez e ao ver Carolzinha nuazinha já passando o sabonete pelo corpo disse:

-Carolzinha meu anjo...toma banho direitinho hein...depois vou conferir se ficou tudo limpinho!

Ela nem se importou com minha ousadia e continuou a se banhar tranquilamente.

Sai dali com o pau tão duro que parecia que se batesse em alguma coisa ia quebrar.

Aquela putinha safada estava me deixando completamente tarado.

Fomos para o pesque-pague e praticamente durante todo o dia comemos churrasco e bebemos cerveja. O local estava completamente lotado por causa do calor. Carolzinha logo fez amizades com as outras garotas e ficaram na piscina se divertindo e se bronzeando. O biquíni da putinha era um dos menores do lugar e não demorou nada para que aparecesse uns rapazes pra azarar minha enteada que toda safada dava lado pra todos que ela se interessava.

Quando fui até a lanchonete do lugar pegar mais cerveja Carolzinha veio até mim dizendo que queria refrigerante. Enquanto estávamos na fila começamos a conversar e como o barulho do som das musicas eram bem alto tínhamos que falar bem perto do ouvido.

-Betão...esse lugar é bom demais...la na minha cidade não tem um assim! Legal demais!

-é...aqui é muito bom mesmo...principalmente pra garotas assanhadas que nem vc...sua safadinha...que adora deixar os rapazes babando! Pelo jeito..to achando que seu namoradinho está quase levando um belo par de chifres!

-aii Betão...não fala assim de mim! Não é tanto assim...os garotos daqui é que são muito tarados! RSS.

Na hora resolvi mostrar que não ia ficar com frescuras e disse:

-Carolzinha...vc é muito linda mas também é muito safada...gosta de deixar os rapazes com tesão por vc...conheço “putinhas” que nem vc de longe! Se vc ainda não colocou chifres no namoradinho...não vai demorar pra colocar!

-nossa Betão...vc pensa mesmo isso de mim...não acredito!

-Deixa de frescura Carolzinha...vc sabe do que estou falando...mas...do jeito que vc é linda e gostosinha vc pode tudo...não estou criticando minha linda enteada...só estou comentando...sem maldade! RSS.

Ela sorriu e depois de pegar a latinha de refrigerante voltou pra piscina junto das novas amigas.

Minha esposa como estava menstruada não entrou na piscina e ficou debaixo de uma arvore conversando com as amigas e eu fiquei jogando futevôlei na quadra de areia.

A tardezinha voltamos pra casa e Carolzinha ficara bem bronzeada pelo sol forte daquele domingo. Com certeza sua pele ia ficar ardendo e iria incomodá-la pra dormir.

E isso realmente aconteceu mas Cristiane logo arrumou um creme hidratante e Carolzinha pode dormir tranquila.

Na segunda feira quando acordei minha esposa tinha saído logo de manhã pra levar seu carro na revisão conforme havia agendado na concessionária.

Durante o banho não teve como não pensar na minha enteada safada e certamente antes de ir trabalhar eu não iria deixar de dar uma “passadinha” em seu quarto pra saber se tinha “dormido” bem!

Antes de tomar banho vesti um roupão e me dirigi até o quarto da garota e quando abri a porta que como sempre não estava fechada com chave me deparei com Carolzinha completamente nua. Ela estava deitada de costas com as coxas bem abertas e ao chegar bem perto deu pra ver os lábios de sua bucetinha cheinha entreabertos e o mais delicioso era seu grelinho que se mostrava por inteiro.

Seus seios com mamilos rosados apontavam para o teto imponentes.

A marca de seu biquíni estava perfeitamente delineada deixando sua bucetinha mais branca ainda.

Meu pau como sempre endureceu em segundos e até pensei em sair do quarto, mas resolvi que ia acordar a garota só pra dar uma azarada na safadinha e então me sentei ao seu lado e peguei em sua coxa e dei uma apertada de leve dizendo:

-bom dia...minha princesa...vim ver se a linda gata bronzeada dormiu bem!

Carolzinha deu um gemido manhoso e pra acabar de me deixar mais tarado virou de bruços e colocou uma perna em cima de uma almofada. Sua bucetinha então ficou toda exposta ao olhar por trás. Ela então sussurrou:

-bom dia Betão...queria dormir mais...minhas costas ainda está ardendo um pouco...queimei mais o bumbum! Deixa-me dormir um pouquinho mais...por favor!

Todo safado pousei minha mão na bunda empinada da minha enteada e todo safado disse:

-Claro que vou deixar a gatinha dormir mais um pouco...só queria saber se estava tudo bem! Mas olhando assim de pertinho...gostei da calcinha branca que vc está usando hj...adorei!

Carolzinha deu um riso safado e encostando o rosto em minha perna disse:

-que bobo é vc...eu não estou usando calcinha...dormi peladinha!

A brincadeira estava ficando mais gostosa e mais safada...meu pau estufava a frente do roupão e continuei dizendo:

-é mesmo...é verdade...pensei que era uma calcinha branca...mas é a marca do biquíni da gatinha deliciosa! Adorei essa marquinha...te deixou mais sexy! O namoradinho vai ficar mais apaixonado quando ver seu bumbum assim!

-humm...também gostei da marquinha que ficou...pena que ficou ardendo bastante! Ainda bem que mamãe tinha aquele creme ...senão acho que não tinha conseguido dormir!

Quando olhei no criado mudo ao lado da cama vi o frasco de hidratante e sem pensar muito disse:

-quer que eu passe um pouco mais um pouco de hidratante nas costas da princesa...antes de sair? Prometo que não cobro nada pelo serviço!

Carolzinha toda safada nem pestanejou e dengosa disse:

-ahh Betão...quero sim...esse hidratante é bem geladinho...vai refrescar bem minha pele...passa sim!

Inclinei-me pra pegar o frasco e minha pica completamente dura quase saiu pra fora do roupão mas nem me importei e logo minha mão estava cheia de creme e deslizei-a pelas costas da minha enteada safada. Minha mão descia e subia pelo seu corpo daquela garota maravilhosa. Dava pra sentir que a pele de minha enteada se eriçava ao contato de meus dedos principalmente quando minha mão deslizava por suas coxas quase tocando sua bucetinha. Perdi completamente o juízo e decidi que ia fazer a brincadeira ficar ainda mais quente e então disse:

-Carolzinha querida...põe a cabeça na minha perna...fica melhor pra passar o creme!

A garota era bem obediente e em segundos seu rosto lindo estava na minha coxa musculosa. Nem me preocupei em amarrar bem o cinto do roupão...alias deixei-o praticamente solto. Prendi o pau entre minhas coxas e então todo tesudo disse:

-Carolzinha...querida...vc quer que eu passe um pouco de creme também nas partes branquinhas?

Ela deu um sorriso bem safado e sussurrou sensual:

-eu...claro que sim...pode passar...em tudo...eu...vou gostar!

Subi a mão pela sua coxa e espalmei-a em sua bucetinha branca. Carolzinha deu um gemido contido e abriu ainda mais as coxas e toquei seu grelinho durinho. Meu dedo grosso mergulhou naquela bucetinha toda úmida e a minha enteada putinha começou a rebolar. Abri meu roupão e minha pica enorme e grossa pulou diante dos olhos de Carolzinha e então disse todo tarado:

-quer que eu continue...sua putinha safada? Fala pra mim...quero ouvir vc pedir!

-nossa Betão...que pintão enorme...que vc tem! Nossa...o do meu namoradinho quase não dá nem metade desse! Bem que mamãe comentou com uma amiga que adorava o pau do negão marido dela...que era enorme e bem grosso! Nossa...que grandão...que é...acho que isso não deve entrar na minha bucetinha...só dei para pequeno!

Meus dedos estavam enterrados na bucetinha ensopada daquela vadia de apenas 17 anos e decidi que a brincadeira tinha terminado e todo tarado disse:

-cala a boca sua putinha e enfia minha rola nessa boquinha gostosa...chupa minha pica sua safada! Hj vc vai dar pra mim...e vai aprender a dar pra um macho de verdade! Vc vai ser minha putinha!

Puxei sua cabeça e a putinha começou a lamber e tentar enfiar a cabeçona da minha pica na sua boquinha sedenta. Apesar da inexperiência a vadiazinha toda tesuda logo se mostrava uma aprendiz de muita vontade. Logo coloquei aquela putinha deitada na cama com as pernas bem abertas e cai de boca naquela bucetinha sem pelos super tesuda. Suguei aquele grelinho durinho arrancando gemidos intensos que se contorcia como louca. Gozou dando gritos altos de prazer e então senti que a putinha estava pronta pra levar pau grosso e coloquei-a de 4 na beira da cama e encaixei a cabeçona da minha pica negra na entrada daquela bucetinha apertada e comecei a penetrá-la com firmeza.

Carolzinha deu um grito de dor quando minha pica grossa abria caminho naquela bucetinha semi-virgem e sem dó fui enfiando tudo até o talo e então todo tarado disse:

-pronto sua vadiazinha...minha pica tá todinha dentro dessa bucetinha...rebola sua puta...mostra que gosta de macho de verdade...da gostoso pra mim...rebola bem gostoso...na minha pica negra sua puta...senão vou te encher de tapas...não gosto de puta metida à fresca...rebola vadia!

Não demorou quase nada pra que minha enteadinha se mostrasse uma puta tesuda e gemendo alto de prazer parecia que seu corpo fora ligado no 220 v. e passou a rebolar loucamente.

Passei a foder aquela bucetinha apertada com força e profundamente.

Carolzinha entrou em transe e gozou explodindo de prazer. Sua bucetinha parecia morder minha pica. Aproveitei e dei uns tapas fortes na bunda da vadiazinha arrancando gritos de prazer e de dor.

Meti sem parar durante mais de meia-hora deixando aquela bucetinha completamente arrombada e então dei um berro e enchi a buceta da vagabunda de porra fervente.

Minha enteada gemia sem pudor sussurrando tesuda:

-ahhh...que delicia...Betão...que pauzão gostoso...nossa...gozei...demais...ahhh...

Sorrindo satisfeito tirei minha pica negra de dentro de Carolzinha e disse:

-vai tomar banho putinha...lavar essa buceta tesuda! Agora vc já sabe o que é dar pra um macho de verdade...e por ser a primeira vez que levou pica de homem...mostrou que merece ser comida novamente...com certeza vc vai ser uma puta muito gostosa...igual tua mãe!

Ela se levantou cambaleante e com um sorriso de puta satisfeita disse:

-nossa...minha bucetinha agora ficou larga...esse pintão me deixou arrombada! Mas...adorei!

Sai e fui tomar banho no meu quarto e assim que sai pra trabalhar passei no quarto da minha enteada e encontrei-a deitada pronta pra dormir novamente e então me debrucei sobre a putinha e beijei seus lábios dizendo:

-tiau minha princesa putinha...descansa bem que depois do almoço...vou voltar em casa e vou te comer de novo...inteirinha!

Carolzinha deu um sorriso maroto e tirando o lençol mostrou que estava completamente nua e disse:

-Betão...pode deixar...que vou estar prontinha...vou adorar sentir esse pauzão grosso na minha bucetinha tarada...tenho certeza que vou gostar mais ainda!

Aquela garota de apenas 17 anos se mostrava uma tremenda vadia tesuda.

Eu cumpria o que prometia e quando sai da loja a tarde depois de passar nos bancos cheguei em casa e encontrei minha linda enteada dormindo tranquila em seu quarto com o ar condicionado ligado e apenas com um lençol cobrindo seu corpo delicioso. Perguntei sobre sua mãe e ela sorrindo disse que fazia uns 20 minutos que tinha saído dizendo que só voltaria a tardezinha.

Dei um sorriso safado pra ela e disse:

-tá pronta pra dar pro teu macho de novo sua putinha safada?

Carolzinha puxou o lençol do lado e abrindo as pernas disse toda sensual:

-vem...meu padrasto pintudo...vem me comer bem gostoso...to louca pra dar de novo pra vc!

Cai de boca naquela bucetinha tesuda e em pouquíssimo tempo minha enteadinha puta se convulsionou por inteira e dando gritinhos gozou na minha língua esperta. Recostei-me na cabeceira da cama e todo tarado disse:

-vem vadia...senta na minha pica putinha...quero ver minha rola preta entrar nessa bucetinha branca ... vem...sua vagabunda tesuda...quero ver vc rebolar na pica do teu macho...que delicia ter uma enteada tão vadia e tão tarada...ahhh...assim...isso...ahh!

Minha enteada sabia como dar a buceta e depois de encaixar a cabeça da minha pica negra na entrada de sua bucetinha branca tesuda soltou seu corpo e engoliu tudo de uma vez.

A vadia deu um grito de prazer e logo cavalgava como uma profissional e em instantes ela gozava copiosamente espetada na minha pica grossa. A vadia era insaciável e seus orgasmos se sucediam um atrás do outro.

Resolvi comer a vadia do jeito que mais me deixava tarado...por trás...olhando aquela bunda empinada rebolando deliciosamente. Pra ficar ainda mais gostoso...coloquei um travesseiro embaixo de seu ventre e me encaixei com perfeição. Metia com força e o barulho de meu púbis batendo forte naquele rabo arrebitado me deixava ainda mais louco de tesão.

De vez em quando minha pica enorme escapava daquela buceta ensopada e deslizava pelo rego daquela bundinha gostosa deixando tudo bem molhado. Ao encaixar minha pica novamente na buceta notava aquele cuzinho lindo que se contraia a todo instante.

Não demorou pra que meus instintos de macho tarado aflorassem ainda mais e aproveitando o tesão incontrolável de minha enteada putinha quando minha pica escapou novamente de sua bucetinha aproveitei e fiquei brincando todo safado no cuzinho tesudo da putinha que continuava a rebolar toda tarada gemendo e suspirando de prazer.

Perdi o resto do juízo que podia ter e sem me importar com nada...encaixei a cabeçona da minha pica negra na portinha daquele cuzinho que estava me deixando louco de tesão e dei um fincada firme.

Carolzinha quando percebeu já era tarde e nem me importei com seu grito lancinante e fui enfiado tudo.

Aquele cuzinho era extremamente apertado mas meu pau foi abrindo caminho e em instantes meu púbis estava colado naquela bunda empinada e todo tarado sussurrei:

-calma...putinha...ja foi...minha pica tá todinha dentro do seu cuzinho...relaxa que vai doer menos...puta de verdade tem que dar o cuzinho pro macho...rebola sua vadia...rebola e dá gostoso...vc vai adorar levar pau no cu...rebola minha putinha...dá esse rabo pra mim...ahh...que delicia!

O choro foi diminuindo e quase em seguida os gemidos eram de prazer e a vadia logo rebolava espetada na minha pica negra...gozei...como há muito tempo não gozava...enchi o cu da putinha de porra quente. O mais delicioso foi escutar um grito de prazer que saia da garganta da putinha. Ela rebolava e jogava o corpo pra trás pra sentir a penetração por inteira.

Fiquei engatado naquele cuzinho até minha pica grossa amolecer e escapar de dentro dele até fazendo um barulhinho mágico..

Carolzinha ainda um pouco ofegante disse:

-seu tarado...arrombou meu cuzinho...eu era virgem...nossa...tá pegando fogo...tá ardendo demais!

Sorrindo todo satisfeito abracei a putinha e dei um tapinha de leve naquele bumbum lindo e disse:

-deixa de ser fresca sua putinha...gozou mais gostoso ainda pelo cu...do jeito que vc rebolou na minha pica...vc adorou dar o rabo sua putinha tarada...e não vai demorar a querer dar de novo...agora vai tomar um banho gelado...pra refrescar!

Ela não disse mais nada e com um sorriso safado se levantou da cama e foi em direção ao banheiro e deu pra ver perfeitamente minha porra escorrendo pelas coxas da putinha.

Fui para meu quarto e também tomei um banho bem relaxante.

Antes de sair conversei com minha enteada e então ela me confidenciou que já fazia 4 meses que tinha perdido a virgindade, mas o namoradinho não era como imaginou além de ter um pau fino e pequeno para o tesão da vadia. Ela tinha dado pra outro rapaz uma semana antes de vir passar as férias em casa mas também não tinha sido nada empolgante com ela achava que devia ser. Porem quando chegou em minha casa e na primeira noite escutou a mãe transando comigo toda escandalosa e gozando como louca ficou toda assanhada e no salão de beleza ao escutar da boca da própria mãe que o padrasto tinha uma pica enorme e grossa a curiosidade foi aguçada e resolveu se insinuar pra mim.

Sorri todo satisfeito de ter sido presenteado por ter uma garota tão gostosa e tão puta quanto era Carolzinha. Ela sabia como agradar um macho tarado como eu. Era uma versão mais novinha da mãe.

Durante aquelas férias comi a vadia quase todo dia. Minha esposa parece que sentia que tinha outra puta rondando o marido porque também se mostrava ainda mais tarada que o normal e sempre que tínhamos chance queria trepar comigo.

Não foi fácil satisfazer duas putas taradas...mas consegui dar conta do recado!

Quando Carolzinha foi embora pra casa dos avós ela me confidenciou assim que tivesse um feriado prolongado daria um jeito de pegar um ônibus pra visitar a “mãe”! RSS.

Depois disso teve muitas historias safadas que aconteceram com minha enteada...mas depois conto pra vcs!

Outros contos do TETE acessem meu perfil: //lk.salon-master.ru/jav321/perfil/150463

Se quiserem entrar em contato:

skype: tete-cp1

e-mail: [email protected]

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
06/05/2015 22:27:18
Show
dmm
12/05/2014 11:14:51
Já conhecia mas sempre é bom reler coisas boas.
03/05/2014 13:57:09
Melação legal
09/04/2014 14:40:35
Noos ai meu deus
09/04/2014 10:57:33
Noos
09/04/2014 10:57:01
Noos
05/04/2014 02:02:03
Muito bom. Leia os meus e conheça o meu blog: quiquinha12.blogspot.com.br NOTA DEZ
23/03/2014 07:08:34
vc vai acabar comendo as duas juntas cara d sorte?
28/02/2014 03:58:28
de mais muito bom mesmo
08/02/2014 20:35:45
10 com louvor! Tesão de texto
01/02/2014 15:59:17
Interessante!
28/01/2014 22:48:54
otimo
26/01/2014 03:53:43
safado me fez pegar o meu vibrador e meter todinho...lendo e brincando rsrs Parabensum dos melhores que vi por aqui, me deixou toda meladinha...
17/01/2014 13:05:06
oi otimo conto me liguem quem gosta de zoofilia
10/01/2014 18:51:44
Nossa fiquei louco
10/01/2014 17:25:42
oii ;) , meu nome é matheus se alguem quiser trocar fotos picantes meu whatsapp é bj meninas ;D
08/01/2014 22:41:05
Muito bom!
07/01/2014 16:33:59
He he a mae ja era gostosa,e tromba com uma filha aprendiz de metelona com vontade? ai sim é ganhar na loteria,rsssssss gostei.
05/01/2014 09:49:12
eu quero um macho assim pra mim...sou casada, me liguem ou mandem sms, tenho local. beijos
30/12/2013 23:58:06
otimo cara adorei seu conto. leia algum conto meu

Online porn video at mobile phone


xvideos loira do cu aguado molhado passando protetor solar na teenzinha meti no cuzinho gratisvídeo e Lucas não vai perdoar ninguém porta magrela seca sem denteconto erotico gay dei sonifero pro meu filhinho e comi eleporno pesado com etiadasfiz sexo com colega sarado trabalho contosgayscomendo o cu da enteada ela nao cobtcontos de machos roludos dominando cornos das esposasvídeo de sexo pornô garganta hipertrofiada engolindo monstro hiper dotadoesposa levantando o vestido para o pedreiro comer lá em casa reforma vídeo pornô doidosoca no meu rabo na buceta e goza na minha boca video pornôcasa dos contos gay brincando de se escondecontos gays- dei o cu pro meu irmao acompanhante trasando com intiado no hotelbaixar xxxvideos de 10minotosxchamster novinha da o cu ejacula pela bucetaincesto tio tirando virgindade da sobrinha de dez anos no semáforoficamos nuas e sastifeitasContos eroticos elacareca peladatravesti Levanta a mini-saia e senta na chapeleta do negãofilha adotiva safada com mae e pai contoscontos eiroticos leilapornconto erotico novinha peidando sexo analnovinha aser estuprada com padrasto aser desvirginada enquanto dormeconto erotico dei pro meu genrosenhora de bunda gorda tanajuraFazendeiras e seus contos eroticos picantescrente e vizinho cassetudo conto eroticoporno boquete engolindo 40 ctm de caralhoamarados com cordas e mulheres tatendo punheta ate eles gozar xvideospastora ficor surpreza na massagi com um pau na bucetacontos eiroticos leilapornS-&-w- Casa Dos Contosxvideo porno erotico esposa americana traino o marido americano por dinheirocasa dos contos eroticos infidelidadecontos eroticos com novinhas rio amazonasXVídeos bem engraçado XVídeos bem porretacontos eroticos uma semana para ser adestradacontos da julia gorda video casero de mulhr cassda ssfsxvidiomenina sentando em cima da pica mais grandi do mundominha tia e eu e meu tio contospornodoid xxxxxxtarados fazendo gang gang coletivo com esposa puta italiana do cornocontos mamei nos seios bicudos da negraconto erotico gay negao dominador gosta de maltratar viado brancoporno caiçaras mae tia rabuda transando primoConto erotico garotao gay tio e irmaobaxinha dando baixinhopornodoidomolhes pela porno vida de meninas de 19 anos Novinhos gay no banhoxvconto erotico minha mulher de short no onibus gozaram nas coxa dela dabuceta das gostosa da novela das 9:00na fazenda de amigos novinho conto eroticofodeno de Cantroxvideo madrasta sendo medecadaquadradinho da crente inocente safada em conto eróticosmulher ficado vemelha de tato chupaomeu cao me fodeu na brincadeira contos gaygosto muito de praticar zoofiliavidio porno tio me cumeu na varanda do quintaupornocaseirogosandodentrover contos eroticos de peao comendo o cu de empresarioconto padastroXVídeos real amador verdadeiro marido chega em casa mais cedo ovo gemido da esposa e grava escondidovendo o servente no banho e fico louca com o pau grande delemulher enbriagou marido ele foi domim ela fio da cuxvidio ela mete muito ki abuceta.chega morder o casetedei pro entregador contoscontos eroticos minha nao cabia aqela pica eu era muito novinha mais deixei ele mt tdinhaConto porno prima perdeu no jogo teve que dar a buceta