OS SEGREDOS DA DISNEYLÂNDIA II

Um conto erótico de amigo_e_confidente
Categoria: Heterossexual
Data: 17/09/2012 13:46:32
Nota 10.00

Depois do jantar Adriana falou que ia tomar um banho e depois ia para o meu apartamento, eu subi, tomei um banho e fiquei esperando Adriana enrolado na toalha. Adriana entrou com uma sacola, colocou no móvel e ficou parada ao lado da cama, fui beija-la, ela recusou, a segurei pelos cabelos e a beijei, ela retribuiu com muito tesão, quando parei fui retirando sua roupa, ela não tinha reação, depois que a despi fiquei admirando seu corpo.

Adriana era uma galega linda, vinte e três anos, bronzeada, malhada, tinha 1,69 m, cabelos longos, lisos, olhos azul claro, lábios rosados, carnudos, seios pequenos, mas não muito, pernas e coxas grossas, seu bumbum era grande, mas sem exagero, a xaninha era lisinha, saliente com lábios carnudos que escondiam seu clitóris.

Comecei a beijar Adriana, em seguida a sentei na cama, deixei cair a minha toalha, meu pênis ficou perto do seu rosto, ela ficou olhando, fui encostando meu pênis na sua boca, ela fechou a boca, fazia jogo duro, eu tinha que conquista-la a cada passo, eu esfregava meu pênis nos seus lábios e nada, continuei ate que ela foi abrindo a boca e meu pênis foi entrando, quando entrou a metade eu parei, deixei meu pênis pulsando dentro da sua boca, sentir movimentos da sua língua, comecei um vai e vem lento na sua boquinha, ela segurou meu pênis com força e começou a chupar com gana, a deixei chupar um bom tempo, em seguida deitei Adriana, ela cruzou as pernas, comecei a chupar seus seios e meu dedo procurou seu clitóris, ela começou abri as pernas, continuei chupando seus seios e fui me ajoelhando no meio das suas coxas, desci beijando sua barriga, ela tentava fechar as penas, mas eu estava no meio delas, segurei seus joelhos com as mãos e abri bem suas pernas, comecei a chupar sua xaninha e ela quase sem voz dizia:

- Não, não faz isso, para, para, assim é covardia, não faz.

Quanto mais ela falava mais eu chupava seu clitóris e a xaninha, também comecei a penetrar seu cuzinho com o polegar, Adriana começou a gozar, arqueava o corpo, se contorcia, ate que gemeu alto e ficou largada na cama, fui subindo pelo seu corpo, meu pênis encostou-se à sua xaninha, fiquei esfregando na entrada e ela falou:

- Não, não posso, não faz, não posso, eu sou...

Não a deixei completar a frase, nos beijamos com muito tesão e meu pênis foi entrando gostoso, quando estava todo dentro ela falou:

- Agora não tem mais volta, agora me fode gostoso, mas se eu engravidar você vai ter que casar comigo.

Falei para ela ficar tranquila, que gozaria no seu cuzinho e na sua boquinha, comecei a me movimentar devagar, Adriana gemia, pedia mais, ela estava com fome de sexo, eu metia com vontade, Adriana me beijava, começou a gozar, eu não parava de meter, Adriana gozava uma vez atrás da outra, ate que ela me enlaçou com as pernas, me abraçou forte e atingiu um orgasmo profundo, ela ficou se estremecendo, continuei metendo ate ela parar e ficar largada de olhos fechados, fui pegar o lubrificante, quando voltei ela sorriu e virou de bruços, eu mordi e alisei muito seu lindo bumbum, comecei a explorar o cuzinho com a língua, ela gemia alto, quando meti a língua no seu cuzinho, Adriana arrebitou o bumbum e disse:

- Meu noivo sempre quis e eu nunca dei, mas acho que estou louca porque quero sentir você metendo com força no meu cuzinho, quero que castigue essa puta que esta chifrando o noivo, vai castiga.

Lubrifiquei seu cuzinho e meu pênis, me deitei por cima de Adriana e forcei meu pênis no seu cuzinho, quando a cabeça foi entrando Adriana apertou o lençol com as duas mãos, mordeu o travesseiro e prendeu a respiração, fui entrando devagar, sentia cada centímetro entrando no seu cuzinho, quando entrou todo Adriana suspirou, fiquei um tempo sentindo o bumbum de Adriana colado no meu corpo, me esfreguei nele, ela começou a mexer os quadris lentamente, comecei a me movimentar, estava muito gostoso, Adriana começou a falar:

- Não foi loucura não, esta ficando gostoso, todos os homens querem comer meu rabo, no fundo eu sempre quis dar, às vezes sonhava alguém comendo meu cuzinho, mas foi aqui na Disney que eu achei esse pau gostoso, mete sem pena, isso, mais forte, mais força, vai, assim, ai,ai, ai, goza agora, goza comigo.

Eu a beijei e depois falei:

- Isso mesmo putinha, no fundo você sempre quis dar esse rabo gostoso, vou encher ele de leite quente.

Adriana urrou de prazer, gozamos juntos, gozamos tanto que ficamos um tempo largados, depois tomamos uma chuveirada e voltamos para a cama, falei que estava preocupado, pedi desculpas porque ela era noiva, ela falou que só não desculparia se eu parasse agora, falei que nem pensar. Recomeçamos com um gostoso 69, quanto mais eu chupava aquela xaninha gostosa, mais dava vontade de chupar, Adriana não resistiu por muito tempo e gozou, depois virou de bruços e disse:

- Come novamente meu rabinho.

A coloquei de quatro na beira da cama, a segurei pelos quadris e meti na xaninha, Adriana gemeu, meti ate sentir que ela ia gozar, ai tirei da xaninha e meti no cuzinho, ela jogou os cabelos para trás e disse:

- Vou gozar, enche meu cuzinho de leite.

Segurei-a pelos cabelos e a puxei para trás, seu cuzinho apertava meu pênis, ela começou a gozar, eu não, continuei castigando seu cuzinho, quando ela parou de gozar fui deitando com ela na cama sem retirar meu pênis de dentro do seu cuzinho e ela falou:

- Eu não aguento mais, estou sem força para gozar, goza.

Passei bastante tempo me aproveitando daquele bumbum lindo, depois coloquei a mão por baixo dela e comecei a manipular seu clitóris, Adriana começou a se estremecer, seu cuzinho mastigava meu pênis, ela estava gozando com as ultimas forças que tinha, eu fui junto, gozei gostoso. Descansei sobre ela, tomei uma ducha e voltei para cama. Adriana parecia desmaiada, a deixei dormir, depois de um tempo ela levantou e foi tomar uma ducha, quando ela voltou eu estava quase dormindo, ela sorriu, sentou na cama se curvou sobre mim, jogou seus cabelos sobre minha barriga e começou a me masturbar, em seguida explorou toda extensão do meu pênis com a língua e começou a chupar, ela chupou, saboreou, avisei que ia gozar, ela continuou chupando, Adriana tomava meu leite e gemia, foi assim ate a ultima gota, depois ela disse:

- Você acabou com as minhas forças, estou morta, mas vou acabar com as suas forças também vou sugar ate a ultima gota de seu leite.

Adriana começou a me chupar novamente, agora foi a minha vez de gemer e de me contorcer, meu sangue fervia, ela mordia meu pênis com os lábios, chupava, se masturbava, Adriana parecia enfurecida de tesão, eu senti meu pênis inchar na sua boquinha, avisei que ia gozar, ela começou a gemer cada vez mais alto, eu comecei a gozar com o que restava das minhas forças e ela também, eu fiquei tonto e quase desmaiei, ela ficou deitada por cima de mim. Dormimos um tempo assim, depois tomamos uma ducha, quando voltamos para cama ela falou:

- Apesar de ser muito comunicativa, fazer comerciais e trabalhar com turismo, ate hoje eu era certinha, ate mesmo transando com meu noivo, nunca tinha tomado leitinho nem dado o bumbum. Eu ate imaginava uma transa mais movimentada com meu noivo, mas nunca, nunca mesmo eu poderia me imaginar fazendo o que eu fiz, agora me sento uma mulher de verdade, você virou minha cabeça, me mostrou o verdadeiro prazer, não vou te deixar mais.

Bem que Marília tinha dito que Adriana poderia virar a cabeça de qualquer homem e agora depois dela completamente solta é que era fácil de perder a cabeça por ela e eu estava perdendo, estava me apaixonando por Adriana e isso não podia acontecer, pois ela era noiva. Então falei que ela era maravilhosa, que estaria ao lado dela sempre que ela precisasse e claro que na cama também.

Marília, Adriana e Gabi voltaram da Disney outras mulheres, em matéria de sexo, eram perfeitas na cama, bem safadas e criativas. Como na Disney a gente filmava e fotografava tudo, Gabi deu a ideia de filmar algumas de nossas transas, eu filmei e fiz uma copia para Gabi, ai dei a ideia para Marília e Adriana, elas acharam interessante, ai filmei algumas transas com elas também.

O resto da viagem foi excelente, houve surpresas, mas já no Brasil. Uma das surpresas aconteceu no Brasil foi inacreditável.

Quando voltamos da Disney fizemos um churrasco na piscina lá de casa para comentar a viagem, as mulheres estavam muito felizes, Adriana não foi, todos conversavam muito animados, as mulheres estavam de biquíni, eu lembrei que Ricardo me disse na Disney que Silvana sua esposa era fria na cama, eu fiquei observando o corpo de Silvana de dentro da piscina, ela estava de pé no bar da piscina, eu olhava discretamente os detalhes do corpo dela, Silvana era uma morena bonita, com um corpo muito bem feito, seu bumbum era generoso e perfeito, eu não entendia como aquela mulher poderia ser fria na cama.

À noite Marília me ligou, falou que estava com saudade, que queria me vê, combinamos de nos encontrar no shopping no dia seguinte. No outro dia nos encontramos e fomos para um motel. Quando estávamos saindo do motel, falei que Ricardo tinha me dito que Silvana era fria, que só fazia o básico na cama, que eu não entendia como ela era tão gostosa e fria. Marília me deu um selinho e disse:

- Eu conheço Silvana há muito tempo, ela é muito educada, não deixa transparecer nada, mas comigo ela se abre. Ela me falou que Ricardo sempre a reprimiu e ela perdeu o interesse por ele logo depois que engravidou de Gabiu, só se acomodou por causa da família, não sei como ela ainda não o traiu, mas acho que vai, porque ela já me confessou que se masturba assistindo filmes pornô e fantasia esta no lugar das mulheres do filme. Na verdade ela esta prestes a explodir de tesão, ele nunca fez nem oral e nem anal com ela.

Marília me perguntou se eu estava a fim de transar com Silvana, eu falei que seria muito bom ver Silvana dando vazão ao vulcão adormecido e se derretendo toda. Marília disse que na primeira oportunidade falaria sobre mim para ela.

O tempo foi passando Ricardo continuou a sair com Solange, ele se arriscava muito, costumava ir para um motel numa avenida perto de um shopping nos dias de quarta e sexta à tarde, ate que um dia Silvana viu o trapalhão entrando no motel com Solange. Silvana conhecia Solange, Silvana foi direto para casa e ligou furiosa para Marília, Marília foi para a casa de Silvana, depois Marília me contou toda a conversa.

Marília disse a Silvana que o marido também já tinha comido Solange, que ela não ligou porque Solange não tinha intenção de ficar com o marido de ninguém. Silvana disse que a questão não era Ricardo ter saído com Solange, que ela não estava ligando para isso, que era ate um favor que Solange estava fazendo, que eles já nem transavam mais, mas ele não podia expor ela, pois outras pessoas poderiam ver os dois entrando ou saindo do motel e ela ia servir de chacota para os outros. Silvana disse que ia se vingar e também pagar na mesma moeda, era só bolar um plano e encontrar o homem certo. Silvana pediu a ajuda de Marília, Marília aproveitou a deixa e falou em mim, falou que eu era confiável e que sabia que eu transava muito bem, Marília disse a Silvana que ia conversar comigo sobre ela.

Continua ...

[email protected]

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.

Online porn video at mobile phone


eu quero chupar o pezinho da casa da minha vizinha que tem chulé gostoso a loirinha gostosa em chupar meu paucontos eroticos testando minha esposaesposa comenta da grossura da picaveio peidamos 1000 da novela novinha sem perceber que ele tá pegandonovinga da favela fazendo menagem depois da aulavamos ver se vc aguenta minha pica toinha ate no talo na sua buceta virgem sexopornodoidovideo longocontos eróticos em fábricaeu só fudia a buceta da minha irmã com camisinha minha irmã ela entrou no meu quarto ela disse pra mim você agora vai fuder minha buceta sem camisinha eu tomei anticopcional conto eróticosexo dedada chulhomenscacetudosdesaojosedoscamposmulher chupa gostoso com o dente encavalado pornoauto escola conto eroticoXVídeos b******** garotinha se coçando toda com vontade tesão por mão abrindo as pernasporno levei um amigo pra minha casa ele ficava elavideo de mulher 34anos nuA lavano a bucetapornor doido homem batendo poleta na varandacomendo a sobrinha de 13 aninho conto eroticosnovinha dando pauzudi com cazelinacontos novinha corno gang putinha forçadaDormindo e pai comendoxx.comCavalo pauzudo coloca tudo na jumentinhaso norabo xvideoadeu, minha namorada, minha namorada e meu tiotitio disse que tenho vocação para corno e enfiou a.comrola na minha mulher contosTio brinquinho trazando com sobrinho,negao xnxxnovinha incente do interiorcenas de filme porno que mulher goza como nunca se viu nna vd na bc de um travistibest camerasxxx vdeos gay levou o boizo pra comer em casacasa dos contos greludashomem emprensando mulher parede do banherodando a bunda no pau dele ele meteu a vara nela pelada com bolsinha delasexo com irma inploradocontos de travesti depiladorafui encoxada no metro e dei meu rabonegão arrebenta o intestino da mulher com pau enormeensinando minha enteada conduzir contos eroticosBucetao agoentando pintao no xvidiocoroa casada chupano o garotao dotado e leva moita porra na bocaassistir vídeo A Escrava tem a bunda toda cortada com chicotecontos de sexo depilando a sograsinhazinha estrupada por escravos pornogaroto punheteiro macumbeiro xvideoPorno cachorros no cio engatadovídeo de uma mulher é o cara para tirar a virgindade dela pegando ela pulsafui so dar uma alisadinha nao deu mandei pra dentro video casero pornoavo reasa sonho de novinha neta pornocontos eiroticos leilapornela nao queria que eu gosace na bucetinha dela mais goseirelatos eróticos: minha esposa ficou grávida durante assaltocontos eroticos peguei uma meninacontoseroticos/comadre rabudaPorno texta Mijonas assustadaspadrasto cumeno intiada loira raboconto gay garotinho da igrejaContos eroticos de podolatria com fotos desejando chupar os pes bonitos de primas inocentecontos eróticos meninas de 25 anos transando com a calcinha preta com lacinho vermelhomeu tio comeu minha bucetinha virgem parte 2 contos eroticosapaixonado por dois brutamontes da faculdade 12mulher de 38 anos assim meia gordinha do priquito bem grandão ela transando e gemendoComtos eroticos de biatas com padresfavelada com ancas larga sendo fudidacontos eiroticos leilapornxvideo a rola deleGustavo de carinha de anjoAliviando os funcionarios contos eróticosccu porno dddd mudo cu menininhaXVidio com as vijem fazendo Sabão zinhorubiaebeto.brmega trânsito caras dentro da b***** esfoladavanessinha casada e putinha/quadrinhosporno mulheres levam choques na buceta e se tremem todas com as pulsaçõesporno lubrificando o cu com manteiga e socando a mao infeira dentro delevideo que a menina deu sinifero para boneca dormircontos eiroticos leilapornME.ININHAS SAPECAS XNXXgostosasyoutubexvideosContos eroticosminja vizinha velhaHomens roludos fodendo a filha do amigo Astrogildoninfeta blinando vovôtia ensinando osobrinho acome bocesta seso videu reau azeiroConto erotico umaa muler muito ssafaadacosquinha nos pelos pulvianos xvideoscomedo aentiada dorminoEnpregada sendo encoxada por trs de sainhadei minha virgindade promeuirmãogêmeopenis gigantao punheta boquetecontos eroticos dei a bundinha por balasblog contos eroticos fui corno na despedida de solteirahttp://conhecer adolecente de peitinho durinho bucetinha bem apertadinha