Não resisti. Comi minha cunhada na casa da sogra (Verídico)

Um conto erótico de Tonny
Categoria: Heterossexual
Data: 28/01/2012 00:00:42
Última revisão: 28/01/2012 00:09:45
Nota 9.46

Faz 4 anos que sou casado com Roberta, nossa relação já dura longos 7 anos, entre namoro, noivado e casamento. Nos conhecemos ainda na faculdade.

Minha esposa é uma pessoa pacata, recatada, mas que na cama se transforma e fode feito uma louca, me fazendo assim um homem bem feliz e satisfeito.

Ela é a mais velha de 3 irmãos. Na verdade são duas mulheres e um homem.

A caçula se chama Érica, e é uma mulher muito bonita, solteira, sem filhos e com 31 anos de idade. Mesmo sendo uma moça super atraente nunca havia me despertado cobiça, pelo fato de ser irmã de minha esposa. Nunca, até 8 meses atrás quando estávamos na praia, minha esposa, Érica e eu.

Ela usava um micro biquini fio-dental, todo atochado em sua linda e modelada bunda. Ela não é do tipo gostosona, não. Ela é falsa magra, e com seios perfeitos, médios, empinados e de bicos do tipo fura-olho.

Nesse dia na praia, em certo momento minha esposa foi para o quarto do hotel, pois o sol estava forte demais e ela não está acostumada a ficar exposta ao sol por muito tempo. Ficamos Érica e eu na praia, apenas conversando, jogando conversa fora, até começarem os lamentos dela por não encontrar algum homem que prestasse, segundo ela.

À partir daí parece que algo nela (além dos lindos seios e da bunda) despertou em mim um predador, tornando-a uma presa preciosa.

Comecei a elogiá-la, e insisti que ela encontraria um cara que a fizesse feliz. Ela retrucou dizendo não acreditar.

-"Parece que o último foi fisgado pela Roberta." disse ela.

Nesse momento tremi e gelei dos pés a cabeça, logo após uma excitação imensa tomou conta de mim.

Ela se levantou e disse que daria o último mergulho, e voltaria para a pousada. Deixei que fosse, e achei prudente esquecer o assunto.

Nos encontramos muitas outras vezes depois, porém nunca mais entramos no assunto. Apenas eu não a via mais como minha cunhada, e sim como uma gostosa, uma tesuda doida pra foder.

Na semana passada fui para a casa da minha sogra durante a semana. Minha esposa estava trabalhando, então fui só. Chegando, fui recebido por Érica e minha sogra.

Almoçamos e após fui para o quarto "da bagunça" formatar o computador da família. Minha sogra se despediu e foi para o andar de cima dormir.

Estava quase começando a formatação quando Érica saiu de seu quarto com um pendrive, e me pediu para salvar nele alguns arquivos em PDF referentes ao seu trabalho, e saiu.

Assim fiz, mas a curiosidade bateu, e comecei a revirar aquele pendrive na esperança de alguma foto ou vídeo mais sensual. E numa pasta chamada BACKUP 08/11 havia não uma, mas diversas fotos daquela delícia nua. Comecei a passar uma por uma, num misto de tesão e nervosismo.

Nossa, que buceta linda, a safada sabia fazer pose para o próprio espelho.

Coloquei meu HD externo no PC e comecei a transferência dos arquivos. Era arriscado, mas eu não pensava naquele momento. No mínimo uma punheta eu tocaria vendo aquelas fotos.

Mas durante a cópia a Érica entrou no quarto e eu atônito, não conseguia me mover nem pra cancelar e disfarçar.

Claro, ela percebeu o que acontecia, mas pra minha surpresa não esboçou qualquer sinal de reprovação, mas pediu pra que eu cancelasse a cópia. Engoli em seco, e apertei o cancelar.

Após arranquei o meu HD e me levantei. Eu estava sem rumo!

-Não precisa ficar nervoso. Só tenho medo que essas fotos caiam na net. Disse ela.

-Não pensei em fazer isso. Retruquei.

-Eu sei, mas pior ainda seria se a Roberta te pegasse com essas fotos.

Após isso a gostosa soltou um riso safado.

E eu não tirava aquela buceta da mente.

Entrei na onda do riso dela, e relaxei mais.

-Tem Photoshop naquilo tudo?

-Claro que não!

-NOOOOSSAAAAAAAA!

-Tá surpreso? Não achou que era isso tudo? Escolheu a irmã errada? E mais risos.

Respondi no ato:

-Nunca é tarde pra saber.

Agarrei aquela gostosa, que não se fez de rogada e escorregou a mão até o meu pau, que começou a latejar.

Eu não queria mais saber de nada, esqueci até do perigo se minha sogra descesse, e comecei a mamar naqueles seios bicudos e rijos, enquanto minha cunhada aumentava sua respiração.

Eu imaginava aquela xoxota já toda molhada e minha boca enchia de saliva.

Érica não parava com sua mão, e meu pau parecia que ia explodir. Minha orelha era invadida por sua lingua inigualável, e ao mesmo tempo eu descia seu short e alcançava aquela racha úmida. Ela me encarou e mais uma vez deu um risinho seguido de uma mordidinha em seu lábio inferior. Que cara de puta.

Ela já estava sentada na cadeira e eu me perdia naquela buceta cheirosa, quase careca e muito gostosa. Minha barba estava encharcada com tanto líquido que Érica expelia. Ela tremia, se contorcia e empurrava minha cabeça, como se quisesse ser devorada de verdade. Fiz minha cunhada gozar por duas vezes com minha boca.

Agora eu queria também. Me sentei e o show começou. Érica veio descendo com a língua pela minha barriga, virilha até chegar no meu pau. Lambeu de cima até embaixo várias vezes, dando especial atenção a cabeça, a qual ela fazia questão de mordiscar bem de leve, sempre me olhando nos olhos, e piscando o olho pra mim. Ela chupava com tamanha voracidade, que pensei que gozaria em instantes.

- Falta eu fazer uma coisa. Disse ela.

- O quê?

- Lamber suas bolas!

Só de ouvi-la dizer isso me encarando, me excitei ainda mais.

Ela sabia mesmo fazer. Lambia meus ovos com um cuidado e uma habilidade ímpares. Continuou punhetando meu pau, enquanto puxava meu saco ao máximo que conseguia. Eu me revirava de tesão.

Eu estava mesmo prestes a gozar então puxei ela pra cima e tasquei-lhe um beijo. Fui repreendido.

- Beijar já é demais não acha? Você é meu cunhado, Tonny!

Não entendi nada, mas naquele momento não me importava. Mamei mais um pouco, revezando entre os dois seios, e finalmente meu pau preencheu aquela buceta perfeita.

Fizemos no chão mesmo, e por vezes eu me empolgava e quase urrava de prazer.

- XIIIIII. Não esquece que minha mãe tá em casa.

Eu não lembrava nem meu nome, quanto mais da minha sogra.

Pedi e ela prontamente se colocou de quatro. Eu metia muito fundo, ela queria mais...

- Eu gosto de sentar em cima, Tonny!!!!

Tirei a pica, e vendo aquele rabo lindo não resisti. Meti a língua naquele cuzinho lindo. Lambi com muita vontade, e Érica se contorcia, e nesse momento não resistiu e soltou um gemido bem alto. Pensei logo em meter a pica naquele rabo, mas deixei que ela sentasse em cima como pediu.

Me deitei, e ela veio virada de costas pra mim, e meu pau desapareceu naquela xota. Ela quicava como louca, e gozava como louca. Seus cabelos pareciam dançar enquanto ela pulava no meu pau. Era lindo ver aquela bunda com marquinha de biquini subir e descer.

Pedí bem próximo do ouvido de Érica.

- Posso meter no cuzinho?

- Só se tiver KY. Rindo.

- Não tenho...

Entristeci o semblante, mas a cunhada tinha saída pra tudo. Catou um creme que nem sei do que é até hoje, e começou a esfregar no meu pau. Depois fez o mesmo em seu rabo.

- Já que fizemos merda, vamos fazer bem feito. Agora ela gargalhava.

Não pensei meia vez, coloquei ela de quatro e meti naquele cú apertado. Érica rebolava enquanto dedilhava sua buceta de forma alucinada.

Eu tava arregaçando aquele cú, e Érica me dava tapinhas na perna, pedindo mais.

Ela me encarou fixamente e começou a pedir mais forte. Ela iria gozar!

Meti como um animal. Suas pernas bambeavam, e ela explodiu em orgasmo.

Eu já não me aguentava.

- Goza pra mim?!?!

- Sim!

Começou a fazer um espanhola, agasalhando meu pau e lambendo a cabeça.

Nossa, que gozada. O primeiro jato foi bem na cara da piranha, os próximos ela fez questão de não disperdiçar, armazenando na boca. Depois ela ficou esfregando minha rola em seus seios, enquanto eu me contorcia.

Por fim brincou com minha porra, e engoliu tudo, inclusive passando a mão no rosto e levando a porra pra dentro da boca. Perfeita!

Saí de lá, e não formatei o computador deles. Eu não tinha condições...

Ontem Érica ligou para meu celular, dizendo que deveríamos esquecer tudo aquilo. Que era loucura.

Érica, é impossível esquecer sua buceta, respondi!

Ela não disse nada, apenas sorriu e desligou.


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive Tonni a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
01/02/2012 16:48:17
Parabens, pelo jeito a sua cunhada te pegou com a buceta...nota 10
31/01/2012 09:56:26
Pó comer a cunhadia não tem preço...
30/01/2012 09:21:45
MUITO BOM
28/01/2012 18:21:10
eu queria q minha cunhadinha gostosa desse para mim tambem o tentação ... nota 10
28/01/2012 12:02:05
tenho varias cunhadas gatas ñ mi dao bola q odio,querria ter pelo menos 1 assim.
28/01/2012 10:15:24
po manda essa putinha me add ai() nota 10.
28/01/2012 06:58:08
Este mundo tá ficando cada dia mais safado... Essas cunhadas boazinhas aumentam a cada dia que passa... E tudo em família é mais gostoso.
28/01/2012 03:37:31
To precisando di uma conhada deça ha ha ha
28/01/2012 01:50:48
Uma cunhada dessas é realmente muito dificil esquecer!!!
28/01/2012 01:41:02
Que maravilha de cunhada, ótimo conto

Online porn video at mobile phone


o negrodotado contos biconto erotico tirei o cabaco da patricinha na marraContos eróticos flaguei o pastor arrombando minha linda noiva santinhaminha primeira siriricacontos eroticos sentei no colo do pirralhocontos erotico mulhe feianovia mastubano com o pigelo de fora e gritano de tezaoconto erotico escrava do negro sadoquero ver vídeos Popozuda tomando banho na praia se bronzeando de cremes e de calcinhaeu quero só o gostosão moreno fortão doporno vidio coroa tava emtertidaconto levando minha filhinha no ginecologistame abandona grandona da n***** moreninha virgem recebendo na bunda e sangrandominha esposa pediu dupla penetraçaocontos eroticosinsesto istorias eroticas pai filas novinasContos eroticos negao fudendo gostoso com a viuvajogando videogame no colo do tio conto eroticocontos eiroticos leilaporncontos eroticos fudendo a filha da empregada 13 aninhosGarotinhacontosmenina+bem+novinha+nua+dadi+seu+cu+vigi+para+padtastoxvideo portugues tia na cuzinhq i eu alisando ela na bucetamae ensinando sacanadas ao filho e e a namoradaminha irman adora pagar cofrinho xvideocontos eroticos o novato da escola 8contos comi a catadora velha o cu no chao fofoqueira.mim.da.a.bucetaxvideos sogras de pernas abertas em frente dos genrosdei meu cu e tava bom pornohomen bota ametade de seu pau na buceta da bezerracontos eiroticos leilaporncontos eroticoscuzinho sem pregasarreganhada, arrombada fodida arregacada chorei contos eróticosporno contos pelo zpcontos eroticos gratis transformei minha esposa em uma putavideo porno sexo depois da perineo ai ai ai ta doendo minha buceta escandalosas de vagarvelho roludo come filha familia tdcontos eróticos revista privatevideo porno esposa pede para o marido traser um amigo para forder sutosporno. filio. tétano. vê. abuceta. da. minha. maefui foder com o cara do pau enormi e min lasqei xvideos xxxxcarnegão é só de calcinha mostrando a b*****punhetando para cunhadinha verxvideosxvideos disfassando siriricatransei com meu paiescroto gozou no cu depois lamdeu-garoto espertoe depois a nossa ludimeu amor da minha vidahttps://zdorovsreda.ru/texto/201208186contos eróticos o garoto do casaco vermelho Parte 15dano cu de quatoporno de mulheres tentando fiji de pica grandeConto de incesto de ferias com meu pai na prai de nudismobunda pulante mundobichameu corno troxe um negão para me foder e tirou fotose ele bate o que Assumimos a bunda da irmãconto erotico de corno paraensefilme amiga convida amiga para funder com seu sogrocontoseroticos de incesto aiiiiiiiiiiiiii maninhaXvidio tigrinhae já te mandei tu também vai vídeo pornô adoro sexo de lavadoracontos eroticos gay virei chupeteiro dos senhorewwwxxvideo novinha foi enganadaminha mulher ficou toda melada o buctao qndo viu pica ennorme do negao pistoludoporno casada nao agreto oprimo domaridomulher danto o cu pra um homecom o ppu mais grante do mintoxvideos pau gráñdeRubia e beto-quase mulhersou casada mais quem mim fode gostoso e patinhonegão pauzudo comendo a forca faxineiro do hotelvidio de sexo munhe da ocu sem camisinha que senti a porra espiralcontos eroticos encoxada no metro levei porra na bucetaler conto erotico de padre reaiscontos eróticos de marido chega em casa e escuta sua mulher gemendo e brexa o cara comendo o cú delaconto erotico malu marretamuleke come buceta na cachoeira sem camisinha na matacontos eróticos representadosconto o vizinho velho com novinhacontos eroticos nupcias blogspotdei viagra a minha prima e fudi com ela vom um pau de borrachamarido esposa procuran outros casais para faser cuinguechupando a buceta ejaculando chamastexvideos.com negro caralhudo boto na posição na buceta ela gritou .dei pro técnico pornovidio minini dado u. cu pro otrovoces vão declha eu doidinho por você nus fingirde chorte atolado boquete amador xvideos online mae engoli ou cospi fidelidade Meninas gostosinhas se esfregando em homem quê popozaoconto erotico bandido queria a bunda da minha esposafilmes pornodoido marido da sua esppsinha magrinha par a um negrap do pau enorme tora ela ao meioas novas novia cenus estrupada pediu virgindadefotos pes tezudos femininosmulher dano cuzinho de fildental a toladocontoseroticos/comadre rabuda