Suruba na Chácara - 4

Um conto erótico de PF
Categoria: Grupal
Data: 03/12/2009 14:12:33
Última revisão: 30/06/2011 08:49:18
Nota 9.60

Este conto está sendo re-editado para que mais leitores possam desfrutá-lo

PARTE 4

Como de praxe, cada um ia acordando na sua hora e silenciosamente ia ao banheiro e iam para a copa tomar seu café. Não havia nenhuma regra especial, mas como que combinando, todos continuavam nus, deixando claro que estavam prontos e preparados para a próxima sessão de sexo... Claro que ainda não totalmente despertos, um a um depois de se servir na copa, iam para a beirada da piscina e iam se acomodando ao sol para desfrutá-lo em seus corpos nus antes que ficasse forte demais.

Eram corpos atraentes, cada um à sua moda... Paulo era um homem forte, com músculos definidos mas não exagerados. Seus cabelos castanhos curtos ressaltavam seu tórax e braços musculosos. Coxas musculosas, mas com poucos pelos terminavam numa bela bunda bem torneada e pela frente, seu pinto não muito grande, mas razoavelmente grosso mostravam uma cabeça vermelha e totalmente para fora do prepúcio, resultado de uma fimose muito bem feita. Seus pelos púbicos bem aparados deixavam o saco bem liso e davam a impressão de um pinto maior...

Ana, sua mulher era um tipo mais baixinha e cheinha, embora não mostrasse gorduras em nenhum local indevido. Suas pernas não muito longas eram bem torneadas e suas coxas grossas combinavam muito bem com sua bunda média e muito arrebitada. Seios peitos eram médios também e bem firmes, com mamilos grandes que se destacavam por seu cabelo curto e costas largas... Sua buceta tinha pelos castanhos escuros fartos na região do púbis, mas seus lábios vaginais carnudos ficavam á mostra e facilmente acessível á bocas e línguas...

Jean e Helena formavam o par escandinavo típico. Ambos louro, altos e longelíneos. Jean, totalmente sem pelos tinha uma bunda pequena para sua altura, mas firme e atraente, enquanto seu pinto chamava a atenção por ser comprido, apesar de não muito grosso, mesmo quando duro. Jean se aproveitava disso para iniciar a todos no sexo anal. E o fazia com especial maestria. \Não apenas pela grossura favorável do seu pinto, que funcionava apenas como calmante para o iniciante, mas porque seu comprimento o possibilitava fazer penetrações e retiradas longas e demoradas, aumentando em muito o prazer do penetrado...

Helena por sua vez também tinha pernas longas e finas, mas muito bem torneadas e uma bunda pequena e arrebitada. Seus peitos também pequenos eram durinhos e com bicos sempre apontados demonstrando tesão permanente que corria por suas entranhas. Sua buceta coberta de pelo loiros e ralos era de um branco que lhe dava uma suavidade e delicadeza contrastante com o furor com ela engolia tudo o que lhe se oferecesse para penetrá-la. Sua aparência de leveza e delicadeza não combinava com sua ânsia por ter pintos grandes e grossos nas suas entranhas. Fosse a buceta, fosse o cu...

Bene e Cláudia formavam o casal negro típico... Ele, alto, forte, musculoso, com poucos pelos e com o púbis estrategicamente aparado que aumentava ainda mais o tamanho de seu pinto que duro tinha efetivamente medidos mais de 22 cm de comprimento e 5 de circunferência. Não chegava a ser uma aberração, mas impressionava sua cabeçorra vermelha totalmente para fora e sua bela escultura do pinto, perfeitamente combinando com as coxas grossa, peito largo e uma bunda arrebitada típica da raça. Certamente seu visual é de potência e força, apesar que Bene não usava dela para satisfazer seus parceiros ou parceiras. Sabedor do impacto que seu cacete causava, o usava com suavidade e delicadeza, fazendo com que sua penetração não causasse desconforto, mas ao contrário, proporcionasse ao penetrado o enorme prazer de sentir-se totalmente preenchido.

Cláudia era a típica negra, também forte, coxas grossas e bunda grande e arrebitada. Ancas largas e peitos fartos, mas firmes. Sua buceta com pelos bem aparados era especialmente atraente quando podia-se observar o contraste do negro de sua pele com o vermelho de seus lábios internos. Seus lábios grossos e carnudos eram usados com maestria fosse para chupar um cacete duro, fosse para mamar e lamber uma buceta molhada, fosse para enfiar sua língua num cu piscante. E Cláudia não se recusava a nada... Não havia pau que seu cu não acomodasse, nem buceta que não gozasse quando sua língua as secava da porra deixada por algum macho.

Os novatos Akira e Mitiko completavam a diversidade racial do grupo e não traziam menos beleza e atrativos. O equilíbrio físico de Akira, seus pouco pelos e um pinto de bom tamanho, que contrariava a lenda de pintos pequenos de orientais, o faziam um macho atraente tanto para as fêmeas, como para os outros machos. Seu auto-controle o permitia estender o tempo para o gozo de tal forma que seu parceiro ou parceira passaria por vários picos de prazer antes que ele o atingisse. E apesar de sua bunda não ser do tipo altamente atraente, Akira rapidamente aprendera a usar seu cu para proporcionar prazer a quem quer que o penetrasse.

Já Mitiko era a mais miúda de todas. Tipicamente mignon oriental, o equilíbrio era seu grande atrativo. Peitos pequenos e duros, uma bunda pequena, mas perfeitamente torneada e uma buceta totalmente depilada lhe dava um ar infantil, mas que logo se esvaia quando ela se oferecia a quem quer que lhe viesse proporcionar prazer. Também, com maestria e aproveitando=se de sua leveza, era uma cavalgadora voraz de cacetes, fossem eles enterrado na sua buceta, fossem enterrados no seu cu. E depois de tripla penetração do batismo, Mitiko liberou-se totalmente e se deu conta que era capaz de acomodar qualquer cacete em qualquer de seus buracos...

Todos relaxados á beira da piscina, Como não poderia deixar de ser, Helena puxou o assunto sexo...

- Bem, já que ninguém começa nada mesmo. Ta todo mundo mole, eu vou começar... Estou louca de vontade de dar o cu pro Bene... Ele ainda não enfiou este cacetão no meu cu...

- Não seja por isso – respondeu Bene – Só dar uma aquecidinha e fazemos a vontade da amiga...

- Então,vem e prepara o teu caminho – deitou-se Helena abrindo as pernas em oferta.

Bene não se fez de rogado e começou a lamber a buceta de Helena com suavidade , mas usando toda a extensão e força de sua língua grossa e grande... Helena gemia enquanto os demais apreciavam o belo contraste do negro com a loira... Depois de alguns minutos de chupada... Bene levantou-se e falou:

- Vamos dar uma molhada no cacete nesta bucetona quente?

- Vem gostoso. Fode minha buceta pra molhar seu pau...

Bene direciona seu pau já bem duro na buceta de Helena e mete bem devagar, mas enfiando todo seu cacete até o talo... Helena continua gemendo e mexendo o quadril... Os demais vão se aproximando e bolinando os peitos de Helena, as costas e bunda de Bene, mas sem interferir diretamente. Bene então tira seu cacete já bem molhado, levanta as pernas de Helena e começa pincelar sua cabeçorra vermelha no rego de Helena... Jean então pega o tubo de KY e passa o lubrificante no cu de Helena, aproveitando para enfiar um e dois dedos no cu lubrificado. Ao mesmo tempo Cláudia espalha KY no pau de Bene duro. Em seguida direciona a ponta do cacete de Bene no cu de Helena e ele vai enfiando lentamente, proporcionando a todos a visão deliciosa do cacete penetrando no cu que se alarga para acolhê-lo.

- Ai que tesão – Geme Helena – Me dá um cacete pra eu chupar...

Akira, que estava próximo oferece seu pau duro e Helena o engole enquanto Bene come seu cu de frango assado... Bene acelera um pouco fazendo Helena gemer mais forte mas para antes de atingir o gozo... Tira o cacete e troca de posição com Helena, fazendo com que ela sente no cacete dele... Segurando o pau de Bene na direção do seu cu Helena controla a penetração até a entrada até sentar totalmente e então grita:

- Ai! Puta que pariu... Que tesão de cacete....arromba me cu negão...

E acelera os movimentos, com Bene também acelerando.... é impossível resistir muito tempo e ambos gozam estridentemente, com Bene enchendo o cu de Helena de porra. Helena exausta tomba para frente e vagarosamente o pau de Bene vai saindo do cu de Helena. A visão é desfrutada por todos e quando todo o cacete sai e um fino fio de porra começa escorrer do cu de Helena, Ana e Cláudia começam a lambê-lo alternadamente desfrutando cada gota da porra ainda quente. Mitiko se anima e recolhe o resto de porra no pau de Bene enquanto Jean, Akira e Paulo massageiam seus cacetes em longa punheta...

- Tesão – fala Helena – esse cacete no meu cu e depois vocês lambendo é demais...

- Satisfeita, sua taradinha – comenta Cláudia.

- Desculpe, Cláudia, mas o cacete do seu marido é muito bom... Não vai ficar com ciúme,. Né´? – Falou Helena recuperando o fôlego.

- De forma alguma – respondeu Cláudia – enquanto ainda acariciava a buceta e o cu de Helena – Adoro ver meu negão dando prazer pra quem curte... Pra mim não falta, então não sou egoísta. Pode dividir com minha amigas...

- Eu agora estou com tesão – Falou Paulo, ainda se punhetando – então vou no embalo da Helena e vou falar meu desejo. Quero trepar com a Mitiko e depois gozar com ela comendo meu cu... A bucetinha dela está lindinha e não comi ela direito ainda... O Akira não liga, né?

- Claro que não - respondeu Akira – Só não sei se ela sabe comer um cu de macho.

- Claro que sei, né. Não esquece que já comi o seu...E gosto muito... Especialmente se for de macho mesmo... nada de viadinho...

- Então vamos nessa – Falou Paulo, abraçando Mitiko e lhe dando um longo beijo na boca...

Depois do beijo, Mitiko foi descendo e ajoelhada mamava longamente o cacete de Paulo... massageava suas bolas e gradualmente ia explorando sua bunda com as mãos... Paulo gemia pela eficiência com que Mitiko enfia e tirava o cacete da boca, usando a língua para rodear a cabeça. Certamente Paulo gozaria se continuasse assim, então ele tirou seu cacete e deitou Mitiko e começou ele a lamber a buceta depilada da japonesa que gemia alto e contorcia o corpo de tesão. A sua língua percorria vagarosamente toda extensão dos lábios vaginais de Mitiko enquanto seu dedo médio invadia a buceta molhada em movimentos de vai-e-vem.

Paulo levanta e Cláudia pega no seu pau duro e o direciona à entrada da buceta de Mitiko que flexiona levemente as pernas para abrir mais e receber o cacete que invade suas entranhas. Cláudia continua massageando as bolas e e a bunda de Paulo enquanto Bene acaricia os pequenos peitos de Mitiko... Não demora muito para Mitiko gozar violentamente, enquanto Paulo reduz ainda mais a intensidade de seus movimentos, fazendo com que Mitiko mova fortemente os quadris procurando compensar a perda de atrito.

Paulo retira seu cacete e volta a lamber a buceta de Mitiko enquanto ela se recupera do gozo. Helena prepara a cinta com um belo pinto de borracha e, levantando Mitiko a veste na pequena japonesa. Paulo se deita de bruço e empina sua bunda. Jean não resiste e enquanto Mitiko se arruma passa sua língua em toda a extensão do rego de Paulo, que tremendo de tesão abre-os e oferece seu cu a Jean que aproveita para lubrificá-lo. Mitiko, então aponta seu cacete, já repleto de KY, para o cu de Paulo e suavemente o vai penetrando. Paulo geme e mexe sua bunda para acomodar o cacete que sem muito cerimônia logo invade totalmente seu cu guloso... Mitiko mantém o ritmo dos movimentos, estocando mais forte apenas a parte final da penetração do pinto... Paulo ergue-se um pouco e fica de 4, liberando seu pau totalmente duro de tesão. Akira não resiste e entra por baixo de Paulo e começa a mamar o cacete dele enquanto Paulo aproveita e começa a mamar o cacete de Akira também.

Os demais observando com enorme tesão se masturbam e acariciam Mitiko, Paulo e Akira... O tesão cresce e Mitiko acelera seus movimentos o que faz Paulo gozar abundantemente na boca de Akira. Mitiko também goza em gritos altos. Akira retem na boca parte da porra ejaculada e oferece num beijo longo a Mitiko, que exausta cai por cima de Paulo também exausto.

- Delícia – Exclamou Paulo – Muito tesão...

- Minha buceta está em chamas... preciso de um pau urgente – implora Ana – Quem se habilita?

- É pra já – se prontifica Jean – Meu pau também precisa de uma buceta.

E sem dar tempo para pensarem abraça Ana e pegando-a por traz direciona seu pau na bunda. Como a buceta de Ana está encharcada, a penetração é instantânea. Ana reclinada na mesa só abre um pouco as pernas para facilitar a penetração e deixa-se penetrar com força por Jean. Pelo tesão que estavam e pela força que Jean a penetra, ela goza quase que instantaneamente. Mas Jean segura seu gozo... quer desfrutar mais da buceta sedenta e antes de gozar tira seu pau, deita na cama e faz Ana sentar no cacete duro e cavalgar enquanto ele massageia seus peitos fartos. Ele e os outros, pois nesta altura todos querem participar da trepada alucinante dos dois... Helena faz Ana inclinar seu corpo para frente, expondo mais o cacete de Jean penetrando a buceta de Ana e então começa a lamber, desde o saco de Jean até o cu de Helena, passando pelo pinto penetrado na buceta. Cláudia também quer e substitui Helena na lambida. Bene se empolga e substitui Cláudia o que faz Jean e Ana gemerem de tesão... ana não resiste e implora:

- Algum macho por favor enfia no meu cu.... Preciso muito...

Bene, que estava por ali e já de pau duro, não perde tempo e vai enfiando suavemente sua imensa pica no cu de Ana que geme de prazer. Os três se movimentam em velocidade crescente e explodem em intenso gozo... com Jean e Bene enchendo a buceta e o cu de Ana de porra quente...

- Delícia.. – Exclama Helena ao ver a porra escorrendo de dentro de Ana – Deixa eu aproveitar isso. E baixa-se para lamber o cu de Ana que ergue sua perna de lado e oferece sua buceta a Cláudia que se junta a Helena no desfrute da porra ainda quente de ambos os machos...

- Eu ainda não dei minha gozadinha – Fala Akira timidamente – e essa bundona está me tentando. Pegando Cláudia por traz enquanto ela mamava a buceta de Ana

- Vai firme Akira. Minha buceta está latejando...

Akira a pega por traz de lado e a penetra sem Cláudia parar de lamber Ana. Mas seu tesão é tanto que logo acelera e Cláudia entra no ritmo e goza com o pinto do japonês na sua buceta... Akira então a vira de bruço, junta as pernas de Cláudia e a penetra na buceta como se a tivesse estuprando para aumentar o atrito, pois a buceta e o pau estão muito encharcados... Seu peso sobre Cláudia a impede de se mexer o que lhe aumenta ainda mais o tesão e Cláudia retesa ainda mais suas nádegas negras e volumosas prendendo o pinto branco e grosso de Akira. O contraste também é fascinante e Paulo se contorce para conseguir colocar seu pinto na boca de Cláudia, enquanto Mitiko, ainda com o strap-on começa a comer o cu de Akira... Não demora muito Akira goza abundantemente na buceta de Cláudia que goza junto aos berros...

O próprio Akira levanta o quadril de Cláudia e lambe sua buceta tomando de volta a sua porra que começava a escorrer...

Os oito corpos estão jogados e exaustos no sofá e o silêncio relaxante faz com que todos sintam o quanto se pode desfrutar de prazer quando se está disposto a tudo... Sem preconceitos, sem limitações... Só prazer. O final de semana vai chegando ao fim mas só a total exaustão e a saciedade absoluta faz nossos amigos pararem. Aos poucos, um a um mergulham na piscina e vão relaxando. Os pares se juntam em abraços, mas logo os casais se juntam num grande abraço comum. Silencioso, mas unindo os corpos que tanto prazer proporcionaram e desfrutaram. Então Paulo fala:

- Pessoal, foi muito bom... Cada vez está melhor que a outra... Temos que continuar assim... SURUBA TOTAL...

- SURUBA TOTAL – repetem todos os outros juntos...

FIM

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
30/01/2012 20:31:28
Tambem quero muito meu pau tá muito duro e melado e meu cu está piscando. Me contatem
30/01/2012 20:14:14
Olha estou de PAU duro e o meu cuzinho virgem piscando de vontade de participar desta suruba. Pena que e apenas um conto para exitar se alguem fizer uma destas e quizer me chamar meu e-mail e
03/12/2010 14:47:34
muito bons os relatos ... parabéns... melei meu pau e meu cu ficou piscando, pedindo pica...
PF
02/12/2010 08:35:09
eleenece De fato eu retirei a primeira séire, mas se você me passar seu e-mail posso manda-la. o meu é Me escreva
01/12/2010 19:04:16
PF vou-lhe pedir mais uma vez: Quando foi publicada a primeira série e que segundo você foi dividida em 6 partes?
11/12/2009 13:58:13
ahhh legalllllll. Um dia quero participar de uma dessas.
PF
03/12/2009 14:47:54
comentem e deem notas

Online porn video at mobile phone


sendo seduzida no obuzaoquero ver um cara de pau de 90cm pegando uma novinha e fazendo ela gritar e gemerpai e filho pelado conto erotico exercitonovinhas levanorola grosa na busetaXVídeo grátis achatadinhonora provoca sogro contoscontos escritos de sexo entre sobrinha e tio de pau super dotado e super grossoxvidos pono pai penga fila dominhoconto erotico gay conto gay real romance historia -youtube -site:youtube.comcontos de cornos revista private 2017meche gostozo estou gozado dentroConto erotico meu cabaco arronvado pelo velho do pauzaoMas que dor horrível conto pornonovinha magrinha se engolindo p**** Amanda é burracontos eroticos netinha novinha estuprada pelo avomulher com grelo grande encara um big pau vejacontos de maridos q gostam d ser corno e levam pirocudos pra comerem sua mulher em ksacontos eróticos velho safadoVelho brasileiro metendo mão na buceta da neta piranhacontos erotico gay brincando de verdade ou desafiocontos eroticos meninas de oito anos transando com cachorro com calcinha preta com lacinhos rosapornodoido comendo aminha madrasta emcanto eladormirporn diario de leticiacontos de esposas com short mostrando a papada da bunda em casacontos chefe comedor de esposaEroticoscontos.com /casadas 25cm duplcontos com fotos de donas de casa normais sendo fudidas por varios homens e muleques pintudosconto mulher tarada oooh como é gostoso da o cu para varios homenscontos eróticos os melhores eu e minha esposa recebemos uma visita de um casal de idademae levanta o vestido e arredou calcinha pro lado e manda o filho bota o pau dentro da buceta delaestupro esposa contos eroticosconto erotico mae no ciocontos meu genro tesudoXVídeos gay irmã não queria mas eu conquistei elaimagens e videos de coroas tesudas metidas no sexo kente ate esporrar fora e mostrando a cona inchada com labios longosContos padrasto fode filha novinha enchentebucetinhasequinhacomendo a mamae por engano em contos homens maduros de barba peladosPapai rasgou minha bucetinha ainda menina contos de incestovedio caseiro minha conhadsa da pro cachorro. seozoofilia mulher da esguinchada com lmbidas de cachorromim arroba com esse pau de borracha conto lespicohomem esfreganna calcinhas da menina e não aguenta e mete a rolaCrentes dei meu cu virgem contos eróticosDei O Cuzinho Pros Angolanos Contos Eróticoscontos eroticos meninas de oito anos transando com cachorro com calcinha preta lacinhos vermelhoxvideo adoro ver pau emtradobebi demais minha esposa deu pra . outro contos eroticospornô mulher começando a ficar mexendo falando Bom dia Ana movimentando movimentandocontos eroticos me comeram a forçaxvideos espiando safada beibedolarmei muito bem armado e conseguir comer minha esposa junto com outro macho pauzudoConto erotico briguei e levei pauconto erótico fazendeira estrupada pelo capataz e perdeu a viginidade do anusmulher de corno evando gosada no cu pornodoidocontos de mulheres vacas que levam no cu e na cona"wwwxvideo pai gosa forte reladoporno jaritaca pau grande traicasa dos contos eróticos "virando uma mulher com hipnose"enteada novina doida pra dar o cu. pro padrastovendeos Ian pega sogra nua no quartoconto erotico sexo com vizinho velhos coroa grisalhobumbum de menina contos eroticosxvideo de hmenenpregada rabuda tirando um coxelo so de calsinhafavelada com ancas larga sendo fudidaesposa linda apanhando de2machosvideos porno filho goza cinta liga acidentalmenteler contos eroticos de padres reaisEu e meu namorado fizemos sexo na salaXVídeo as panteras disfarçada de bombeiro transando muitovizinha lactante contosxvideo mule vigata nacaza da amigaconto erotico comendo o cu de minha mulher com neutroxconto erotico castiguei o viadoso vadia dandu cu centandomulheres lesbicas emcostamdo a bicetinha gosamdo e gemendonovinha coxuda engolindo o cassete todo e alizando o cassete com carinhocontos/vi minha tia no puteiroentregei uma pizza e mepagou com boquete