Amigos amigos, mulheres a parte.

Um conto erótico de Tigrão 26cm
Categoria: Heterossexual
Data: 31/07/2009 20:33:45
Nota 4.00

Sempre fui de ter muitos amigos daquela que um vai à casa do outro, abre a geladeira e coisa e tal. E uma dessas amizades me rendeu algo que jamais iria imaginar.

Fui casado com uma mulher muito ciumenta, mas mesmo assim sempre dei minhas escapadas, mas como tudo um dia acaba meu casamento também acabou e fui me abrir com os amigos e um deles era casado com a Fernanda de corpo firme apesar de já ter um filho seios pequenos perfeitos para colocar na boca, bundinha redondinha e empinadinha e, ao que parecia, uma buceta de lábios pequenos e de poucos pêlos. Como em todo término de casamento (quem é separado sabe do que estou falando) não sabe o que fazer pois não sabe onde são os lugares em que estão as mulheres. E assim passava as noites de sexta na casa desse meu amigo que vou chamar de Flávio, junto comigo, ele e a mulher ficavam conosco outro casal de amigos, Eduardo e Bia irmã de Fernanda.

A noite quando estávamos todos reunidos jogávamos dominó e Fernanda estava meio atirada me dizia gracinhas como:

- Você é muito bonito, deve ser uma loucura ir para cama com você -, mas pelo fato de ser amigo de seu marido, achava que nunca passaria disso pois não passava por minha cabeça qualquer tipo sacanagem.

Durante nossas noites de dominó várias vezes Fernanda me convidou a dormir lá, pedido que meu amigo reforçava e eu sempre negando. Como meu amigo trabalhava até tarde chegava em casa por volta de 24:00 hs ficávamos sempre até tarde jogando. Jogávamos numa mesa pequena o que fazia com nossas pernas sempre se encontrassem. Numa dessas noites senti uma mão na minha coxa, era Fernanda que descaradamente me alisava por baixo da mesa sem ninguém perceber, como já estava há algum tempo separado fiquei de pau duro na hora, sua mão ia subindo e chegando cada vez mais próxima do meu pau. Mas, pelo fato de estarmos jogando, sempre que uma rodada terminava e era necessário que ela usasse as duas mãos para segurar as peças tinha que parar com a massagem, ato que continuava assim que uma de suas mãos se desocupava. Nessa noite não aconteceu nada, mas fiquei com aquilo na cabeça, nessa altura meu pensamento era só em comer aquela vagabunda fazer dela uma puta já que era isso que queria.

Na noite seguinte o jogo continuou e eu já esperando ela vir com aquela mãozinha safada na minha perna e para que nada não nos atrapalhasse ela pegou a caixinha onde guardávamos as peças do dominó para colocar as suas assim ficaria o tempo todo com uma das mãos livres. Assim que começamos a jogar ela colocou a mão na minha perna já subindo lentamente para o meu pau ia sentindo aquela mão subir o que me desconcentrava totalmente me fazendo alucinar, quando chegou no meu pau apertava com força ele já estava louco para ser liberto e pulsava sem parar, dessa vez não fiquei só sentindo e coloquei minha mão em sua perna e fui subindo até sentir o calor de sua buça. Como já estávamos jogando há algum tempo, resolvemos parar e assistir televisão então fomos todos para a sala eu, Fernanda, Eduardo e Bia. Como fazia frio Fernanda pegou uma coberto sentando ao meu lado no sofá com os outros sentados do outro lado. Sem demora ela pegou no meu pau e foi acariciando, já meio maluco comecei a acariciá-la também, e aquela situação estava me deixando louco, ela acariciando meu pau e eu a xota dela, com nossos amigos ao lado. De repente me lembrei do meu amigo e dei um pulo do sofá e fui deitar no chão dizendo que estava com calor, deitando aos pés dela ela, não satisfeita colocou a mão no meu peito coberta pelo cobertor e começou a me acariciar. Como já estava tarde meus amigos pediram para levá-los em casa e na hora me prontifiquei, mas não sem antes assegurar que voltaria, já que dessa vez tinha aceitado o convite dormir lá.

Passei o caminho todo pensando naquela loucura e decidido a não fazer mais nada, mas quando voltei a encontrei deitada de bruços num colchão no chão só de shortinho curtíssimo que mal cobria a bundinha e um topzinho também curtinho, vendo aquilo não me contive e deitei a seu lado ela fingia que dormia, deitei com a cabeça virada para seus pés e assim fiquei admirando aquela bundinha deliciosa, aos poucos fui chegando mais perto e colando meu corpo no dela, que a essa altura já tinha aberto as pernas me fazendo ter uma visão ainda melhor da sua bundinha e o fundinho de xota que já exalava um perfume louco. Passei a mão na bundinha dela e não vi reação, continuei passando a mão em suas coxas e subindo para a bunda novamente mas aí pelo meio das coxas para sentir o calor e umidade que vinham da sua buceta, enfiei meus dedos pela abertura do shortinho chegando a calcinha colocando-a de lado e acariciando sua xotinha quente e molhada, nada falávamos mas nossas atos eram suficientes para entendermos tudo o que queríamos.

Aos poucos fui tirando seu short deixando-a só com o top, que também foi jogado longe, nessa hora já não disfarçávamos mais nada, ela nua com aquele corpo maravilhoso queimado de Sol, cabelos loiros contrastando com seus pelinhos pretos e bem aparadinhos. Tirei minha roupa montando em cima dela abrindo suas pernas e enfiando meu pau com toda força dentro dela o que fez com começasse a soltar gemidinhos baixos no começo, mas que foram aumentando junto com a intensidade das estocadas, como estava com ela deitada de bruços ia abrindo sua bundinha já mirando seu cuzinho apertado e cheiroso. A trepada já estava alucinada, comigo estocando forte sua xota e ela gemendo descontroladamente, rebolando sua bundinha. Coloquei um dedo em sua boca para ela chupar e deixá-lo molhado para colocar em seu cuzinho. Enquanto ia estocando em sua xana coloquei um dedo em seu cuzinho o que a fez rebolar mais ainda. Tirei meu pau da sua xota coloquei a cabeça do meu pau na entradinha do seu cuzinho e foi aí que ela falou pela primeira vez:

- Faz com cuidado seu pau é muito grande e não vou aguentar.

- Claro que aguenta - respondi para ela.

E comecei a forçar, senti um pouco de resistência mas nada que um pouco de pressão não resolvesse, fui colocando devagar sentindo ele me engolindo e estrangulando meu pau. Quando já ia metade ela pediu para tirar que estava doendo. Disse que não ia tirar e coloquei o resto de uma vez fazendo ela soltar um grito de dor e prazer que a fez começar a rebolar como louca e eu estocando meu pau com força naquele cuzinho que me recebia todo, meti minha mão por baixo dela para poder acariciar seu clitóris, ela gemendo feito uma cadela no cio e eu arfando de tesão, as vezes ela dizia que estava doendo mas que não era para eu tirar que estava adorando. Disse que ia gozar e ela falou para ir junto com ela para aproveitar que estava gozando pelo cu. Despejei todo meu leite dentro dela sentindo seu líquido escorrer em minha mão denunciando seu gozo, ainda fiquei algum tempo bombando nela para poder tirar meu pau de dentro.

Ficamos deitados por algum tempo para depois ir embora deixando-a lá deitada com o cuzinho escorrendo minha porra lambuzando sua xana e caindo no colchão.


Este conto recebeu 0 estrelas
Estamos testando um novo formato de votação. O ranqueamento será feito não mais pela média, mas apenas pela soma das notas oferecidas. As notas também serão apenas de uma, duas ou três estrelas. Isso deve evitar que haja quedas repentinas do ranking por conta de ataques por alguém que queira manipular os resultados. Se tiverem dúvidas, .

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
07/08/2009 13:42:08
aff
31/07/2009 21:10:55
Meu e muito estranho essa tua historia,ficar sozinho com a mulher do teu amigo, ainda mais na casa dele.Nota zero
31/07/2009 21:10:23
Meu e muito estranho essa tua historia
31/07/2009 21:00:42
Porra meu, fora de orbita, na casa do cara come a mulher dele, não fala se ele está lá com é que ficou, tem que melhorar. Nota 4
31/07/2009 21:00:33
Autor: Bah Categoria: Heterossexual Data: :19 Não alterou nem as frases!
31/07/2009 20:58:08
Ficar copiando contos dos outros que coisa feia!Nota ZERO

Online porn video at mobile phone


roselena insaciávelEncoxada no riquinhocorno chamou negao pra fuder mais nao gostou de ver a mulher adorandosexo conhadas cozinha nua pau bizarro tesaocontos gay. meu vizinho de 12a me comeu.titia lambuzou no meu pau de bostacontosenfiar mangueirá liguada no cu da guarotameia prima querendo dois negao dt porno doidowattpad contos eroticos pai e filhasnovinha. inchirida. porlado. dos. homecontos eroticos casada estuprada pelo empregadomeninos jumentoes x vidios gayspornodoido gozada no rosto e sorriudeu cu pro cavala grintou de dor e tezao inocentesconto erotico sheila gritou chorou e ele comeu se cucontos eroticos encoxando a rabuda de leggin conto do pintinho do meu filhocontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgeenfiar mangueirá liguada no cu da guarotaMeu cão ralf me comeu contonu onibos lotado os homens se revezaram para me fuder e passar a maoapica tatoda no cu da brasileira e ela pedi maissedou esperou dormir pra come o cu dela porno doidoApaixonado pelo pitboy conto gay part 18chantagiei a colega de trabalho e comi ela casa dos contosisso viadinho chupa minha rola engole tudo logo vai engolir ela toda nesde cuzinho apertadomarisa chupando meu paurabuda di saia mostrando a bucetona pra homem que fico loco e nao aguentanovinha fodi a pirolatento disfarçar a encoxada pornoCumeno madura no quintau contos erotico entre pai e filhamulher no cio prática zoofilia com cachorrada da rua contos zoofiliavidio porno filha da abuceta pro pae com mais 70anosporno novinha catadora de latinhaindo embora achei um viado e fui comer seu cuzinhomeninas crescendo peito e cabelo na pepequinhaConto gay - "veio todo dengoso"Conto erotico de mae dando banho no filho que ta com a perna quebradao chulé da minha amiga contos eroticospai arracando cabasso du cu dafilkadeu pro time todoimagens de bucetas de riasas sexoxvideos pai come a filha na frente da mae que noa teve coragem de fazer nadaconto erotico/gay asistindo percy jacksonso bosrtonaSou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhagatas sex tirando calcinha bem devagar e exitandovideo porno esposinha no cuinguesonifero no acampamentoo desejo pela amiga da academia contos eróticosnovinhas vhotando e gozandozoofiliacontos erótico um gorilaencoxada e bolinada contos eroticoscontos eroticos comi a diarista gordacontos eroticos padrinho tira o cabacinho da afilhadaviadim batendo uma p****** para um rapazinho que arruma celular sozinha dentro do quarto os doisAliviando os funcionarios contos eróticoscontos eroticos de enteadas loiras com padrastos negrosconto erotico pequeno anjo jornadaminha nora de baby dool me exitafilme porno home nergro sorca vara na imtiadasòmente no cuzinho da esposaporno o pai da quer reaizar o sonho de fpde foder a filha mas ele deu varias tentativa para consiguerconto erotico:fui sequestrada e enfiavam consolo em mimvídeo pornô só gordona dos peitão arrastando no chão bem grandão maior que de vacafoto que se mexe que travesti gostoza e bonita peitinho bicudinhonovinho foi bater uma punheta no fundo do quintau. e ficou passandu o dedu no cuzinho e nao sabia que tinho um cara pauzudu venduvídeo de homem sendo estuprado no quartel brechando a b*****Contos eroticos a neta da vizinhajornalista 77 contos eroticosSo grafida sendo encochada no trem xvideo comgosadas gg porra pt grelao arrombadasContos eroticos casal certinho e travest roludoxsbideos masturnando na frente da priminhairmalouca pra perdero cabaco pro irmarxvideos calibrosasconto erotico sou travesti e vendi meu cubunduda agachando para pegar objetos do chãodeu cu pro cavala grintou de dor e tezao inocentescontos safados mais interessantes casada mae filha fazem sexo com gero dotadosquero ler conto erótico f****** com a noracontos eroicos cachorra chupa paud homemoq e o liquido branco melecado q saio do xibiocontos peidos meninas pornocontos eróticos esposa adora contar que traiu o corno manso ciumentoolhando a vizinha gostosa de shortinho depois pula o muro e mete a piroca na vizinhaclimax contos titia carentetaradinhocontospassando a mao no decote e chupando os peitosdei o cu video para o time inteiro de futebolcomo fazer um sexo anal sem dor e sem sujar e a posição idealsessentona casada safada nao resistiu ai ver o tamanho do pau do pedreiro tomando banho em seu banheiroNovinhas.dando.pra.rinoseronte.com.rola.grande.xvideos.comxnxx porno gey contos eroticos novinho pegando priminho no riachocunhado fazendosexocunhadarelato "arrancaram minha calcinha" bucetamulher revivesse monstro xvideo