Tarado por chulezinho 2

Um conto erótico de Antônio
Categoria: Heterossexual
Data: 25/08/2008 16:54:42
Nota 10.00

Olá, sejam bem vindos ao segundo capitulo da história de minha vida sexual podolatra.

obs: Se vc ainda não viu o capitulo anterior dessa história, aconcelho que veja pra intenter melhor a continuação.

Abraço !

Tudo continua, após aquele dia de aula maravilhoso que eu tive, lá estava eu com um sorriso de encher os olhos, após ter feito aquilo que tinha planeja no banheiro feminino.

Quando cheguei na porta de casa, la estavam meus pais discutindo como sempre, afinal eles sempre discuntem e corre o risco de se separarem. Eu simplesmente, ignorei e subi as esacadas do meu quarto para descansar um pouco e esperar o almoço ficar pronto, pois nessa época eu ja estudava de manhã. Coloquei minha mochila na pindurada na cabeceira da cama e, fiquei me lembrando do quanto foi gostosa, aquela punhetinha no banheiro do colégio. Quando me dei conta de que minha coeca estava toda melada por dentro, resolvi me trocar. Então minha mãe me chama pra o almoço. Morto de fome vou a té a cozinha e como um pratão de bife na chapa, com um suquinho de laranja.

Durante o almoço minha, pergunta como foi meu dia e alegremente respondo que foi maravilhoso, e que havia me divertido muito na educação física, então ela pergunta se as roupas estavam muito sujas. Eu respondo que sim, que ja as coloquei pra lavar, tudo isso lembrando do que havia feito na aula. Bem, depois do almoço eu fiz os deveres, e resolvi entrar no orkut, pra ver o album de fotos daquela deusa de pés delicados, e dona daquele tênis com o aroma das nuvens.

Muito tempo se passa, e as discuções entre meus pais, começam a crscer sem controle, até que o pior aconteceu eles se separaram e nessa época eu ja estava com meus 16 anos de idade. Após essa separação minha mãe continuo morando em nossa casa e meu pai se mudou pra um apartamento não muito longe de lá. Eu tentei saber o motivo da separação mas minha mãe não me dava muitos detalhes, apenas dizia que as discuções ja estavam atrapalhando muito o relacionamento.

Como eu ja estava estava bem grandinho, não me preocupei muito pois, sebia que poderia ver meu pai sempre que quizesse. Após umas semanas, começa o ano denovo. Então eu percebi que entrara uma aluna nova no colégio cujo o nome era Marina, e que passara a fazer parte da nossa turma. Como de costume, a primeira coisa que observei nela foram, os seus pés, pois no primeiro dia de aula ela estava usando uma sandália de cor lilás, e os seus pés eram muito bonitos e bem cuidas, as unhas estavam pintadas de branco bem fraquinho quase trasnparente. Como estava calor naquele dia, pude perceber que as solinhas dela estavam meio rosadas, sinal de que seus pés estavam bem quentinhos e isso me dechou naquele momento com muito tesão. Mas tinha que desfarçar, como ela estava na classe a minha frente eu tinha o prazer de poder observar quando olhava para o chão um pouco dos dedinhos dela, mas mesmo assim era dificil pois tinham algumas colegas do meu lado e se percebecem isso, eu ficaria sem jeito.

Então após aquela longa manhã de aula eu volto para casa, e antes de almoçar eu fui direto pra o banheiro, bater uma punhetinha pensando naqueles belos pezinhos.

Com o passar do tempo eu passei a me inturma melhor com aquela menina e uma das coisas que ela havia me dito é que fazei balé. Aquilo que ela me falou aguçou meus sentidos, pois eu não imaginava que uma menina que fazia balé poderia ter os pés tão lindos e o interessante é que ela cuidava mesmo daqueles pezinhos. Más oque passou a me chamar a atenção foi que ela costumava usar um nike shox branco com detalhes em rosa, e um par de meias roxas, as vezes brancas e as vezes rosas. Eu costumava olhar o pés e o tênis de todas as colegas bonitas, ma os que me chamavam a atenção mesmo eram aqueles tênis da Marina, por imaginar que dentro deles estavam aqueles pezinhos aquecidos. Então em um dia de aula, tivemos um trabalho em dupla pra fazer que ficou pra entregar em outro dia, e eu e ela estavamos fazendo juntos, foi aí então que Marina me convidou pra ir a sua casa detarde depois da aula, pra terminar esse trabalho. Eu sem sombra de duvidas aceitei o convite, mas antes de acabar a aula nós tivemos educação física, e eu percebi que ela estava jogando volei com o mesmo tênis ( Nike shox rosa) que havia usado durante a aula. O meu tesão aumento pois sabia que aqueles pezinhos dela, poderiam estar bem suadinhos e quentinhos la dentro.

Então a aula acabou, e eu voltei pra casa almocei e logo depois que ja era 1:30 da tarde, fui até a casa dela que não ficava muito longe dali. Ao chegar lá comprimentei Marina que acabara de almoçar e ainda nem tinha tirado aquele tênis. Então nós sentamos na mesa da sala dela que por sinal era uma casa bem grande e bonita. Duranto o trabalho ela resolveu ir ao quarto buscar uma caixa cheia de fotos e com as sapatilhas que ela usava no balé, pra me mostrar ja que havia percebido o quando eu admirava o fato dela fazer balé, más uma coisa me chamou a atenção é que quando ela tinha voltado do quarto, estava usando chinelos ou seja, ela aproveitou que foi ao quarto buscar a caixa e acabara de retirar o tênis. Naquele momento meu pau ficou muito duro, até mesmo por ter visto aqueles pés recem tirados daquele par de tênis. Eu não tive dúvidas e resolvi bolar um plano, disse a ela que precisava ir ao banheiro e perguntei aonde ficava, ela disse que ficava no corredor a esquerda.

Quando eu cheguei no corredor ví que lá no fundo, estava o quarto dela com a porta aberta, então olhei pro lado ví que ela estava ainda na sala concentrada no trabalho e me digiri ao quarto dela cuidadosamente. Chegando lá eu ví, la estava o par de tênis que ela acabara de tirar. Eu agi bem rápido, peguei aquele par de tênis que ainda estavam quentinhos e fui direto pro banheiro. Ao chegar no banheiro eu me sentei no vaso abaxei as cauças a coeca e meu pau salto pra fora totalmente duro. Então peguei uma das meias rosas que estavam dentro do tênis e comecei a cheirar e cheirar profundamente, tinha um cheirinho de chulé bem gostoso que me dava mais tesão ainda. Após isso larguei aquela meia no chão e peguei o tênis dela, percebi que eles estavam bem quentinhos e comcei a cheirar e cheirar, o chulezinho era suáve e gostoso e só de lembrar que ela havia usado aquele tênis o dia todo, e pricípalmente na educação física estava me dexando louco de tesão. Então agarrei meu pau e comecei a bater uma punheta frenética, senindo aquele chulezinho dela e ao mesmo tempo pensando nos pés dela.

Eu estava com muito tesão e sabia que poderia gozar a qualquer momento, mas não queria que tudo acabace tão rápido, então as vezes eu parava um pouco pra respirar, e depois continuava a bater punheta, sentindo aquele chulezinho feminino. Depois eu posicionei o tênis dela e coloquei meu pau dentro dele enconstando bem na solinha q estava suada, e assim pude sentir o calorzinho que estava ali dentro. Eu comecei a fazer movimentos de vai e vem com meu pau dentro daquele belo tênis, e não me aguentei. Quando eu ví que estava quase gozando eu retirei meu pau dali de dentro e toquei um punheta bem rápida e forte, e quando menos esperava gozei, e gozei muito mesmo. Gozei tanto que me lembro dos jatinhos de porra espirrando, e escorrendo por minhas mãos, fazendo uma poça de gozo no chão. As minhas pernas começaram a tremer, e eu estava um pouco suádo.

Após ter me deliciado resolvi levantar e lavei minhas mãos e meu rosto pra logo depois limpar a bagunça. Em seguida ergui minha cauça, peguei o tênis dela saí, do banheiro e os coloquei de volta no quarto aonde os havia visto e com as meias dentro.

Ao me dirigir de volta há sala, percebi que Marina não estava lá, então eu me sentei na mesa e continuei a fazer o trabalho, até que ela chegou da cozinha com um pote de pipoca e me ofereceu, para que continuacemos o trabalho.

Depois disso, eu fui pra casa e antes de dormi ainda podia sentir o cheiro daqueles pezinhos. No outro dia, eu fui pra aula e ví ela usando o tênis que havia me dado tanto prazer na tarde anterior.

Obs: Eu percebi que o chulézinho femino muda de pessoa por pessoa, pois cada pessoa tem um cheiro diferente. O chulézinho de Marina era difente do da primeira menina que eu senti, e me deu muito mais tesão.

.


Este conto recebeu 0 estrelas
Estamos testando um novo formato de votação. O ranqueamento será feito não mais pela média, mas apenas pela soma das notas oferecidas. As notas também serão apenas de uma, duas ou três estrelas. Isso deve evitar que haja quedas repentinas do ranking por conta de ataques por alguém que queira manipular os resultados. Se tiverem dúvidas, .

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.

Online porn video at mobile phone


xvideoporn com casada de legui bebadaGostosa elizangela gorda rabuda paciencia masturbadei viagra pra minha irma e nos transamos pornodoidoApostareiaincesto com meu vô contosxvidio veio chupando peito da novilnhacontos eróticos menina de 25 anos 25 anos transando com cachorro com calcinha preta com as unhas vermelhasencoxando a cega contos eroticosirma bunduda pediu pro irmao tira a virgindade do cuzinho contostaludas d short gostosasmeu filho e um broxa contos eroticosencanador do pau cabecudo comendo o cu da dona de casaporno mefudi fizero filacrossdresser saindo montadaempregada safadinha FátimaContos eroticos elacareca100foto cu e grelo peladacontos reais casada com leite nos seiosCalcinha fedida da,cunhada contosvídeo Baby Alive se arrumando para ir para a festa da neguinhacontosbucetada mamae com tezaomédicos levanta vestido das pacientes e começa a acariciar xoxota deixando a calcinha molhadinhaprocuro um contos eróticos de pastor safado adora comer garoto novo da igrejaxvideo nao aguentou o cavalo da pica gigante e tentou correr mais ficou encurraladavídeo porno pai mostra psu ora filha e fodia ela todameninas nen tentacorre xvideoscachorro lambendo a buceta com esparadrapo abrindo o cuzinho contossessentona gostisa peluda pediupra gizar dentro duas vezes sem tirarconto conto minha esposa jogar bola na boca dela na minha boca fede filmevideo de idosa abrindo video de gemido no meio do mercado "apaga isso"dona de casa sendo castigada por negros tarados pornodoidovídeo porno da tia gostosa dando pra sobrinha saida agua do olhoxvideos com pomba gira brasileiros encorporadasintiada rabuda dorme cu deflorada pra fora abertotaxista roludo em caraguatatubanovinha jorrando porra pelo cu apertadinho q foi arrombado por pirocudoeu confesso marido examina minhas calcinhas primeira siririca contoscontos eiroticos leilapornconto erotico esposa de lycra .com pacotao marcadoconto erotico gay negao dominador gosta de maltratar viado brancoXvideo a pica do irmao era tao grande que ela nao guetou verespoza esitada com. a pau do amigo do maridogorda xorando no pirucontos eiroticos leilapornComeuu a coroa Xvidioscontos bi vi meu pri meter na prinha prima fiz ele comer meu cu e eu fudi elátio tarado passa a mao na sobrinha ninfeta que nao resiste e fodecontos eroticos nao sei como eu aguentei o pauzao do cifoa negrozoofilia no Congoencoxada na gostosa d xortii xvideossou casada mas sinto vontade de meter com um negao pissudomae.da.buceta.inxada.chorandu.e.gemendo.na.pica.do.filhoshinichi pegando nós seiosvedeo estropadoe es tropando molheriscontos de iniciaçao de uma casadaxvideo pau grande lascano cuzio da loira picenacontos eu meu padrasto fodemos gostosoContos eeoticos velhinhovirei mulher conto eroticoduas sessentonas colando as xerecas"mostra o seu que eu mostro o meu" vídeo pornoeu com 18 anos de idade eu era virgem da minha buceta e virgem do meu cu minha mãe disse pra mim filha hoje a noite eu e você e seu pai vamos pro motel pra você perder sua virgindade da sua buceta com seu pai conto eróticoler contos eroticos menagemãe sejipana deichando o filho gosar dentro da bucetacontos de podolatria chulé da manacontos eroticos carona gostosa com a filhinhaconto peao roludo matagalgarota novınha do momento buceta peluda foto de sexoclip16.com meninas virgens dando ate sair sanguenovinha chegou em casa e viu o padrasto comendo a vizinha ai ela comecou a provocalo dentro de cadasarrando uma novınhacontos porno fui obrigado a pagar a apostamtk contos eroticos coisas do destino capitulo 1mae.minto.safada.e.bunduda.fodendoVer garotos com 16 cm de picawww.xvideos/maior testao de buceta ele nao rezistiucomendo a pretinha que tiha ido mija www.casa dos contos erotico adultério emcasa.comhomens cacetudos de saojosedoscamposXVídeos vídeo do ventilado botando a madrasta Xvídeo vídeo caseirocache:8yqS6YPkl0gJ:zdorovsreda.ru/texto/201411845 sogra gostosa seduziu jenrro e chorou com vara no cuela tirou roupa na frente do anão achando que era um menino conto eroticoxvideos mulher com tatoo lancinhoconto gay contei pra ele que queria dar pra elemae amamentando filha adulta contosreaisfilmes porno no calor do buraco estreitocontoprofessoragostosamae ttansando com filho i a irma vendocomendo a tia no chevette xvideoMenininhas inocentes se convenceu e gosou na pica gigante videos pornoirma no banho contos eroticoscontos eiroticos leilapornmulheres fazendo porquisse no xvideo contos eroticos mamae subjugada