Rapidinha durante um show

Um conto erótico de Lilica
Categoria: Heterossexual
Data: 20/11/2007 01:08:29
Nota 6.60
Assuntos: Heterossexual

Eu estava com meu namorado assistindo a um show de uma famosa banda na praia de Copacabana. Estava lotadíssimo. Mal dava espaço para alguém na areia. Todos estavam muito animados, cantando, pulando... Nós também, é claro.

Estávamos abraçadinhos e dançávamos um pouquinho. Como estava quente, ele estava sem camisa e eu apenas com um top e saia.

Depois de um tempo, comecei a sentir que ele estava ficando excitado. À medida que ficava mais excitado, mais se encostava e se esfregava em mim. No início não disse nada. Deixei que ele ficasse à vontade. Porém ele veio ao meu pescoço, me deu um beijo e disse alguma coisa que não deu para ouvir por causa da música, já que estávamos muito perto do palco. Ele tentou mais duas vezes dizer alguma coisa, mas não ouvi. Quando pedi de novo para ele repetir, ele disse algo como: “Quero te comer agora!” Mas ele falou alto demais até, e uma pessoa que estava ao nosso lado ouviu e fez uma cara feia. Virei de frente pra ele, encostei em seu ouvido e disse que aquilo era uma loucura e que estávamos ali para assistir ao show. Depois a gente transava. “Não, ele disse, quero te comer aqui! Vou foder você no meio desse pessoal todo!”, e me virou de costas de novo.

Nessa hora, além de continuar a se esfregar em mim, passava a mão entre minhas pernas. Aquilo estava me excitando. Qual não foi a surpresa dele ao perceber que eu estava sem calcinha? Quando passou a mão bem na minha xoxota e viu que eu estava sem calcinha, ele começou a rir. Deve ter pensado que eu já estava preparada para uma “eventualidade”... Isso o deixou com mais tesão. Logo colocou sua rola duríssima e muito gostosa pra fora e a esfregava bem na minha bunda, enquanto continuava a brincar com os dedos em minha xoxota úmida e quente.

Então meu namorado, com uma mão, me dava apoio para eu poder ficar um pouco na pontinha dos pés a fim de ele meter melhor em mim. Fui sentindo centímetro por centímetro a sua pica entrando e me preenchendo toda. Não podia gemer, pelo menos não muito, senão alguém poderia desconfiar, se é que já não estranhavam alguma coisa!

Por causa da situação, é claro que ele não podia ficar metendo em mim à vontade. Se pudesse, eu ficaria ali de quatro. Tive de fazer boa parte do trabalho. Com aquela rola inteira dentro da minha xana, passei a rebolar. Parecia até que eu estava dançando axé ou funk! Mas rebolava mais ou menos devagar. Ele, ao mesmo tempo, se movimentava um pouquinho para facilitar a penetração.

A trepada estava devagar mas muito gostosa. O mais gostoso foi senti-lo gozar dentro de mim. Ele me inundava com seu esperma a minha vagina quente. Depois que terminamos a trepada, ele continuou abraçado em mim, relaxando, com sua rola dentro de mim até amolecer completamente. Assim pude fazer duas coisas que adoro: ouvir as músicas daquela banda, ao vivo, e ser comida por um homem bem gostoso.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
27/11/2007 11:18:26
Conto diferente, curto e objetivo, além de extremamente sensual.
23/11/2007 07:27:27
O fato de um não gostar do texto do outro, não quer dizer que haja necessidade de batalhas campais rsrsrsrsr...Gosto não se discute....Erros de português, sim...rsrsrsrs....Essa rapidinha aqui me deixou de pau duro até agora, imaginando um encaixe com a Lilica ao som da banda....Hummmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm
22/11/2007 21:26:41
Pastor: É a centésima referência a travestis que você faz. Já sabemos que você gosta disso, não precisa repetir.
22/11/2007 21:24:35
Pastor: Cai fora, lacraia.
21/11/2007 21:36:18
Pastor: Sai você. Se quiser, aperto a descarga para você descer pelo cano logo.
21/11/2007 09:05:42
Obrigada por ter lido o meu conto. Sua opinião foi muito importante, mas vc me deu 8 pq eu te dei tambem??
20/11/2007 22:06:16
Baianinho Safadinho: "vou lhe dar uma seqüência de zeros para todos os conta que já escreveu para os que você pensa em escreve e novamente para essa merda que você escreveu e vê se acorda desse seu ' mundinho Rati-bunda'" Por isso que me dá zero: um camarada que escreve "todos os conta" e "cú" não deve nem entender instrução para fazer miojo, e ainda resolve comentar com o único instrumento ao seu dispor, isto é, o próprio cu. E se vai continuar lendo meus contos, devo dizer uma coisa: não serão eles que vão curar seus distúrbios sexuais e mentais. :-D
20/11/2007 16:01:21
Estava fazendo um a pesquisa e descobri que essa putinha bebedora de porra de estranhos postou outras merdas como essa, como não tinha lido e dado zero nos outro contos, vou lhe dar uma seqüência de zeros para todos os conta que já escreveu para os que você pensa em escreve e novamente para essa merda que você escreveu e vê se acorda desse seu “ mundinho Rati-bunda” (0,0,0,0,0,0,0,00,0,0,0,0,0,0,0,00,0,0,0,000000,0,0,0,0,0000000,0,,)
20/11/2007 15:18:23
Baiano: "neste seu sonho louco ninguém percebia que você estava transando no meio de show? Puta que pariu! Quanta mentira" Ah, esses amadores que gostam de comentar... :-)
20/11/2007 14:58:52
Porra Baiano....Mulher quando quer dar ninguém segura...A putinha estava de saiote e sem calcinha...rsrsrssr....O cara encoxou e meteu prá dentro mesmo.....rsrsrssr
20/11/2007 11:20:52
Mais uma que vive no mundo “ Rati-bunda”, vai ralar seu cú no asfalto sua vadia mentirosa, neste seu sonho louco ninguém percebia que você estava transando no meio de show? Puta que pariu! Quanta mentira, leva seu ZERo e some
20/11/2007 10:58:27
Um show....Parabé

Online porn video at mobile phone


casa dos contos/turbo negromulher forçadapor homens fude ate nao aquenta maispelos nasbucetasxpono coxada mulher tera cacinha dela metro so saia 2017contos vi a janara fudendoconto erotico com fotos haremnovinha cor de briga briga de lutinha de calcinhaso norabo xvideoadxsvidio.agarota.brazileira.da.vamMinha esposa estava completamente dominada por aquela pica preta,conto erotico puteirominha madrasta vaca pornocontos eroticos de mulheres falando de pau pequeno e finofilmes sexo brasileiro falando besterinhas e gozando gostozo na buceta ate escorre a porrapai e vo dopando filha safada tpra poder esyrupa lacavalo estupra poney zoo animal pornhistorias olaine de comtos encantadosmeu sogro e minha mulher sair pra rua e eu fudicom minha sogra gostosaxnxx Gleice novinha de Ipatingafree xvideocomento tia na casaporno magrınha com dotadofavelada com ancas larga sendo fudidaminha mãe me surpreendeu contos de incestoCaso narração em zofilia quem alguma mulher qui transou com cachorros grandes me narra como foi ?pornoirado de puta de shortinho no talo sarrada no onibusfilmes pormo irmar prima irmor bracileroCamioneiro nnervoso xsvidioquero ver zoofilia cachorro comendo a coroa cabeluda bem gostoso organiza que tesãohtts:you.comtube ponodoidocontos erotico eu e minha mae fodida por um roludoler conto erotico de padre reaisconto porno apaixonado pelo meu primo brutamontestrai com meus alunosvideo de sexo narido xifrado com a comlhada escolasibrinhas vatendo punheta pros tiios ate eles gosaremcontos eroticos bruços10 mil fotos da buceta da familia sacanavideo de prono doido com loiiraasmulheres bano a bucetinha para os mulequies fudeesposa do meu amigo me deu bola e eu comi ate seu cuzinhonovinha dado cu viguigero tira sangue do cu sograx videos sogra da remedio pra genro durmir e senta no pau delefilme pornô de pais brasileiros transando com as suas filhinhas dopados com soníferoxvideo aonde mãe chega cansada do trabalho i er estrupadapor seu filhocavala prica contos eróticocontos eróticos de incesto uma competição entre a minha filhinha e a sua amiguinhatarado roludo foi ajeitar a pia da vizinha novinha e se é citou com elamtk contos eroticos coisas do destino capitulo 1XVídeos cara tapeando mulher velha na rua de saiaouvi um barulho estranho de noite fui olhar era meus pais trasando video pornomulheres que não aguentaram dar para negão em cirurgiaconto chifradeiratia pasa de camisola perto do sobrinho e ele fica com tesaomulher gostosa dando para novinho cheia de tesao em sua casonaxxvidios.com homens que sente praser na hora da foda que mijao neleBusetas tubinadasxnxx brasileiras levando 75cm do negaomaes trocada fraudas de suas bebes e chupando buceta deeela contos eroticoscontos porque virei crossdressingasistir videos porno brasileirocontos eróticos com tia e sobrinhoconto porno ordenhar tetapornoirado com mulher casada lesbicaesposapediu prasua irmà ver ela gemer no pau grande do maridovideo porno casada chorte garupa motocontos eróticos meninas de 20 anos transando com cachorro Calcinha Preta com lacinho vermelhoquero ver cachorro enganchado com essas gostosas por favorcontos eroticos paniquete disse que o diretor fodia sua bundapontoerotycocontos. herotico. dei pra todo mundo por dividaAliviando os funcionarios contos eróticosbucetinhasequinhaporno de patroa fazedera obrigado o piao a chupalaO lutador e o loirinhocontos eroticos casal com prostitutacontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgeposicao frango assado putaria brasileira pra salvar no celularMulheres fudeno escandalosas gritando vou goja no xvideosContos eróticos d homem com éguavanessinha casada e putinha/quadrinhospai caminhoneiro contos eroticoshistorias eroticas vi meu sobrinho bem dotado descabaçando o cu da minha mulherconto comeu mae aleijadapunhetabr.vai laxxxvideos bafo psi comendo sua filha escondidocontos eroticos fizeram minha noiva e minha mae de putaxvideos careca dos braços peludos pirocudo trepando na coroa loira tesudaquero ver as evangelicas toda nua e peladinha vigen pernas a bertas peito de fora durinhoeu e minha irmã dando para o meu padrasto contos3negao rasgando 18 aninho por tras porno doidocoroa barrigudo muito tatadao cpmendo viadinhocorneagem xvideos.comgostosa a primeira vez com um pau gigante enorme e grosso jato farto de porraporno criasia com negau pauzudovídeos insistoporno Brasilela tirou roupa na frente do anão achando que era um menino conto eroticowww.xvideos- gay novinho lindinho lourinho gozando com penis gigante.comvideo de sexo com novinha com varios moleque no igarapécontos eróticos um velho me estrupou