Me arrombaram, mas me vinguei do meu marido...

Um conto erótico de Bel
Categoria: Grupal
Data: 05/08/2004 15:04:10
Nota 8.72
Assuntos: Grupal

Me arrombaram, mas me vinguei do meu maridoBy: Bel

Por mais que você faça, parece que nunca tem valor. E por mais que você se valorize alguém ta sempre te jogando fora, no lixo mesmo.

Poxa, eu sou uma mulher de 26 anos, bonita de corpo, cheirosa, limpa, inteligente, cheia de fantasias, sonhos, desejos. Modéstia parte tenho um corpo fantástico, tipo modelo, mas mais cheinha, uma bundinha arrebitada. Nunca fiz questão de namorado ou homem de pinto grande, sabe, essas coisas absurdas que a gente vê por ai. Tem cara aqui que fala que tem 23cm., e fode quatro ou seis vezes uma garota, em duas horas, não existe mesmo, acho que esses caras são babacas, mentir pra que?

Uma mulher normal como eu precisa de, no máximo, 10 cm., pra gozar, se a mulher, a maioria goza com um dedinho, uma língua, pinto de 20 cm., só vai fazer estrago gente e deforma seu sexo.

Bem no meu caso, na minha vingança contra o meu marido, me dei mal e me arrombaram de verdade. Éramos casados ha cinco anos, e Roberto era muito carinhoso comigo, fazíamos verdadeiras loucuras de amor. Eu o fazia feliz e, tirando o meu cuzinho, ele gozava onde queria, na bucetinha, na boca, na bunda, mas sem por no cuzinho, doía muito, apesar do pinto dele ser de 14 cm., mas era meio grosso. Mesmo assim a gente era feliz.

Ele foi transferido para uma filial, e daí pra frente mudou muito comigo, e passou a me tratar muito mal. Fiquei desconfiada e já tinham me alertado. Bem era verdade, ele tinha mesmo uma aventura com uma mulher da filial nova, era uma garota mais nova que eu quatro anos e ainda por cima era casada. Fiquei na minha só atenta a tudo o que acontecia, jamais admiti ser traída, não suportava isso.

Um dia ele chegou em casa muito bêbado e cheirava perfume barato de mulher. Não suportei cheguei perto dele e falei:

- Você tem outra, né seu vagabundo.

Ele me jogou no chão e me bateu, um dos tapas pegou no meu rosto, foi o que mais doeu, apanhei na cara sem dever nada. Chorei muito e ele dizia que eu estava enganada, pedi desculpas pra ele ficar mais calmo, mas dentro de mim prometi me vingar.

Não demorou muito veio a grande noticia, ia ter um churrasco da empresa num sitio alugado por eles.

Naquele sábado, dia lindo, muito quente lá fomos nos. Eu quieta pra não abrir a boca e dar mancada, ele também quieto e muito ansioso, eu finalmente ia conhecer a mulher amante dele. Chegamos mais cedo, eu fiquei andando por ali, o pessoal foi chegando, até que ela chegou, eu a conhecia de nome, Marta, ele com a maior cara de pau, me apresentou, ela era bonita, mas não mais que eu. O seu marido era um pedaço de carne dos mais gostosos que já tinha visto, olhos grandes, peito largo, um belo corpo. Junto com eles vieram mais três amigos deles. Eu me abri toda bem devagar e dava olhadinhas, sabe aquela olhadinhas caça homem, e despejei meu charme em cima deles todos com discrição e sem que o estúpido do meu marido percebesse.

Eu precisava esperar mais um pouco até o pessoal começar a beber. Tinha muita bebida, eu sabia que ia acabar todos de fogo mais tarde. Eu estava com uma saia jeans, larga, bem à vontade e sentia minha bucetinha molhar minha calcinha, sem mesmo por a mão nela.

Com o pessoal chegando fui me afastando dele e ficando conversando com outras mulheres até chegar nela a amante dele. Conversamos naturalmente eu queria mesmo lhe enfiar a mão na cara dela, mas me contive e fui à luta. O marido dela estava com outro cara, eu passei por ele, por trás do amigo e dei uma piscadinha, e segui mais adiante atrás da casa. Não deu outra... Ele me seguiu e chegando junto disfarçamos estar conversando e entramos no que seria um galinheiro no fundo do sitio, não dava pra ninguém nos ver. Mal entramos eu o abracei e falando tesão, gostoso, nossa você me comoveu, o cara derreteu, passei a mão e senti seu pau duro feito estaca. Abri rápido seu zíper, chupei bem gostoso seu pau. Fiquei de quatro, ele se pôs em sentido e me penetrou por trás na minha bucetinha, enfiou em duas ou três estocadas e afundou, até seu saco bater na minha bunda. Era um pinto, maior que o do meu marido, mais comprido e bateu fundo no meu útero, mas me deu prazer, quando estava gozando senti ele gozar dentro de mim e jorrou seu leite lá dentro...Bom eu achava que estava vingada e minha traição pagou a dele. Engano meu, depois que saímos, ele chegou e disse que queria fazer mais festa comigo, fiz o rodeio com as pessoas e fui lá no galinheiro. Quando entrei tinha mais dois dos três caras amigos dele. Aí senti a coisa ficar preta... Três homens ia ser duro de dar conta, eu não era uma puta e não sabia lidar com isso, mas até aí. Um deles tomava um copo de uísque, tomei da mão dele, virei de uma só vez e eles vieram pra cima de mim.

Sem dizer uma só palavra e não precisava, eu tirei toda minha roupa, joguei de lado e me deitei num monte de sacos de ração, o marido dela foi o primeiro de novo, talvez pra mostrar aos amigos a sua puta. De cara entrou em mim com seu pinto e começou a me foder. Um dos amigos tirou seu pau pra fora e colocou na minha boca, estava indo à loucura com dois pintos em mim. Quando o terceiro tirou pra fora eu gelei, além de ser o maior com certeza ia comer minha bundinha... Bem... Sempre tem a primeira vez. Meu fodedor da buceta ficou por baixo de mim, o outro na sua cabeça com o pinto na minha boca e o amigo da traseira, cuspiu no meu buraquinho e forçou aquele pinto enorme... Conforme ele enfiava eu sentia dilatar meu cuzinho e minhas pregas indo pro espaço, mais entrava, mais arrombava, doeu demais, cheguei a chorar e não podia gritar por causa do pau na minha boca, parecia que tinham combinado e os três gozaram quase juntos, bebi mais porra, encheram de novo minha buceta e finalmente meu cuzinho arrombado foi inundado com mais porra. Os três revezaram e trocaram de posições, eu já estava começando a ficar dolorida.

Eles saíram um de cada vez e me deixaram ali pra me refazer, mais uma vez engano meu. Nos fundos tinha um quarto que era do pessoal de uma obra que estava sendo feita nas imediações e eles usavam aquele local. Só que em festas eles não deveriam aparecer, apenas guardar o lugar, quer dizer não deveriam. Entrou um crioulo, que depois fiquei sabendo que o apelido dele era Armário, quase dois metros de altura, e mais quatro caras. O negão não disse nada, me enrolou num cobertor sem que esboçasse qualquer reação e me levou para o quartinho deles de madeira. Eles tinham assistido tudo pela janela dos fundos. Os quatro primeiros eram até normais, todos eles me comeram de todos os jeitos possíveis, já não sentia mais meu cu, minha buceta e estava farta de tanta porra que tinha engolido. Meus peitinhos doíam de tanto ser chupados, eu já me sentia vingada, mas ainda tinha mais. O negão!!! O ultimo homem com quem eu trairia meu marido. Os outros saíram e ficamos sozinhos. Ele me levou para o banheiro e me deu um banho de água morna, estava muito suada. Me trouxe de volta, de costas na cama e pés no chão ele se ajoelhou e tirou seu membro pra fora, aquilo não era pinto, pau, caralho, aquilo era um caralho com todas as letras. C A R A L H O. Eu pensei que fosse uma brincadeira, que aquilo fosse de borracha preta, sei lá... Quando ele terminou de tirar eu coloquei a mão, minha nossa, implorei que não enfiasse tudo aquilo em mim, não aguentaria. Eu me sentei e tentei chupar, puta merda, a cabeça quase não entrava na boca, que caralho!!! Dei umas lambidas e chupei a cabeça ele ficava maior ainda. Parei, voltei a me deitar fechei os olhos e abri as pernas. Ele lentamente foi enfiando aquilo dentro de mim, senti minha buceta abrir mais ainda, as paredes pareciam estar descolando do meu corpo, parecia que estavam enfiando um tronco de madeira dentro de mim, mas era um tronco de carne, largo, grande, comprido, ele deve ter colocado um pouco mais da metade, eu gemia de prazer e dor ao mesmo tempo. Ele me virou de costas, eu de quatro com a cara na cama, gelei de novo, ia ser agora!!!! Ele não tinha gozado ainda, apontou aquilo pro meu cuzinho, eu até me arrepiei todinha, ele forçou um pouco e senti a cabeça acabar de arrebentar minhas pregas, afundou mais um pouco. Engraçado no cu, apesar de mais estreito é mais fundo e cabe mais coisa dentro dele, sei que me rasgou e enterrou aquilo tudo de vez, senti uma dor tão forte que quase desmaiei, ele jogava óleo de cozinha ou vaselina liquida, sei lá, e fodeu, fodeu, fodeu, mas fodeu muito meu cu, arrombou ele de verdade. Eu coloquei a mão na minha buceta ainda não tinha fechado totalmente, imagina meu cuzinho lindo. Ele começou a gemer, gemer até que deu um urro, igual animal e deve ter ficado uns 15 segundos ejaculando dentro do meu cuzinho. Eu sentia as contrações do seu mastro no meu cu e aquela porra quente me inundando até os intestinos, gozei junto com ele. Ele ainda demorou um pouco e devagarinho foi tirando aquela coisa e enfiou na minha boca pra eu acabar de lamber e chupar, o gosto e cheiro do meu anus, e mais o sangue da minha bundinha estavam ali impregnados naquele pinto. Lambi tudo e chupei. Ele saiu e foi embora.

Com dificuldade me troquei, não conseguia fechar as pernas e não conseguia segurar o escorrimento de porra do meu cu e da minha buceta. Coloquei a calcinha e por dentro dela uma toalha de rosto tipo fraldão, pra não escorrer pelas pernas. Me refiz em 10 ou 15 minutos e saí. Quando saí, algumas pessoas estavam indo embora e fiquei sabendo que teve uma briga do meu marido com o marido da secretária dele, brigaram porque meu marido estava passando a mão nela e o cara viu. Bem feito pra ele. Quando cheguei ele nem me disse nada, me colocou no carro e fomos embora.

No caminho tentou me explicar, eu dei razão pra ele, ele ficou todo cheio de amor, mas eu disse que aquele dia não transaria com ele, estava menstruada, tirei uma pontinha da toalha e mostrei pra ele, o sangue, que na verdade era do meu cuzinho, e ele aceitou. Encostei no banco do carro e finalmente fechei as pernas, fechei meus olhos e fiquei contando as rolas que eu papei naquele dia e quanta gente eu fiz feliz.

Me arrombaram, mas fiquei feliz da vida.

Bem... Depois de alguns meses nos separamos, ele perdeu o emprego a amante e a mulherzinha gostosinha dele.

Eu voltei depois naquele sitio pra matar a saudade e adivinhem quem encontrei lá, estava com uma amiga, e foi uma farra só...

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
14/10/2013 12:37:44
amiga voce deu lhe com alma deixa os falar eles gostavam de ter sido contemplados, mas cuidado dá para quem tu quiseres e quantos tu quiseres mas camisinha.
18/07/2012 09:55:18
Parece que é difícil para os homens aceitarem do que nós mulheres somos capazes quando queremos nos vingar...Eu me vinguei também do meu esposo, não chega aos pés dessa história, mas pra mim foi espetacular!! Meu esposo gostava de empregada doméstica e eu dei o troco com dois operários de uma obra perto de casa.
26/04/2012 10:25:11
QUE MENTIRA ABSURDA EU ACHO QUE VOCE É UMA PUTA VADIA QUE NÃO TEM O QUE FAZER VAI PROCURAR UMA LAVAGEM DE ROUPA SUA VADIA
14/08/2011 02:22:02
Muito bom!!!
19/04/2010 00:14:35
Esses homens dakih deven ter um pintinho minimo...rs Pois quando leen sobre picas gostosa tipo 22 24 cm ficam morrendo de inveja mais saibão mulher gosta e de pirosca msm...Homen pintudo que saiba trabalhar bemmm aaaa eo conto foi mega legal gozei dimaisss Parabens
29/06/2009 20:21:44
Se vc está mentindo ou não isso não intereça não entendo o porque dessas pessoas que se metem a ler um conto e exigem que seja verídico se toca pessoal chamar a garota de gorda suja ou qualquer outra coisa só mostra o quanto são invejosos e ipocritas afinal quem não fez com mais de 1 homem tem vontade de fazer e vice e verssa e acho que a história dela até que foi bem contada só não achei muito excitante porque ela diz ter chupado o negão com o cheiro do anus
21/01/2009 09:24:01
é isso mai fode mesmo cachorra
18/01/2009 12:49:43
Debu... mandou mal cara, como assim mulher não aguenta tanta vara???... O conto é bom parece real e o cornão mereceu...
18/01/2009 10:52:28
vc está recebendo a uma aula gratis experimental valendo para o mes de janeiro deAPROVEITE e conheça uma nova forma de curso dentro de uma alfaiataria para isso basta entrar no site escolademodaitaliana e agendar sua aula até o ultimo dia de janeiro. aulas experimental de 3a - feira das 18 as 22 horas ou sábado das 8 as 12 horas. a única alfaiataria que assina no Brsil. com professor formado na Itália Mauricio Messias Veja o curriculo do professor no site escolademodaitaliana.com.br
17/01/2009 23:37:47
Porque nao levou o cornão pra levar vara do negão?
17/01/2009 12:03:01
NAO SEI PQ ESSES IDIOTAS ACHAM Q ESSE CONTO E FALSO? ISSO E INVEJA E? MANDOU BEM GATA SEU CORNO MERECEU...MAS DA PXM VEZ TOMA UMA PILULA DO DIA SEGUINTE IMAGINE TU GRAVIDA DO NEGAO? RSRSR
03/12/2008 02:25:23
Seu conto tá mais parecendo um suruba ou uma despedida de solteiro onde a gente arruma pelo menos umas duas putas pra fazer tudo, mas é claro quem as inicia é o noivo, recebeu alguma coisa, mas claro esqueci recebeu muita porra, se cuida HIV não é bricadeira
02/12/2008 23:45:32
Note como essa Lazarenta gorda, drogada e feia, começa seu conto, "Bonita de corpo cheirosa e limpa" cara se você é limpa?? vai fazer ums exames, pois com certesa vocÇe deve ser uma VADIA com várias doenças, inclusive AIDS. Volta lá para seus chocolates sua nerd, mentirosa e leva sua nota com você ZERO.
02/12/2008 22:01:21
MÉDIO. É MENTIRA CLARO, COMO TODOS OS OUTROS QUE ESTÃO AQUI POSTADOS COM RARÍSSIMAS EXCESSÕES. VLW PELA CRIATIVIDADE, MAS NENHUMA MULHER AGUENTA TANTA VARA ASSIM EM SEGUIDA. NOTA 6!
02/12/2008 16:18:29
adorei seu conto, tambem escrevo, veja marcelo gostei muito meu e-mail é
Ale
01/12/2008 12:45:39
Este conto foi escrito por uma mulher com certesa e mais certeza ainda é que ela deve ter uns 180 kilos kkkkkkk.
01/12/2008 09:54:33
muito bom... conto não tem de ser verídico, tem de ser criativo... e no caso dos eróticos, te de ser excitante...
23/11/2008 22:42:14
bel,acredito em você,esses caras aí na verdade são uns enrustidos que não acreditam que aventuras como a sua acontecem.é isso aí continue assim e solte suas fantasias sem culpa.
14/09/2008 12:34:30
Olha, o chefre foi bem merecido, pois sou contra um homem bater numa mulher, isso nao é admissível. com relação a transa, acho que vc judiou um pouco de si mesma, pois par um aprimeira transa, vc forçou de msi do seu corpo, Agora o marido de da sua desafeta, lel merece ser corno , pois um homem que é conquistado por uma mulher asim como vc, ele hjamais deveria contar para os amigos dele , mulher especial, deve ser tratada de forma muito especial.. assim eu penso, derepende vc discorde. meu e-mail esta ai para podermos conversar mais
13/09/2008 14:39:57
fez o teste de HIV e hepatite?????

Online porn video at mobile phone


contos eróticos so sai se euver estabundonacontos exitantes infiando calabresa na buceta ardeuxvideonovos contos eroticos de maes dandos suas calcinhas usadas como premio pros filhospprno xxx funde ate chora de dor na rola e disparacontos minha esposa pediu carona e ganhou pica grossaporno caseiro rasgando o cuzinho da safadinha e ela chorando de dor é uma dor insuportávelnovinhas de chortinhos cortinhos provocando o irmaocontos eróticos sou gostosa e acabei seduzindo meu irmao gostoso e acabamos no sexosexo grátis pegei a cunhada coroa gostosa a forca em florianopolisfiui porno gozada dentro sequiso roti so buceta grandefodedendo eh escapaca da boceta e pega no cu sem querermulher cagando enquanto dava a bucetacontos e videos casada cavala fudendo com dois negaoAssuntos:lesbica contos eroticos patroa com sua cinta de consolo tirou a virgindade da buceta e do cu da sua empregadaviduda.mulhe.xvideosjuju anacondaSou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhameu primo me pegou cagando e comeu meu cuzinho me chamo vanessavideo de mulher 34anos nuA lavano a bucetaCona gulosa relatospodolatria contos professora gustavoMeu vampiro romance gay capitulo 21contos heróticos com padrastoconto erotico viado novinho vira escravo do coroa dominadorcontoseroticosvariasgosadasso novinhas gordinha gostosas fazendo sensualismotomou Viagra quase matou a mulher gosou muito no xvideo Mobileconto de encesto filho 32 de pau quadrinhoxvideosdificil pra vc lukaXVídeos mãe escutando a filha f**** com negãonovinha aser estuprada com padrasto aser desvirginada enquanto dormexvideo porno erotico esposa negra traino o marido ela dano o cuzinhovideo do palaso quemozimorena sapeca capetinha XVídeosContos eróticos mulher caipiraatriz porno loira com o dente encavaladocontos de novinhas cearenses em primeira vezcontos eroticos minha mulher nadando com os/mulekes virgensContos erticos-sapatilhas chulezentasgostosa de micro maiozinho no XVídeosmulher bundona camsola curtinha trepand pornodoidoconto gay machomulheres que sentem desejo sexual por cavalo zoofiliavideo com historia amãe seduzindo afilha novingaConto erotico gay mão bobasexonaul brasileirosogra gostosa de cabelos crespos fudendo com amigo do genrotio transado com a subrinhq evangelica timidaesposa fica locona e da pra varios porno nacionalContos eroticos elacareca peladaPadre não é homem conto eróticosconto dei o cu no onibusContos eróticos sensua club Padrasto pega a entiada a forçasexoalvesyahoo cheiro de chule gay tesao cunhadocontos eiroticos leilapornhomen dano o cu e relachanoconto enrabei minha neta de novi ano na marraXvidecarnecrioula perdendo a virgindade de bruçovidio disexe porno yotubecontos eróticos minhas amiguinhas de infanciamulheres corrianas tranzando de quatrocontos tonando as menininhasmaior busetao gosado t.v porra gg pistolaomeu marido mim traiu mim vinguei e de o cao contos erotico205xvidioxoxa poletagretchen mua chopano 2007xnnx amor poe na portinha do meu cu e deixa que eu empurronegao gozo dentro dsbuceta davizinhaxxvidio em quadrinho mulher de primo caderante muito safadavovo sonda a neta no banheiro e fode sua buceta a forca sem ela querer pornoa loira do olho azul me chamou de Zé tacudo e eu falei assim vai tomar no seubobeou entrou gosoucasada foi encoxada e gostou contos